Natureza

Infarto: saiba quais são os sintomas menos conhecidos

Infarto
0

De acordo com o sistema público de saúde do Reino Unido (NHS), milhares de pessoas poderiam ter suas vidas salvas caso soubessem os sintomas de um infarto. Então, os médicos estão fazendo uma campanha de conscientização sobre os primeiros sintomas de um infarto.

Assim, a campanha foi lançada após uma pesquisa mostrar que menos da metade da população britânica não sabe identificar os sinais. Na pesquisa, que foi realizada com 2 dois mil participantes, só 41% disseram saber que a transpiração é um dos primeiros sintomas de infarto.

Além disso, apenas 27% das pessoas estava ciente que tontura, fraqueza e desconforto também são sinais. Sendo assim, a taxa de sobrevivência para as pessoas que sofrem ataque cardíaco é de sete a cada 10 casos. Esse número sobre para nove caso a pessoa procure atendimento precoce.

No mundo, cerca de 17 milhões de pessoas morrem vítimas de doenças cardiovasculares todos os anos, segundo a Organização Mundial da Saúde. Pensando nisso, a campanha do NHS incentiva a população a ligar para o número de emergência caso apresente algum dos sintomas listados.

Sintomas de infarto

Reprodução/Jovial Clínica

De acordo com o NHS, os sintomas de um infarto podem incluir:

  • Dor no peito (sensação de pressão, peso, aperto ou compressão);
  • Dor em outras partes do corpo (sensação de que a dor está se espalhando do peito para os braços, dor na mandíbula, pescoço, costas e abdômen);
  • Sensação de tontura ou atordoamento;
  • Sudorese;
  • Tosse ou chiado;
  • Falta de ar;
  • Enjoo ou vômitos;
  • Uma sensação forte de ansiedade (semelhante a um ataque de pânico).

Cada paciente sente uma variedade e intensidade diferente de sintomas. Sendo assim, a dor no peito pode ser intensa, mas também pode ser leve, parecendo indigestão.

Além disso, a dor no peito pode ser o sintoma mais comum, mas a falta de ar, vômito e dor nas costas ou na mandíbula é mais comum entre as mulheres que sofrem infarto.

Segundo o diretor médico do NHS England, Stephen Powis, milhares de vidas poderiam ser salvas por meio do tratamento precoce com pessoas reconhecendo os primeiros sinais.

“Infelizmente, as doenças cardiovasculares causam um quarto de todas as mortes no país, e identificamos esta como a maior área em que podemos salvar vidas na próxima década”.

“Pode ser fácil descartar os primeiros sintomas, pois eles nem sempre parecem graves, mas nunca é cedo demais para discar 999 (o número de emergência do Reino Unido) nesta circunstância – e quanto mais rápido você agir, maior a chance de uma recuperação completa.”

Apoio

A campanha também recebeu apoio de celebridades, como o ator Richard Wilson, que trabalhou na série “One Foot in the Grave”. “Eu luto com a saúde do meu coração há um tempo e, desde que tive um infarto, realmente abri meus olhos para o impacto que isso teve na minha vida.”, contou o ator.

“Fiquei mais cansado, sou capaz de andar menos e minha memória também sofreu. A parte mais assustadora é que, na época, eu não sabia o suficiente sobre ataques cardíacos ou a saúde do coração.”

Caso você tenha identificado algum sintoma, ligue para o número de emergência 192.

Fonte: G1

Mulher é internada para diminuir mama, médico coloca próteses e realiza lipo

Matéria anterior

Jovem continou em festa após ser baleada

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos