Curiosidades

Jovem viraliza depois de se candidatar à vaga de acompanhante de luxo sem querer

0

Todos nós sonhamos em crescer e trabalhar com o que gostamos. Às vezes, isso não acontece, mas mesmo assim precisamos de um trabalho. Geralmente, todas as pessoas têm que conseguir um para sobreviverem. Contudo, a busca por um trabalho pode ser cansativa, ou até mesmo engraçada, como foi o caso dessa jovem.

A jovem Fernanda, de 17 anos, viralizou no TikTok quando contou que se candidatou, sem querer, para uma vaga para prostituição pensando que era uma oportunidade de trabalho de garçonete.

Segundo Fernanda, ela participa de alguns grupos de anúncio de vaga de trabalho no Facebook, e foi em um deles que uma moça estava oferecendo uma oportunidade de “freelancer” em um final de semana. O anúncio da vaga não tinha mais informações.

“Fiquei interessada e decidi entrar em contato”, contou a jovem.

Vídeo

@hellobbhk1 gente eu juro que foi sem querer KAKSKSKSKKS #fy #vaiprofybct😡🗡️ #fyp ♬ som original – Hellobbhk

No chat, a anunciante da vaga explicou para a jovem que a vaga era, na realidade, um “book rosa”. Esse é o nome dado a um catálogo de prostitutas e que ficou bastante conhecido por ter sido abordado na série “Verdades Secretas”, da Globo.

Fernanda disse que a mulher começou a fazer perguntas pessoais para ela, como por exemplo, qual era seu peso, altura, se ela tinha manchas ou pelo no corpo e outras coisas. “Minha mãe começou a achar as perguntas íntimas demais, suspeitou e pediu para ler a conversa”, disse ela.

Nesse momento que a jovem se deu conta de que o anúncio era um convite para trabalhar em um evento privativo de sexo. “Cheguei a falar pra ela que era menor de idade e que, nem se eu quisesse, podia aceitar a vaga. Do outro lado da linha, a aliciante respondeu dizendo que não tinha problema, pois seria uma festa particular. Fiquei em choque”, contou.

Vaga

UOL

Mesmo sabendo que a jovem era menor de idade, a anunciante seguiu dando detalhes da vaga. Para duas horas de “evento”, a jovem receberia 2,5 mil reais e uma hora seria reservada para ela ficar com o cliente no quarto. Embora a anunciante não diga onde é o evento, ela diz que a festa aconteceria em um hotel de luxo.

A jovem compartilhou a história em seu TikTok e o vídeo da história tem mais de um milhão de curtidas. Um ponto importante a ser lembrado é que no Brasil, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) considera crime o aliciamento de menores de idade para as práticas sexuais, além de prever uma pena de um a três anos de prisão para o criminoso, e também o pagamento de multa.

Prostituição

jovem

UOL

Mesmo sendo ilegal em vários países, um dos serviços mais comuns e lucrativos ao redor mundo é a prostituição. Seja por carreira ou por desespero, várias pessoas fazem fortuna com a atividade, ou também passam por histórias de crueldade difíceis de imaginar.

Ao contrário do que diz o ditado, a prostituição não é a profissão mais antiga do mundo. No entanto, está entre elas. Documentos sumérios datados de 2.400 A.C. já registravam, ao lado das prostitutas, cargos de médicos, barbeiros, escribas e cozinheiros.

Contudo, ao longo dos mais de 4 mil anos de existência, a profissão teve altos e baixos e se modificou de acordo com a necessidade das profissionais, dos clientes e do cenário político e histórico de cada região. Respeitadas ou marginalizadas, as prostitutas se reinventaram e reinventam com o tempo.

Uma dessas reinvenções, segundo especialistas em avanços tecnológicos, pode ser que, em poucos anos, exista um nível de personalização de trabalhadores sexuais virtuais que irá provocar um boom do mercado. A tecnologia será integrada em bordeis e mulheres digitais realistas poderão satisfazer fetiches e necessidades de clientes.

Fonte: UOL 

Imagens: UOL, TikTok

Portugal tem medo que Brasil perca ou estrague o coração de Dom Pedro I

Matéria anterior

A peluda encrenca que um médico arrumou por gravar sexo no consultório

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos