Entretenimento

Lewis Hamilton diz que mudará de nome na Fórmula 1

0

Os fãs de corridas de carro e praticamente todo mundo conhece, ou já ouviu falar, da Fórmula 1. Ela é a categoria mais avançada do esporte a motor e é regulamentada pela Federação Internacional de Automobilismo. Dentre os grandes nomes do esporte está Lewis Hamilton. O piloto é heptacampeão da Fórmula 1 e recentemente fez um anúncio que deixou várias pessoas surpresas.

O piloto anunciou que mudará o seu nome para incluir também o sobrenome da sua mãe, Larbalestier. “Estou muito orgulhoso do nome da minha família: Hamilton. Na verdade, nenhum de vocês deve saber que o sobrenome da minha mãe é Larbalestier. E estou prestes a colocar isso em meu nome”, disse ele.

“Porque eu realmente não entendo completamente a ideia de por que, quando as pessoas se casam, a mulher perde o nome. Eu realmente quero que o nome dela continue com o nome Hamilton”, continuou o piloto.

Anúncio

O Globo

Embora o piloto da Mercedes tenha feito esse anúncio durante a Dubai Expo, ele não confirmou se o novo nome será o oficial que ele usará antes do começo da temporada de 2022 da Fórmula 1. Entretanto, o piloto disse que será em breve. A temporada desse ano da Fórmula 1 começa no dia 20 de março com o GP de Sakhir, no Bahrein.

“Não, não sei se será neste fim de semana. Mas estamos trabalhando nisso”, concluiu o piloto.

Lewis Hamilton

Mkt esportivo

O piloto conseguiu, ano passado, um marco em sua carreira, se tornando o maior vencedor da história da Fórmula 1. Ele superou Michael Schumacher, em outubro de 2021 e se tornou o maior vencedor da história do esporte tanto em títulos como em lugares no pódio.

No entanto, o que pouco gente sabe é que, antes de chegar às pistas, o piloto quase se tornou uma estrela dos campos. Hamilton revelou em entrevista que por pouco não seguiu carreira em outro esporte, o futebol.

“Eu acho que teria sido um jogador de futebol se não tivesse me tornado um piloto”, disse Hamilton, em entrevista ao jornal inglês “The Telegraph”.

Outra revelação do piloto feita na entrevista foi que por ter nascido e crescido na cidade de Stevenage, ele atuou nos tempos de escola ao lado de Ashley Young, que jogou por quase dez anos no Manchester United e hoje é lateral-esquerdo. Atualmente, joga no Inter de Milão.

“Eu tinha mais velocidade do que Ashley Young naquele tempo, mas ele era mais habilidoso. Eu era um meio-campista e poderia ir para uma dividida tão forte que arriscava quebrar minha perna. Eu sou muito competitivo em tudo. Honestamente, não sei de onde vem isso”, relembrou ele.

Embora não tenha seguido no futebol, Hamilton disse que alguma coisa do esporte ele levou para a Fórmula 1, que foi a vontade de ganhar. “Eu era meio-campista e podia entrar com tanta força que corria o risco de quebrar uma perna. Sou muito, muito competitivo em tudo. Sinceramente, não sei de onde tirei isso”, ressaltou ele.

Outros esportes

Twitter

O piloto já se aventurou em outros esportes além do futebol e da Fórmula 1. “Joguei no time de críquete da escola, no time de basquete, no time de futebol. Eu estava na equipe de atletismo e fiz dardo, disco e 800 metros”, contou ele.

Mesmo tendo ganhado algumas competições nesses outros esportes, Hamilton revelou que hoje em dia ele não se arrisca em outras modalidades como fazia antes. De qualquer forma, ele mantém outra paixão, que é pela música.

“Eu sento no meu quarto em todas as corridas e toco meu violão. Não sou fantástico, apenas toco um pouco de rock, um pouco de jazz, apenas coisas que me motivam”, disse.

Fonte: UOL

Imagens: O Globo, Mkt esportivo, Twitter

Anitta está no Top 7 das músicas mais tocadas no mundo

Artigo anterior

As pirâmides do Egito foram criadas por alienígenas ou por humanos?

Próximo artigo