Curiosidades

Martin Lawrence ficou em coma durante as gravações de “Vovó… Zona”

0

O filme “Vovó…Zona”, protagonizado por Martin Lawrence e Nia Long, é um clássico na televisão brasileira. A obra conta a história de um policial que se disfarça de mulher para prender um criminoso. O humor é similar ao de “As Branquelas”.

Porém, mesmo com a alegria do filme, as gravações não foram tão fáceis. Isso porque Lawrence chegou a entrar em coma por três dias durante a produção.

O filme, dirigido por Raja Gosnell, com roteiro assinado por Darryl Quarles e Don Rhymer, faturou cerca de 117 milhões de dólares no seu lançamento, em 2000. Devido ao grande sucesso, foram produzidos: “Vovó… Zona 2” (2006) e “Vovó… Zona 3: Tal Pai, Tal Filho” (2011).

A caracterização de Martin Lawrence como Vovó… Zona

Adoro Cinema

Martin Lawrence já contou que o processo de caracterização foi bem longo. A maquiagem levava duas horas para ser feita e mais meia hora para tirar. O ator passou por esse processo ao longo de cinco meses.

De acordo com matéria publicada pela Revista Money, a maquiagem da senhora idosa foi feita pelo profissional Greg Cannom. Vale lembrar que o designer venceu o Oscar de Melhor Maquiagem e Penteados em quatro ocasiões: pelos filmes  “Drácula de Bram Stoker” (1992), “Uma Babá Quase Perfeita” (1993), “O Curioso Caso de Benjamin Button” (2009) e “Vice” (2019).

Cannom ainda criou a usada por Lawrence. Além disso, a caracterização de Martin é considerada mais complexa, devido aos movimentos que o ator precisava fazer em cena.

Um exemplo é que em uma das cenas, a idosa que pesa 115 quilos, joga uma partida de basquete sem maiores complicações.

Saúde do ator Martin Lawrence

via GIPHY

Devido ao esforço físico, junto com as altas temperaturas do figurino, cerca de até 38° graus, Martin Lawrence acabou passando mal em uma cena.

De acordo com o portal Yahoo, a gravidade da situação fez com que o ator ficasse internado três dias em coma. Por causa disso, as gravações tiveram uma pausa até Martin Lawrence deixar o hospital.

Outra curiosidade é que Greg Cannom e sua equipe desenvolveram dutos de resfriamento para a roupa. Com isso a água fresca era injetada para diminuir a temperatura corporal de Lawrence durante as cenas que exigiam maior esforço físico.

Além disso, devido à grande demora para a caracterização do ator, ele tinha uma tenda equipada com ar-condicionado para se refrescar durante os intervalos das gravações.

Por causa do acidente, o material da fantasia começou a ser criado com mais silicone e latéx. Assim como foi reduzido o peso da Vovó… Zona, o que ajudou para que os movimentos de Lawrence fossem mais naturais e fáceis.

Outras curiosidades sobre Vovó… Zona

Reprodução

Uma curiosidade é que na época do filme, Nia Long estava dividida entre protagonizar “As Panteras” ou “Vovó… Zona”. Mas, o estúdio deu para ela um buquê de flores com o recado: “Junte-se a nós, e você será o nosso único anjo”. Uma referência ao título em inglês de “As Panteras”, “Charlie’s Angels”. Depois disso, Longe decidiu atuar em “Vovó… Zona”.

Além disso, todo o filme foi gravado em cinco meses. Mesmo a história se passando na Georgia, a produção foi na Califórnia e custou cerca de US$ 30 milhões.

Fonte: Aventuras na História, Adoro Cinema

Qual a forma correta de se deitar para dormir?

Matéria anterior

TAP: o dispositivo que coleta sangue sem dor

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos