Curiosidades

Menina dada como morta “ressuscita” em seu velório

0
Toe Tag Hanging on Woman Lying on Table in Morgue --- Image by © Inspirestock/Corbis

Recentemente, Siti Masfufah Wardah, de 12 anos e residente da província de Java Oriental, na Indonésia, foi declarada morta após uma série de complicações por diabetes. No entanto, de forma surpreendente, a menina dada como morta “ressuscitou” em seu velório, deixando todos de queixo caído.

Antes de ser declarada como morta, a menina estava internada no Hospital Regional Dr. Mohamad Saleh. Assim, após a morte de Siti ser anunciada, as coisas começaram a ficar um tanto quando estranhas. Nos preparativos do funeral, a família da garota percebeu que algo estava diferente em seu organismo. De acordo com os familiares, seu organismo parecia estar readquirindo vida enquanto ela era preparada para o ritual de velório.

“Seus olhos fechados reabriram de repente”

No dia 18 de agosto, Siti Masfufah Wardah foi declarada morta às 18 horas. Depois isso, após cerca de uma hora, ela foi levada para a casa de sua família e uma cerimônia de despedida foi iniciada. Porém, em pouco tempo, a jovem parecia estar “mais viva”. Isso aconteceu porque, enquanto seus pais limpavam seu corpo, seu rosto começou a ficar mais corado e o sangue da jovem estava esquentando. Depois das mudanças visíveis, em pouco tempo, os olhos da jovem se abriram subitamente.

De acordo com Ngasiyo, de 40 anos e pai de Siti, tudo aconteceu muito rápido e de forma surpreendente. “Quando seu corpo estava sendo banhado, sua temperatura corporal subiu e seus olhos fechados reabriram de repente. E descobrimos que seu coração estava batendo de novo e seu corpo se mexeu”, afirma Ngasiyo.

No mesmo momento em que os olhos da criança se abriram, pais e familiares correram para chamar uma equipe médica local. Pouco tempo depois, eles chegaram e colocaram respiradores contendo oxigênio e outros equipamentos médicos em Siti. Entretanto, infelizmente, a história não terminou bem. Depois de cerca de uma hora após ser socorrida, Siti passou por complicações e teve sua morte confirmada, agora de forma definitiva.

Afinal, o que aconteceu com a menina?

De acordo com os médicos que tentaram salvar a vida da menina, seu caso se trata de uma condição extremamente rara. Mais conhecida como autorresuscitação, retorno da circulação espontânea (ROSC) ou síndrome de Lárazo, a condição “trouxe a menina de volta” foi registrada pela primeira vez em 1982. Sendo bastante rara, desde então, ela foi identificada em média apenas uma vez por ano.

Na maioria dos casos, as pessoas voltam a da morte após cerca de 10 minutos. Isso acontece em 82% dos pacientes já registrados com a condição. No entanto, é bastante surpreendente que a garota esteve “morta” por cerca de uma hora. Mas, mesmo assim, em uns casos, tempos semelhantes após o anúncio da morte foram registrados. “É verdade que houve um incidente em que a menina morreu e voltou à vida, depois de anteriormente ser tratada no Hospital Regional Dr. Mochamad Saleh. Quando ela foi lavada, seu corpo voltou à vida. Por cerca de uma hora estava vivo e depois morreu novamente”, afirmou Muhammad Dugel, inspetor do caso.

Atualmente, o caso também está sendo investigado. E, por fim, após ser lavada uma segunda vez, Siti teve sua morte confirmada. Com isso, seu corpo foi enterrado no cemitério de Lambangkuning, em Probolinggo, e ela teve o descanso que merecia.

A verdade por trás do diário do Coringa de Heath Ledger

Matéria anterior

Forma como morcego fêmea se comunica com seus filhotes chama a atenção de cientistas

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.