Curiosidades

Menino de 8 anos é encontrado vivo dentro de esgoto após uma semana

0

A história da humanidade é marcada por uma série de acontecimentos, dentre eles, milhares de tragédias. Felizmente, em alguns casos, elas têm um final feliz, como no caso desse menino de oito anos, que estava há oito dias desaparecido e foi encontrado com vida.

O menino, identificado como Joe, foi localizado dentro do canal de drenagem perto da casa de seus pais em Oldemburgo, na Alemanha. Ele foi encontrado depois de um pedestre ouvir um gemido suave vindo da tampa do bueiro mais ou menos 6h20, no último sábado.

Quando escutou o barulho, essa pessoa que estava passando pelo local ligou para os serviços de emergência. Foi então que os socorristas encontraram o menino depois de retirarem a tampa de proteção do bueiro.

De acordo com o pai da vítima, que não foi identificado, seu filho estava bem, apesar das circunstâncias.

Caso

G1

“Eu só quero agradecer a todas as pessoas que procuraram, mesmo que não tenham encontrado Joe, mas a todas as pessoas envolvidas, obrigado, obrigado, obrigado. Vocês fizeram um ótimo trabalho. Joe está indo bem de acordo com as circunstâncias, todo o resto será resolvido”, disse o pai do menino.


Desde que o menino estava desaparecido, uma investigação foi aberta. Depois da localização de Joe, os investigadores querem descobrir como ele entrou no bueiro. E conforme informou um porta-voz da polícia, o menino não conseguia levantar a tampa do bueiro por conta do seu peso.

Além disso, a polícia também disse que todo sistema de esgoto está sendo examinado com câmeras para tentar entender como Joe entrou no local.

Menino

BBC

Felizmente o caso de Joe foi bem sucedido. No entanto, existem vários outros que não têm essa mesma sorte, como por exemplo, o menino de cinco anos que caiu em um poço de 32 metros de profundidade.

O caso aconteceu no começo de fevereiro desse ano. Contudo, o trabalho para  tentar tirar o menino do poço começou somente um dia depois. Por ser um resgate complicado, foram vários dias de trabalho até que o resgate fosse concluído.

Além da equipe de resgate, os pais do menino e centenas de moradores da região se juntaram a eles e esperaram o fim da operação. Os socorristas marroquinos trabalharam durante quatro dias para tentar salvar o menino Rayan do poço, que tinha uma profundidade equivalente a um prédio de 10 andares.

A tragédia aconteceu em uma região montanhosa na província de Chefchaouen, em Marrocos, ao norte do país. O poço onde o menino caiu tinha 45 centímetros de largura na abertura, mas ficava mais estreito em alguns trechos da sua extensão.

Como resultado disso, os bombeiros não conseguiram descer pela abertura que existia. Mas eles enviaram água, comida e oxigênio através dela, além de descerem uma câmera para conseguirem observar a situação do menino. Por isso que,  para a retirada da criança do poço, as equipes de resgate cavaram um túnel vertical paralelo ao poço. Esse túnel foi reforçado com uma tubulação de aço para evitar que ele desmoronasse.

Nessa operação, foram envolvidos especialistas em engenharia topográfica, dezenas de bombeiros e socorristas e uma equipe médica. Além deles, os pais do menino estavam esperando na superfície, além de uma ambulância e um helicóptero à espera no local para prestar o socorro necessário o mais rápido possível.

Infelizmente, no momento em que os socorristas conseguiram chegar até o menino ele já não estava mais com vida. Mesmo assim, logo que eles retiraram o menino, Rayan foi mediatamente encaminhado para receber cuidados médicos. Infelizmente, ele já estava sem vida e sua morte foi anunciada através de um pronunciamento oficial das autoridades do Marrocos.

Fonte: G1,

Imagens: G1, BBC

Estilista descobre que vestido da avó que morreu vale R$ 225 mil

Matéria anterior

Apresentadora com câncer terminal que fez despedida morre aos 40

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos