Curiosidades

Estilista descobre que vestido da avó que morreu vale R$ 225 mil

0

A moda é um comportamento de uma dada época histórica e tem como seu sinônimo os costumes. Através dela, podemos ter uma noção do que estava acontecendo em determinado espaço de tempo. Ela é um fenômeno sociocultural que expressa os valores da sociedade. E em alguns casos pode ser uma fonte inesperada de dinheiro, como foi o caso desse vestido.

A estilista Adeline Vining, de 36 anos, ficou bastante surpresa quando descobriu que tinha um vestido de herança familiar que estava avaliado em 35 mil libras, o que é 225 mil reais.

De acordo com a estilista, o vestido Dior de veludo pertencia à sua falecida avó e estava com ela há 25 anos. Mas antes disso, a peça foi mantida em uma mala por quarenta anos acumulando poeira.

Vestido

@adelinevining Just a quick summary for the lovely new people joining me on this wonderful journey of discovery 🥰💜 #vintagecouture #vintagedior #dior #diordress #diortok #grandmasclothes #thediordress #summary #storytime ♬ Upliftin, Full Story – Scott Vining

A estilista não teve a oportunidade de conhecer sua avó pessoalmente, então ela viu no vestido uma oportunidade de resgatar a história da família e se sentir um pouco mais próxima. Sabendo que o vestido era da grife Dior, há alguns anos ela tentou entrar em contato com a marca de luxo, mas não teve muita ajuda. Então, ela recorreu ao seu perfil no TikTok onde compartilha conteúdos de moda.

Com seu vídeo, Adeline acabou chamando atenção de um historiador de moda que a aconselhou e informou mais detalhes a respeito do modelo do vestido. Conforme a estilista vai descobrindo mais coisas a respeito da peça, ela atualiza seus seguidores das informações que recebe.

Segundo Henry Wilkinson, era provável que o vestido fosse um design mais antigo, isso pode ser visto pela tipografia da etiqueta. Além disso, por conta de todo o seu conhecimento especializado na área, o historiador disse que  silhueta do vestido é relativa ao chamado “new look”, uma tendência que começou em 1947.


Importância

O vestido tem um corte em ziguezague que indica que o tomara que caia veio da coleção outono/inverno de 1949. E para se ter noção da importância da peça, um vestido parecido já foi exposto no Museu de Arte Metropolitana (Met) de Nova York.

Sabendo disso tudo, e aconselhada pelo historiador, Adeline procurou a casa de leilões Kerry Taylor Auctions, em Londres. Ela ficou surpresa quando descobriu o valor da peça nas condições em que ela está. O vestido vale entre 30 e 35 mil libras, ou seja, mais de 200 mil reais.

Por conta de toda a importância da peça, a estilista ficou ainda mais interessada em encontrar imagens antigas do vestido. Recentemente, ela compartilhou um registro de sua avó dançando, vestindo a peça, junto com um homem desconhecido.

Todo esse processo tem sido “uma jornada de descoberta” para Adeline, até porque sua avó morreu quando ela tinha somente dois anos.

“Estou feliz pelo vestido por finalmente poder conhecer minha avó. Meu avô trabalhava no Ministério das Relações Exteriores, então minha avó teria usado o vestido para eventos realizados pelo escritório do meu avô, ou eventos para os quais ele foi convidado”, disse ela.

Jornada

@adelinevining We found a photo! This is SUCH an amazing journey to be on, and I’m so happy to be able to share it with you 🥰 #vintagecouture #dior #diordress #diortok #grandmasclothes #vintagedior #thediordress #storytime ♬ Adventure – Piano Version – Scott Vining

A estilista planejava usar o vestido da avó há tempos, mas não tinha encontrado uma ocasião ideal. Mesmo sabendo que ela ganharia uma grande quantidade de dinheiro se ela leiloasse a peça, ela quer continuar com o vestido justamente por ser uma herança da sua avó e uma parte importante da história da sua família.

“Eu planejo manter o vestido, pelo menos até que eu tenha tido a chance de vesti-lo. Faz parte da história da minha família, e acho que seria difícil me separar dele”, contou.

A “saga do vestido” ainda não acabou, e a estilista segue atualizando seus seguidores no TikTok sobre ela. Os vídeos sobre a peça fazem muito sucesso, tanto que um deles, em que Adeline conta a história toda, já tem mais de 25 mil curtidas.

“Nós achamos uma foto! Essa é uma jornada tão incrível de participar, e estou tão feliz de poder compartilhar com vocês”, escreveu ela.

Fonte: Bhaz

Imagens: Bhaz, TikTok

Pai tenta impedir prisão de filho usando máquina inusitada para ameaçar policiais

Matéria anterior

Menino de 8 anos é encontrado vivo dentro de esgoto após uma semana

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos