• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Mergulhadores se unem para bater recorde retirando 1 tonelada de lixo do oceano

POR Jesus Galvão    EM Compartilhando coisa boa      23/06/19 às 14h00

De acordo com a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos, bilhões de quilos de lixo são jogados nos oceanos todos os anos. Cada vez mais, os noticiários do mundo todo vêm reportando as mortes de animais marinhos causadas por todo esse lixo. Especialmente pelo plástico, que pode levar centenas de anos para se decompor.

Como uma iniciativa para combater esse mal, um grupo de 633 mergulhadores se reuniu para recolher o lixo do fundo do oceano, próximo ao Deerfield Beach International Fishing Pier, na Flórida. Os mergulhadores não somente ajudaram o meio ambiente, como acabaram por quebrar um recorde mundial.

O evento foi organizado pela loja de mergulho Dixie Divers e esta foi a sua quinta edição. No evento, os mergulhadores estabeleceram o Recorde Mundial do Guinness de maior limpeza subaquática. Equipados com roupas e equipamento de mergulho, os mergulhadores entraram na água para pegar todo o lixo que pudessem do fundo do oceano.

A grande limpeza

A quantidade total de lixo capturada por eles ainda está sendo calculada por especialistas. No entanto, autoridades disseram que a limpeza resultou em ao menos 1450 quilos de lixo. A Deerfield Beach é um pier de pesca, portanto, todo lixo coletado em seus arredores estavam relacionados a tal atividade. Foram recolhidos somente de pesos de pesca, feitos de chumbo, 725 kg de material.

Anteriormente, o recorde mundial de limpeza subaquática havia sido estabelecido no Egito, em 2015. 614 mergulhadores participaram do evento. Os mergulhadores da Flórida não contiveram a alegria pelo trabalho executado por eles. "Não importa o que aconteça hoje com o Guinness World Records", disse o juiz do Guinness, Michael Empric, ao portal Sun Sentinel. "O que realmente importa é que todo mundo está lá fora, limpando o píer e tentando melhorar a comunidade".

Empric se deslocou de Nova York para o registro e contagem oficial do evento. Tudo isso por volta de 9h indo até às 11h da manhã. "Eu realmente fiquei lá e fotografei todos quando entraram na água", disse ele. Os mergulhadores entraram no oceano em grupos. Contudo, tiveram que permanecer na água por pelo menos 15 minutos para que fosse feita a contabilização.

Os resultados

A jovem Dahlia Bolin, de apenas 13 anos, estava entre eles. Ela e sua mãe, Rebecca, vieram de Mackinaw, no estado norte americano do Illinois. A intenção dela era ajudar a estabelecer o recorde e recolher os detritos. A menina recolheu uma placa branca de metal que continha um aviso em letras vermelhas: os barcos não devem chegar a 100 metros do cais.

"Foi no final do píer cerca de 6 metros abaixo, meio enterrado na areia", disse ela. "Há um monte de pesos ??para a linha de pesca lá embaixo, mas há alguns peixes muito bonitos, principalmente", disse Bolin. Um outro mergulhador, RJ Harper, que ajudou a organizar o evento, disse que espera que a limpeza possa inspirar os participantes a realizarem eventos de limpeza similares a este nas regiões próximas de suas casas. "Eu tenho 600 novos amigos apenas como resultado disso", disse ele.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem  nos comentários a sua opinião. E não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+