• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Múmia de 700 anos foi encontrada aleatoriamente por trabalhadores ferroviários

POR Leticia Rocha    EM História      07/02/19 às 15h26

As descobertas arqueológicas são sempre motivo de comemoração para os pesquisadores da área. Todo e qualquer fóssil ou objeto do passado podem dizer muito sobre sua época, já que informações sobre o passado de algumas culturas e regiões são muito escassas.

Agora, imagine só estar trabalhando na construção de uma estrada e encontrar um caixão? Foi basicamente isso o que aconteceu com esse grupo de trabalhadores de Taizhou, na China. Com certeza, um grande achado, considerando que ninguém esperava por isso.

Túmulo de 700 anos

Os trabalhadores de Taizhou receberam a tarefa de ampliar uma das estradas. Durante o trabalho, eles cavaram um buraco de 6 metros de profundidade, foi então que se depararam com algo muito estranho. Uma estrutura sólida que mais se parecia com um túmulo.

Como não sabiam de que forma proceder, os funcionários foram em busca de pessoas que pudessem lidar melhor com a situação. Uma equipe de arqueólogos então chegou ao local e constatou que, de fato, era um túmulo. Todo o processo foi fotografado e divulgado.

Dentro do túmulo

Os arqueólogos tiveram muito cuidado para abrir o túmulo, sem causar nenhum prejuízo aos seus pertences. Quando abriram, encontraram várias sedas e lençóis e embaixo disso uma múmia em ótimo estado de conservação. Em meio a tudo isso, um líquido marrom, que provavelmente fez parte de todo o preparo do corpo.

A múmia está tão conservada que é possível ver, inclusive, as sobrancelhas. A mulher mumificada estava adornada também com belas joias. Os arqueólogos acreditam que a mulher possa ser um membro do alto escalão da dinastia Ming. Isso porque os tecidos nos quais ela estava envolta eram comuns dessa família.

Além desse túmulo, outros dois foram encontrados nas proximidades. Após escavar o local, os arqueólogos ainda encontraram outros dois túmulos que podem dizer muito sobre a dinastia Ming e a cidade proibida da China.

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Leticia Rocha
Estudante de Jornalismo, apaixonada por pequi, vendedora de pão de mel e de tudo que colocar na minha mão!
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Fatos + Deezer (Podcast)

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+