Fatos Nerd

Nova teoria questiona as verdadeiras intenções de Thanos no MCU

0

O trailer de Vingadores: Ultimato já está entre nós e muita gente faz questão de riscar os dias na espera da estreia. Em paralelo à ansiedade da maioria, existe um outro lado do fandom que ainda se preocupa com os eventos de Guerra Infinita. Ainda mais agora, já que o segredo do futuro pode estar na compreensão do passado. Bom, ao menos não faltam tentativas. Seja como for, vários fãs começaram a rever os filmes da Marvel Studios a fim de encontrar pistas sobre os acontecimentos em Ultimato.

Em um desses casos, um usuário do Reddit acrescentou outro ângulo para as ações de Thanos. De acordo com ele, o Titã Louco não estava nenhum pouco interessado em salvar o universo. Ele se deixou dominar pelo ódio e o utilizou como catalizador para punir os gananciosos e egoístas. A teoria foi sugestão do usuário thomascgalvin e você pode conferir a ideia completa a seguir.

As segundas intenções de Thanos

“Em Vingadores: Guerra Infinita, Thanos fala bastante sobre como a superpopulação e o excesso de consumo foram responsáveis por desbalancear o universo. Portanto, metade da vida existente deveria ser destruída para restaurar o equilíbrio natural. Esse é seu discurso desde o começo.

Para justificar seu caso, ele cita Titã, seu próprio planeta, como exemplo. Outrora um lugar próspero, passou a ser um planeta desolado. Então, ele explica como seu plano de matar metade da população de forma aleatória poderia salvá-lo. Thanos também aponta para os mundos que ele conquistou (que, segundo ele, agora são prósperos).

Tudo isso faz parecer que Thanos deseja as Joias do Infinito para poder salvar o universo. Para, assim, ele salvar as pessoas do universo delas mesmas. Mas eu não acredito que isso seja verdade. Com as Joias, Thanos está perto de ser onipotente. Ele poderia ter dobrado os recursos ao invés de eliminar metade da população, por exemplo. Ou ao menos esterilizar metade da população, pois, eventualmente, os números voltariam ao normal sem precisar matar ninguém.

No entanto, ele não o faz. Por quê? Não por fala de criatividade, mas por raiva. Thanos estava furioso que seu plano de salvar Titã foi ignorado. Então, ele viu o universo como uma massa de criaturas vorazes egoístas. Eles não mereciam ser salvos. Ao invés disso, Thanos usou a Manopla do Infinito para puni-los e ensiná-los uma lição sobre sua própria avareza”.

Teoria confirmada

De fato, a teoria acima é basicamente o caminho que os irmãos Anthony e Joe Russo traçaram para o personagem. No material especial de homevideo de Guerra Infinita, Joe Russo explica as ações de Thanos. “Disseram ‘não’ para uma ideia sugerida por ele, a qual acreditava ser a única solução. Depois, ele se provou certo quando a solução não foi posta em prática. Ele e agora está comprometido a seguir em diante o plano de muitos, muitos anos atrás”, esclareceu o diretor.

7 fatos científicos que provam que não sabemos muita coisa sobre o mundo

Matéria anterior

Cientistas descobrem uma enorme biosfera embaixo da terra

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos