Fatos NerdNotícias

Novo Super Saiyajin é apresentado na franquia Dragon Ball

0

A franquia Dragon Ball é uma das mais famosas. O sucesso de sua recente saga, Dragon Ball Super, serviu de trampolim para a produção do recente filme onde Broly é o protagonista. Mais a fama da franquia está muito além da TV. Nos videogames, principalmente, ela está bem presente.

O jogo mobile da franquia Dragon Ball, produzido pela Bandai Namco, intitulado Dragon Ball Legends, trouxe diversas novidades. Além da qualidade gráfica e da mecânica das lutas, diversos personagens estão presentes no game. Um deles, em especial, é Shallot, criado pelo próprio Akira Toriyama.

Apesar da transformação Super Saiyajin ser bem famosa hoje em dia, fica difícil imaginar algum Saiyajin que não consiga atingir esse poder (afinal, a raça já esta à beira da extinção). Em Dragon Ball Legends, Shallot finalmente despertou a transformação e o resultado é incrível. Confira:

Shallot Super Saiyajin

Não é segredo que para despertar a transformação Super saiyajin o gatilho é a raiva. Geralmente, isso ocorre após algum acontecimento trágico. No caso de Shallot, foi a morte de Vegeta pelas mãos de Freeza. Esse evento serviu de impulso para que o saiyajin finalmente despertasse sua primeira transformação.

Shallot, ao se transformar, está determinado a carregar o legado de Vegeta, assim como o orgulho dos saiyajins. Na foto, podemos observar a colação típica dos saiyajins, cabelos e auras amarelas. A diferença é que Shallot ainda possui calda, algo que Goku e Vegeta não possuem mais.

As possibilidades de futuras transformações são diversas. Treinando juntamente com Goku, é apenas questão de tempo até Shallot alcançar transformações mais poderosas.

Achou a transformação legal? Conta pra gente nos comentários. Para mais matérias, fique ligado na Fatos Nerd. Até a próxima.

7 alimentos que parecem inofensivos, mas que podem causar uma overdose

Matéria anterior

Como são as meninas de 18 anos nesses 7 países diferentes?

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos