Curiosidades

Por que algumas pessoas têm mais de dois mamilos?

0

Como já dizia um vídeo viral da internet, mamilos são polêmicos. Quando o assunto é mamilos, a polêmica está plantada. Principalmente, quando são mamilos femininos. A fetichização em torno das mamas femininas é tanta que tem gente que acha imoral uma mulher amamentar o filho em público, mas acha perfeitamente adequado os seios das musas à mostra nos desfiles de escolas de samba.

Agora, se dois já podem causar uma polêmica, imagina as pessoas que têm mais que um par?! Isso não quer dizer que mulheres, por exemplo terão três seios. A condição é conhecida como mamilo supranumerário e se refere exclusivamente aos mamilos. Eles podem aparecer no nosso corpo, mas sem glândulas mamárias. E a tendência é aparecerem como pequenos sinais ou verrugas.

E por incrível que pareça, existe, não um, mas sim quatro tipos de mamilos. O primeiro é “típico”, que obviamente é o mais comum, onde o bico se sobressai da aureola. O segundo são os “planos”, onde eles só crescem quando recebem estimulação e ficam iguais aos típicos. Os mamilos “inchados” são aqueles cujas auréolas e o bico se tornam um só. E os mais raros, que são os “invertidos”, onde eles parecem se desenvolver para dentro.

Às vezes, a genética pode dar a uma pessoa uma quantidade maior de mamilos do que o normal. Algumas pessoas optam por tirá-los e outras aceitam a peculiaridade e até mesmo enfeitam seus mamilos a mais com tatuagens ou coisas do tipo.

Diferente dos nossos animais de estimação que têm vários mamilos para amamentar os seus filhotes, nós humanos só temos dois. No caso das mulheres, apenas duas glândulas mamárias que servirão para amamentar seus filhos.

No geral, a maior parte dos mamíferos desenvolve até mesmo glândulas mamárias na chamada linha mamilar. Que é uma linha que tanto homens quanto mulheres possuem e que vai da clavícula até a virilha.

É nessa linha que os seios se desenvolvem. Nos homens, esses mamilos são nativos. E nas mulheres, são funcionais. O número dessas glândulas mamárias corresponde, mais ou menos, ao número de descendentes que cada espécie pode ter. Geralmente, os mamíferos têm de dois a 16. Números ímpares também podem acontecer como é o caso do gambá que tem 13 mamilos.

Explicação

Algumas pessoas, no entanto, têm três ou seis mamilos. Isso acontece por um distúrbio genético, onde o órgão vestigial emerge novamente. Ou seja, é uma parte do nosso corpo que desapareceu por gerações por não ter mais utilidade.

Essa condição afeta, normalmente, 5% da população e especialmente pessoas negras. Ele não causa nenhum problema. O que pode gerar é um desconforto na pessoa ao ver um pequeno mamilo ao lado dos originais. Por esse motivo, a maioria das pessoas opta por tirá-los.

Em tempos como da Grécia e Roma antigas, ter mais mamilos do que o normal era considerado algo bom. Era considerado um símbolo de fertilidade. Mas com o passar do tempo, essa representação foi sendo modificada.

Na Idade Média, por exemplo, um terceiro mamilo era uma característica inegável de que a pessoa estava envolvida com feitiçaria. Era associado que o terceiro mamilo estava ali para que a pessoa pudesse alimentar o diabo.

Ter um terceiro mamilo é uma coisa comum e não tão rara quanto algumas pessoas podem pensar.

Faça esse teste e descubra qual desses 5 tipos de funcionário você é [Quiz]

Matéria anterior

Arnold Schwarzenegger é a estrela de desenho criado por Stan Lee

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.