Curiosidades

Por que nós temos mau hálito?

0

O nosso corpo pode nos surpreender de várias formas, sejam elas boas ou ruins. Nessas mudanças que ele enfrenta, podemos passar por situações indesejadas. O mau hálito é um dos principais. O hálito é o ar que expiramos pela boca. Quando este está com um cheiro desagradável, é chamado de mau hálito.

Quem sofre com esse problema, sabe bem como incomoda. Não só perturba a pessoa com o odor desagradável na boca, mas sim todos aqueles que convivem com ela e que também sentem o incômodo. Para a pessoa, essa situação pode acabar gerando insegurança e problemas de autoestima. Assim, é comum ver constrangimentos causados pelo mau hálito no âmbito social.

Esse odor, na maioria das vezes, é decorrente de uma infecção bacteriana ou do acúmulo de resíduos de alimentos entre os dentes, relacionado à má escovação e hábitos como o tabagismo. Embora o uso diário de creme dental e enxaguantes bucais ajudem a neutralizar o cheiro, alguns casos demandam outros tipos de remédios para lidar com o problema.

Mau hálito

UOL

Ele é mais comum do que se possa imaginar. Tendo um em cada quatro adultos sofrendo com esse problema. Ademais, para que o odor da boca seja definido como mau hálito, é quando mesmo com uma bala de menta ou um bochecho ele não pode ser resolvido.

Nesse sentido, diferente do que muitos pensam, a literatura médica esclarece que ele não é uma doença, mas pode ser o sinal de que há algo de errado com o organismo, tendo mais de 40 causas possíveis. No entanto, em 90% das vezes a causa é um problema bucal.

Antigamente, até mesmo entre os cientistas, falar sobre o mau hálito era um tabu, pois esbarrava em diferenças culturais e raciais na percepção de odores. Além do que, é difícil a pessoa saber se tem mau hálito pois geralmente não se consegue sentir o odor e as pessoas costumam não falar para não parecerem deselegantes.

Contudo, o primeiro passo para a solução desse problema é deixar a vergonha de lado e se perceber que está com um mau cheiro na boca perguntar para algum conhecido se ele está sentindo o odor em grande intensidade.

Se a resposta for sim, o próximo passo é procurar um profissional para que ele consiga analisar qual é a origem do mau hálito. Ademais, de acordo com os especialistas, as chances de se encontrar uma solução para o problema é grande.

Odor

VIX

Uma dúvida que surge a respeito desse problema é o porquê do cheiro ser tão desagradável. Isso acontece porque na boca existem 700 tipos diferentes de bactérias que têm funções protetivas. Elas servem para ajudar no processo de digestão e evitar a instalação de micro-organismos nocivos que colocariam em risco a sua saúde bucal e sistêmica.

Essas bactérias também são conhecidas como flora bucal e vive em equilíbrio para cumprir essas funções.

“Quando há um desequilíbrio e elas se proliferam, formando um biofilme, também conhecido como placa bacteriana, elas liberam compostos sulforosos voláteis que têm um odor característico que é percebido como cheiro de ovo podre”, explicou Rosileine Uliana, cirurgiã-dentista e integrante da Comissão de Halitologia do Conselho Regional de Odontologia (CRO).

Identificar

Odonto empresas

Mesmo que várias pessoas não sintam o próprio mau cheiro por conta de o nariz se “acostumar” com o odor, existem outros sinais que a pessoa pode ficar atenta. Por exemplo, a saburra ou saburra lingual, que é uma camada espessa de placa bacteriana que se deposita na superfície da língua.

“Imagine que ela é um tapete que acumula sujeira, no caso, alimentos, bactérias, células descamadas que se decompõem. A depender da espessura, não só o odor é alterado, mas também o paladar”, explicou Rosileine.

Além desse fator, quem sofre com mau hálito também terá sangramento, inchaço e vermelhidão nas gengivas e uma sensação de boca seca.

“A saliva é um enxaguante bucal natural, que não só enxágua como remove a sobra de alimentos, e ainda contém proteínas antifúngicas, antibacterianas e antivirais”, acrescentou Débora Heller Douek, professora dos cursos de graduação e pós-graduação em odontologia da UNICSUL, em São Paulo.

Tratamento

Hálito puro global

A procura pelo tratamento do mau hálito deve ser feita quando o problema é persistente e coisas como uma boa higiene bucal, melhorar a hidratação e alimentação, diminuir o consumo de álcool e tabaco não funcionam.

Em 90% dos casos o problema é tratável, e o tratamento será correspondente à doença base que esteja causando o mau hálito. Apenas nos casos graves e extremos de doença periodontal, o dentista poderá considerar a indicação de cirurgia.

Fonte: UOL

Imagens: UOL, VIX, Odonto empresas, Hálito puro global

As origens dessas empresas vão te surpreender

Artigo anterior

A primeira mulher a ir para o espaço

Próximo artigo