Entretenimento

Relembre a trajetória de Whindersson Nunes

0

Whindersson Nunes Batista é um dos maiores fenômenos do Brasil. O humorista, natural de Palmeira do Piauí e criado em Bom Jesus, acumula hoje mais de 100 milhões de seguidores nas redes sociais. 

O youtuber Whindersson Nunes começou a carreira gravando vídeos para a internet em 2010 e conquistou a fama ao fazer a paródia da música “Vó, Tô Estourado”, do cantor Israel Novaes. Após isso, Whindersson não parou de crescer. O comediante do interior do Piauí alcançou o posto de maior youtuber do Brasil e terceiro maior do mundo.

Atualmente, Whindersson é humorista, youtuber, cantor de trap (com o nome artístico de Lil Whind), empresário, estrela da Netflix com diversos shows de stand up e até boxeador, com luta recente contra o ex-campeão Acelino “Popó” Freitas.

Família e começo da carreira

Foto: Reprodução

 

Filho de Hidelbrando Sousa Batista e Valdenice Nunes, o ex-ajudante de garçom nasceu em Palmeirais (PI). De acordo com relato do humorista, em homenagem aos pais no Instagram, a família precisou se mudar de casa, dentro da mesma cidade, quase 20 vezes devido à falta de dinheiro.


Whindersson revelou também que apesar de dois de seus irmãos estudarem no mesmo ano escolar, um ia à escola no período matutino, enquanto o outro ia à tarde para conseguirem dividir o par de tênis e o material escolar. 

Por isso, o primeiro deveria chegar em casa e entregar tudo ao irmão que iria estudar à tarde.

As gravações para o YouTube começaram quando o Whindersson tinha 15 anos, em 2010. Mas o canal só decolou com a paródia “Alô, Vó, Tô Reprovado” (versão da música “Alô, Vó, Tô Estourado”). O vídeo teve cinco milhões de visualizações em apenas uma semana.

“Não ligo para as críticas, porque, quando fiz o vídeo, não pensei em fazer uma superprodução e sim uma brincadeira. Faço outros vídeos porque gosto e levo a sério esse trabalho. Vou aproveitar o sucesso para divulgar o meu trabalho”, afirmou ele, na época, ao site G1, contando que o sucesso do vídeo fez com que o canal aumentasse o número de inscritos de 2 mil para 20 mil. 

Na entrevista, ele disse que a repercussão fez com que ele recebesse um convite para fazer apresentações de stand-up comedy em Pernambuco.

Carreira como influenciador

Foto: Reprodução

O sucesso fez Whindersson se mudar para Teresina, capital do estado, mas como ele não tinha onde morar na cidade, foi convidado por outro youtuber, Bob Nunes, a permanecer com ele e sua família. O crescimento do canal seguia firme, mas acabou sendo hackeado e excluído em janeiro de 2013. No entanto, Whindersson não desistiu e criou um novo canal, que atualmente acumula 43 milhões de inscritos.

Whindersson sempre investiu em outros ramos além do YouTube. Ele viaja e faz performances por todo o Brasil. Ele também já estrelou alguns filmes, como “Os Parças” (2017) e “A Placa de Rubi – A Chibatada Final” (2019).

Em 2017, soltou a voz e se apresentou no Palco Digital Stage, no Rock in Rio. O sucesso foi garantido, e o famoso agora segue carreira musical como cantor de trap (assinando como Lil Whind).

O humorista também já apareceu em primeiro lugar entre as celebridades mais influentes do Brasil, no ano de 2017.

“Mudou praticamente tudo. Deixei de ser aquele menino do interior do Piauí para me tornar conhecido nacionalmente”, disse ao G1 sobre o que havia acontecido com sua vida nos últimos anos.

Sonho de conhecer o mundo

Foto: Reprodução

A paixão de Whindersson Nunes é viajar pelo mundo. Ele já visitou países como Jamaica, México, Peru, Havaí, Tailândia, Irlanda e muito mais.

“Eu tinha o sonho de conhecer o mundo, e hoje eu posso realizar. Eu vou conhecer esse mundo inteiro e falar sobre o que vi e o que vivi. Eu quero ter muita história para contar. E vou contar todas”, disse o youtuber nas redes sociais. 

Fonte: Splash, Uol

“The Big Bang Theory” quebra recorde após momento picante de casal

Matéria anterior

Por que o corpo de Alexandre, o Grande, começou a se decompor só seis dias após a morte?

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos