Na segunda-feira, a empresa americana de histórias em quadrinhos, IDW Publishing, anunciou que a edição 95 de Tartarugas Ninja esgotou. Os pedidos foram tantos que tiveram de imprimir uma segunda leva de HQs. A série das tartarugas antropomórficas mantém um nível constante de sucesso entre o público. Todavia, a súbita alta pela procura está relacionada a uma modificação especial na narrativa dos répteis. Vale lembrar que o texto a seguir contém spoilers.

Com uma guerra de gangues consumindo Nova York, Karai, a rival de Splinter, feriu sua chunin, Jennika, com um golpe de katana, amplificado pelo ressentimento. Além de empalar a ninja, a vilã e sua gangue ainda impediram as Tartarugas de levarem Jennika para receber cuidados. Situações desesperadas, pedem medidas desesperadoras. Sendo assim, o grupo de heróis entrou em contato com os Mutanimais. Com o coquetel de limonada da Dimensão X, eles se dirigiram ao laboratório de Harold Lyja.

Publicidade
continue a leitura

No laboratório, Donatello e os Lyjas infundiram Jennika com o soro. Tudo corria bem até o Metalhead destruir o único lote de mutagênico. A saúde de Jenny voltou a se deteriorar. Como última opção, Donnie utilizou o sangue de Leonardo em uma transfusão na chunin, salvando sua vida e transformando a humana em uma nova ninja.

A nova Tartaruga Ninja

Publicidade
continue a leitura

Publicidade
continue a leitura

Junto com o anúncio de sua segunda leva de impressão, a IDW revelou também o design de Jennika como a quinta Tartaruga Ninja. As ilustrações revelam que ela usará uma máscara amarela e empunhará a arma que usou durante seu tempo no Foot Clan. Agora, ostentando garras e um novo casco, a guerreira ninja é aguardada pelos fãs. O interesse gira em torno de vê-la em ação, além de descobrir as consequências de sua mutação. Como será que isso afetará seu relacionamento com os quatro irmãos? E qual será a reação de Casey Jones? Teremos que esperar até dia 31 de julho pra descobrir.

Publicado em: 11/07/19 18h51