• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Seguindo esses passos, você nunca mais vai ter um pelo encravado

POR Natália Pereira    EM Curiosidades      17/04/18 às 18h57

Os pelos encravados podem ser extremamente desagradáveis e gerar um certo desconforto na região em que ele está localizado. E, em alguns casos, eles podem acabar virando uma foliculite, o que pode ser ainda mais incômodo. E, na tentativa de impedir que isso aconteça, muitas pessoas acabam tentando retirá-los a força. Utilizando até mesmo as unhas para que isso seja possível. Mas, apesar de parecer uma solução fácil, isso pode acabar piorando ainda mais a situação.

Tentar retirar os pelos encravados a qualquer custo pode acabar gerando feridas e deixando o local ainda mais dolorido. Fazendo com que, em alguns casos, ele acabe sangrando. Os pelos tem que romper a pele para que eles possam sair e se tornar expostos. Mas, quando isso não acontece, eles podem acabar crescendo de forma curvada dentro da pele. Isso faz com que a região se inflame. Esse tipo de coisa acontece com muita frequência depois de uma depilação mas, e é considerado algo comum. Mas ele pode ser evitado se você fizer essas coisas.

1 - Depile-se sempre na mesma direção em que o seu cabelo cresce

A depilação é uma das principais causas dos pelos encravados e, para evitar que eles se formem, raspe sempre na mesma direção em que o seu pelo cresce. Dessa forma, os pelos provavelmente não crescerão encravados.

2 - Faça uma esfoliação antes e depois de depilar

Esfoliar a região antes da depilação faz com que as células mortas sejam retiradas e o pelo se torne mais fácil que os pelos saiam. Além disso, recomendasse que uma outra esfoliação seja feita 10 dias depois da depilação. Isso facilitará a saída dos fios, fazendo com que eles não encravem.

3 - Evite usar roupas muito apertadas

As roupas apertadas causam atrito na pele e, consequentemente, irritam os poros. Usá-las, principalmente, depois de uma depilação contribuirá para a formação de pelos encravados.

4 - Use sabonete antisséptico e hidratantes

O cuidado com a pele é muito importante nesse momento, por isso, é recomendado que se use sabonetes antissépticos para limpar a região antes e depois de depilá-la. Usar hidratantes antes e depois também ajudará a acalmar a pele.

5 - Dê um intervalo entre as depilações

Não é aconselhável que uma pessoa se depile várias vezes durante o mês. Isso pode acabar ajudando na formação de pelos encravados e, por isso, é bom estabelecer um intervalo considerável entre eles. A recomendação é que ela seja feita de 15 em 15 dias. Regiões mais delicadas, como a pélvica, devem ter um intervalo maior, entre 25 e 30 dias.

6 - Não use a lamina seca

Usar a lamina seca durante uma depilação não é recomendado. Fazer isso pode causar irritação na pele e acabar ajudando na formação dos pelos encravados. Use sempre algum produto como auxiliar. Tais como os cremes próprios, uma loção ou mesmo o sabonete.

7 - Não passe na mesma área repetidas vezes

Tente não passar a lâmina no mesmo lugar várias vezes. Isso, mais uma vez, pode causar irritação. Raspe a região desejada de forma mais precisa e de forma cuidadosa. Desta forma você provavelmente não terá que passar sobre o mesmo local mais uma vez.

Essas dicas simples podem te ajudar a evitar os pelos encravados que incomodam tanto depois daquela depilação. Além disso, as mudanças exigidas por elas são tão pequenas que não custa nada tentar, concorda? Sabem mais alguma maneira de exitar os pelos encravados?

Próxima Matéria
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+