Nem sempre os cientistas pensam da mesma forma. Se você acha que todos eles são sensatos e pensam de uma mesma forma, sempre prezando pela lógica. Bom, não é bem assim que as coisas acontecem. Muitas vezes, a comunidade científica entra em conflito, talvez isso seja mais comum do que você imagina.

Avi Loeb que é o diretor do Departamento de Astronomia da Universidade de Harvard é o causador do burburinho da vez. O homem acredita que a Oumuamua, um asteroide recém-descoberto é, na verdade, uma sonda alienígena. A declaração tem recebido várias críticas de seus companheiros de trabalho.

Uma nave terrestre

Publicidade
continue a leitura

Loeb é um dos estudiosos que acreditam que os humanos são arrogantes por pensarem que estão sozinhos no universo. O estudioso também acredita que Oumuamua é uma espécie de nave alienígena que foi enviada intencionalmente para as redondezas da Terra.

O problema é que o restante da comunidade científica não parece apoiar esse posicionamento. Eles acreditam que isso não apenas é um grande equívoco, mas também um insulto as pesquisas realizadas a respeito. Essa foi a opinião de Paul M. Sutter da Universidade de Ohio.

Publicidade
continue a leitura

Já o astrofísico, Ethan Siegel, disse que a declaração é um claro exemplo da ciência mal motivada e sensacionalista. O que é possível perceber é que a declaração não foi bem aceita de forma geral.

Oumuamua

Publicidade
continue a leitura

Oumuamua é um asteroide descoberto em 2017. O objeto tem formato alongado, com cerca de 400 metros de comprimento. O asteroide não gira ao redor do sol, no entanto, não oferece nenhum risco a nosso planeta.

Pouco se sabe sobre Oumuamua, mas Avi Loeb está cético quanto a sua opinião. O estudioso disse que se alguém provar o contrário, ele imediatamente recuará sobre sua afirmação. Caso contrário, é assim que ele continuará a pensar. Alertou ainda que é preciso que os especialistas prestem mais atenção nesse tipo de objeto e claro, busquem a explicação para Oumuamua.

Publicado em: 08/02/19 15h35