Entretenimento

Zezé di Camargo anuncia carreira solo: 5 músicas foram lançadas

0

Após o sucesso da dupla Zezé di Camargo e Luciano, o integrante Zezé anunciou sua carreira solo. O projeto ambicioso começou como uma brincadeira ao publicar alguns vídeos de músicas que não compõem o repertório tradicional da dupla em seu canal solo no YouTube.

Assim, em 2020, o canal do Zezé di Camargo tinha apenas 5 mil inscritos, aproximadamente. Para alguns, isso pode ser um número alto. No entanto, considerando que o cantor acumula pouco mais de 4 milhões de seguidores no instagram, o número é bem baixo.

Porém, Zezé não se deixou desmotivar e prosseguiu postando vídeos cantando músicas que não fazem parte do repertório já conhecido pelos fãs. Dessa forma, essas músicas já não eram apresentadas com seu irmão, Luciano.

Desse passa tempo que começou durante o isolamento social causado pela pandemia do Covid-19, surgiu o projeto que foi lançado recentemente. Então, o EP intitulado Rústico, que também dará origem a um DVD, sairá ainda no primeiro semestre de 2022. Além disso, a turnê de divulgação ocorrerá assim que as restrições da pandemia forem liberadas.

Contudo, internautas ficaram confusos e até com medo de que a dupla icônica dos irmãos Zezé di Camargo e Luciano teria chegado ao seu fim. Assim, segundo Zezé, a sua carreira solo não significa a dissolução da dupla.

EP Rústico

Nesse primeiro trabalho da carreira solo do cantor sertanejo, cinco músicas já foram apresentadas e estão disponíveis nas plataformas. São elas: Pedras, Fraude, 35 latas de cerveja, Vou Ter Que Tomar Uma e Banalizaram.

Sendo assim, de todas as músicas, Banalizaram já ganhou videoclipe, que estreia o baiano Tierry e a então namorada Gabi Martins como convidados. No entanto, os artistas não cantam, apenas participam como atores.

O clipe da música já possui mais de sete milhões de visualizações no YouTube, impulsionando o canal a ter mais de 360 mil inscritos. Assim, como é de costume do cantor, a música é carregada de romantismo e foi composta por Bruno Carneiro, Marder Nunes, Maykow Melo e Welvis Sarmento, todos de Goiás, estado este que Zezé também nasceu.

“No meu projeto solo, queria gravar aquilo que os compositores não estavam usando naquele momento, o que achavam que não era do mercado, que não tinha a ver com o mercado de hoje. Foi aí que descobrimos Banalizaram”, explicou o músico.

Trabalho durante a pandemia

Zezé conta como a pandemia o fez repensar sua carreira e o estilo de vida que estava levando naquele momento.

“O projeto nasceu numa circunstância que não desejava, mas que foi especial pra mim, que foi a pandemia. Fiquei mais recluso, fui pra fazenda e lá achei uma maneira de passar o tempo, de pensar mais na minha voz, que é o mais importante para um artista”.

Antes de decretar o lockdown, o cantor relata como sua vida estava corrida. Logo, a dupla tinha 60 shows agendados e um longo período sem sono, com viagens e estresses constantes. “Então, a pandemia me proporcionou me isolar e pensar em mim”.

Zezé di Camargo e Luciano

Reprodução/AaronTuraTV

A dupla composta por irmãos tem uma história que virou um grande filme: Dois Filhos de Francisco (2005). Seu pai, Francisco, era um grande fã da música sertaneja e queria impulsionar os filhos nessa caminhada.

Quando Zezé completou 11 anos, ganhou uma gaita de boca. Em seguida, os irmãos Mirosmar (Zezé) e Emival ganharam uma sanfona e um violão e se tornaram a dupla Camargo e Camarguinho. “Como eles tinham vergonha, eu dava dinheiro escondido para os outros pagarem os dois depois que cantassem. Era para incentivar”, relembra seu Francisco, que faleceu em novembro de 2020.

Então, em um acidente, Emival veio a falecer, deixando Zezé traumatizado. Posteriormente, após uma tentativa de carreira solo e depois de integrar em diversos grupos, Zezé se juntou com Welson (Luciano), 10 anos mais novo, e começaram a produzir músicas.

Em 1990, depois de assinar com a gravadora Copacabana e um dia antes de entrar em estúdio, Zezé fez a inesquecível composição de É o Amor, música mais conhecida da dupla. Depois disso, tiveram sucesso após sucesso e se consolidaram como uma das maiores duplas sertanejas do Brasil.

Fonte: Correio 24 horas

Saiba o que são os cookies e porque os sites guardam dados sobre você

Matéria anterior

5 vezes que você usou o Teorema de Pitágoras e não se lembra

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos