Séries e Sagas

10 casais de séries adolescentes que não envelheceram bem

0

Apesar de serem produzidas tendo o público adolescente como alvo, séries adolescentes conseguem cativar uma audiência diversa, afinal, todo mundo adora um romance com uma pitada de drama. Pois então, acontece que os casais de populares séries exibidas entre os anos 2000 e 2010 hoje seriam considerados um pouco – ou bastante – problemáticos. Não estamos aqui para apontar dedos, mas convenhamos que, por algum motivo, muitos desses programas acabaram normalizando comportamentos abusivos e tóxicos. Embora hoje em dia séries como You da Netflix sigam atraindo sua parcela de fãs, resolvemos revisitar o passado e relembrar alguns pares românticos que, ao contrário do processo de fermentação envolvendo vinhos, não envelheceram muito bem. E então, vamos lá?

10 – Aria e Ezra | Pretty Little Liars

Antes de tudo, é preciso dizer que Pretty Little Liars é conhecida por colocar adolescentes em situações que nem mesmo adultos conseguiriam lidar, tipo crimes dos mais leves aos mais pesados. Pois então, apesar disso já levantar uma problemática por si só, a série ainda resolveu ir mais além ao tornar Aria e Ezra um dos principais casais da narrativa. Embora toda a história do casal tenha sido construída em torno do fato deles terem se “apaixonado” mesmo sem Ezra saber a real identidade ou idade da garota, não chegou a ser um problema quando ambos descobriram que além de ser menor de idade, Aria passaria o ano letivo sendo aluna de Ezra. Mais tarde, quando eventualmente o romance secreto foi exposto, os roteiristas ainda fizeram os pais de Aria pareceram errados por quererem separar os pombinhos. No fim das contas eles acabaram se casando. Se viveram felizes para sempre, aí já é outra história.

9 – Chuck e Blair | Gossip Girl (casais destrutivos)

Visto que em Gossip Girl o sobrenome é tudo, falemos do casal de herdeiros formado por Chuck Bass e Blair Waldorf. Surpreendentemente, esse par é um dos casais mais adorados da TV. Um garota se apaixona pelo bad boy e vice-versa e tem sem relacionamento romantizado apesar do péssimo comportamento do garoto. Além de ter trocado Blair por um hotel, Chuck nunca chegou a tratá-la com certa decência, não que ele estivesse acostumado a fazer isso com qualquer outra pessoa, mas é exatamente esse o ponto. Além de constantemente se recusar a admitir seus sentimentos por ela, Chuck era manipulador e adorava fazer joguinhos – sim, haja paciência – além de ser extremamente possessivo. Em suma, esse casal era extremamente destrutivo.

8 – Damon e Elena | The Vampire Diaries (casais que começaram com talaricagem pt.1)

Nesse caso, Elena já tinha certa consciência do quão problemático era seu relacionamento com Damon. Ao passo que, inicialmente, a protagonista se apaixonou pelo irmão de Damon, não demorou para que a disputa pelo amor da garota acabasse destruindo a fraternidade que existia entre ambos, ainda mais ao passo que ela brincava com os dois. Aliás, falando em bad boy, Damon Salvatore sempre foi pintado como um cara rebelde e, por incrível que pareça, esse era seu principal atrativo, enquanto Stefan, seu irmão, era o bonzinho. Todavia, por vezes, Damon foi cruel com Elena, seus amigos e família, além de colocá-la em perigo diversas vezes. Apesar disso, ambos eram inseparáveis. Terapia neles.

7 – Rory e Dean | Gilmore Girls

Rory e Dean começaram como o casal mais fofo que se possa imaginar. Contudo, com o passar do tempo vimos os relacionamento se desgastando, fazendo com que ambos se tratassem mal ao ponto de se separarem. Enquanto Dean se tornou extremamente obsessivo e controlador sobre Rory, ela acabou o traindo. Isso foi só o começo de algo que se transformou numa Chernobil ambulante, onde Rory e Dean desenvolveram um caso mesmo quando o último já havia se casado com outra pessoa.

6 – Malia e Stiles | Teen Wolf (casais que deveriam ter feito terapia antes de ficarem juntos)

Quando Malia e Stiles começaram a namorar em Teen Wolf a situação já não era das melhores. Na terceira temporada, ambos foram admitidos em uma instituição mental após terem seu psicológico abalado por entidades sobrenaturais. É aquilo né, antes de começar a sair com alguém, é preciso estar bem consigo mesmo, algo que nenhum dos dois aparentemente pensou em fazer.  Enfim, os dois começaram a ficar após serem trancados no porão da instituição e muitos acreditam que Stiles tirou vantagem dela. Ademais, após serem liberados do tratamento, ambos desenvolveram uma relação codependente e Malia possuía diversas tendências agressivas.

5 – Klaus e Caroline | The Vampire Diaries

Klaus Mikaelson é outro bad boy que adicionamos à lista. Assim que fez sua estreia em The Vampire Diaries, muitos fãs não conseguiram imaginá-lo com alguém além da doce e impetuosa Caroline Forbes. Todavia, a série já não é conhecida por apresentar romances saudáveis e esse caso não foi diferente. Além de ter esfaqueado e mordido Caroline, contaminando-a com veneno de lobisomem, Klaus perseguiu os amigos e namorado da garota pensando apenas em satisfazer seus próprios desejos. Egoísta que fala? Pois é, além disso ele ainda a chantageou por diversas vezes o que acabou fazendo com que Caroline tentasse matá-lo. Relacionamento saudável esse, né?

4 – Lucas e Peyton | One Tree Hill (casais que começaram com talaricagem pt.2)

Assim como já ficou notável, o troca-troca de casais é bem comum em séries adolescentes. Então, no caso de One Tree Hill não foi diferente. Lucas começou namorando Brooke, a melhor amiga de Peyton, e acabou se envolvendo com a segunda, o que já os fez serem julgados aos olhos dos fãs. Todavia, eventualmente eles se separaram e Lucas noivou com Lindsey, o que despertou a fúria de Peyton que passou a agir de forma rancorosa com os dois. Bom, nessas idas e vindas continuamos a acompanhar a toxicidade do casal que acabou ficando junto no final.

3 – Jackson e Lydia | Teen Wolf (abusivo que fala?)

O arco de redenção de Jackson em Teen Wolf é acompanhado do intenso amor que Lydia sente por ele, o que parece bonitinho e romântico à primeira vista. Contudo, Jackson entra para os integrantes da lista de homens que não conseguem respeitar suas companheiras. Ele constantemente a rebaixava para que pudesse se sentir superior e costumava culpá-la por todos seus problemas.

2 – Brandon e Callie | The Fosters

Opa, isso que é chamar no probleminha. Brandon foi o principal interesse romântico de Callie por muitas temporadas, o que nos levou a acreditar que eles ficariam juntos no final. Bom, isso não seria um problema se ambos não fossem irmãos. Sendo assim, os próprios roteiristas do programa pareceram notar que isso nunca funcionaria e, assim que Callie foi oficialmente adotada pela família de Brandon, eles foram se separando gradativamente, apesar de algumas recaídas. No fim das contas, essa relação de The Fosters era desconfortável demais para ambos e, por isso, eles se separaram. Pelo menos, um pouco de sensatez, mesmo depois que o estrago já estava feito.

1 – Dan e Serena | Gossip Girl

Por último, mas não menos polêmico, temos Dan Hunprey e Serena van der Woodsen. Lembra que logo na introdução falamos de You? Pois então, acontece que Penn Badgley já possui certa familiaridade com personagens manipuladores desde seu trabalho em Gossip Girl. Apesar de parecer um cara tranquilo, no fim da série, Dan – alerta de spoiler –  se mostrou o nome por trás das mensagens anônimas que causaram todo o drama e caos ao longo das seis temporadas. Além de expor a vida de Serena e seus amigos em um livro, Dan ainda comandava o blog que tinha elas como alvo principal. Surpreendentemente, no final, Serena acabou se casando com Dan mesmo após ser perseguida e atormentada por ele. Parece um casal bom o suficiente para fechar essa lista com chave de ouro, certo?

Fonte: Screen Rant
Imagens: Warner Bros.  The CW  MTV.

Biomédica ganha Prêmio Capes de Tese por sequenciar genoma do coronavírus

Matéria anterior

Relatório sugere problemas no set de The Batman

Próxima matéria

Você pode gostar