Curiosidades

2020: afinal, estamos ou não em uma nova década?

0

Sempre quando chega um ano que termina em 9, as pessoas se questionam, se a década em questão termina, ou se só terminará com o ano de final 0. Você também é daqueles que acredita que o final de 2019 marcou o fim uma década? Se sim, é melhor repensar.

Mas não se preocupe, nós ajudamos. A confusão, que inundou as redes sociais neste mês, foi esclarecida pela Real Academia Espanhola, tutela oficial da língua castelhana (como a Academia Brasileira de Letras).

Veja o que os especialistas disseram.

A Real Academia Espanhola e a matemática

Vimos, no final do mês de dezembro de 2019, milhares de usuários se despedindo da década. Na Espanha, um debate sobre o tema quando um usuário perguntou, à RAE (Real Academia Espanhola) via tweet, se a próxima década começava no dia 1º de janeiro de 2020 ou no mesmo dia de 2021.

De acordo com a Real Academia Espanhola, a nova década começará em 2021. Para a entidade, “cada década começa em um ano acabado em 1 e termina em um ano acabado em 0”. “Assim, a primeira década do século 21 é a que vai de 2001 a 2010; a segunda, de 2011 a 2020, etc”, completou, citando o Dicionário Panhispânico de Dúvidas.

Em contrapartida, a resposta não agradou. Mesmo sendo altamente explicativa, muitos usuários do Twitter refutaram a questão. “Vivi uma mentira a vida inteira”, escreveu uma usuária. “Então, todo mundo errou ao celebrar o novo milênio em 2000”, publicou outro.

O esclarecimento da RAE coincide com a explicação matemática. “A RAE deixa bastante claro e é uma questão matemática. A década não começa com o ano 0. Começa a contar a partir do ano 1”, diz à BBC, Eugenio Manuel Fernández Aguilar, físico espanhol.

“Se contarmos para trás, temos o -1, então pulamos o ano 0. Ao pularmos o ano 0, se contarmos 10, vamos de 1 ao 10, não de 1 a 9. Então, uma década termina em 10. E a segunda década é do ano 11 ao 20”, afirma.

Década vs. decênio

Ao que parece, toda a confusão começou porque os conceitos de década e decênio são distintos. Analogamente, ambas palavras significam “período de 10 anos consecutivos”. Porém, utiliza-se decênio para designar o período de 10 anos entre quaisquer dois anos. “Decênios são 10 anos e podemos começar onde quisermos”, reforça o físico Fernández.

“É muito frequente expressar os decênios tomando como limite os anos que terminam no mesmo número (1578-1588), mas é preciso saber que esse costume implica uma inexatidão, já que esses limites compreendem, na realidade, 11 anos e não 10, já que o cômputo inclui tanto o primeiro ano quanto o último”, esclarece a RAE.

Em contrapartida, década aponta um período de 10 anos, porém referente a cada uma das dezenas do século. Ou seja, ano 10, 20, 30 e assim por diante. E é por esse motivo que cada uma das 10 décadas de cada século começa em um ano acabado em 1 e termina em um ano acabado em 0.

Para responder ser começamos ou não uma nova década, a BBC consultou a Organização Internacional de Padronização e suas regras sobre tempo e data. A pergunta foi esclarecida de acordo com o calendário gregoriano.

Para quem não sabe, esse é o calendário que o papa Gregório 13 colocou em prática em 1582. Desde então, tem sido adotado por muitos países. Mas há, aqui, um problema. Neste calendário, não utiliza-se o 0.

No entanto, segundo a norma internacional para representação de data e hora emitida pela Organização Internacional para Padronização, é utilizado o sistema astronômico de numeração do ano calendário. E o que isso significa? Basicamente, o ano 0 corresponde ao 1 (antes de Cristo) do calendário gregoriano, e o ano 1 corresponde a 1 (depois de Cristo).

Então, “segundo a ISO, a década se define como 10 anos a partir de um ano em que o número pode ser completamente divisível por 10”, explica Ronald Tse, um dos editores da Organização Internacional para Padronização.

“Isso significa que do ano 0 ao ano 9 é uma década, do ano 10 ao 19 é uma década e do ano 2010 ao 2019 é uma década”, diz. Portanto, para a ISO, o ano 2020 é o começo de uma nova década.

Produtores da série ‘Batman’ exigiram que o Robin diminuísse as partes íntimas

Matéria anterior

2019 foi o ano mais quente da história dos oceanos

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar