O que nós sabemos sobre as bases militares, geralmente, é só o que vemos na televisão e nos jornais. As bases são as instalações onde os soldados podem descansar e também se preparar para o seu trabalho. É por esse motivo, que o local tem de atender as funções de logística e também as operacionais. É preciso garantir a segurança dos soldados, mas estar pronto para reagir a qualquer momento.

Todas essas instalações militares são seguras por um padrão. Mas existem aqueles lugares que são hiper seguros e até dignos de serem covis de super vilões. Mostramos aqui, algumas das bases militares mais seguras do mundo.

1 - Base Naval de Yulin

Na ilha de Hainan, na parte mais meridional da China, fica uma das bases navais mais importantes e seguras de todo planeta. A base naval de Yulin está construindo seu complexo desde 2000, para se tornar o lugar mais importante no mar da China Meridional.

Nele, existem instalações subterrâneas ocultas, que conseguem abrigar um número incontável de submarinos. Além de vários ativos de defesa, plataformas de mísseis anti-navio e anti aéreo e impedimentos nucleares na forma de submarinos. E o poder militar naval da China está em pleno voo em Yulin.

2 - Estação Eareckson

Publicidade
continue a leitura

Essa é uma instalação militar remota. Ela está a mais de dois mil quilômetros a oeste de Anchorage, no Alasca, na ilha Shemya. O principal objetivo dessa estação é hospedar Cobra Dane, um radar gigante, que é a primeira linha de defesa dos Estados Unidos.

O radar está em operação, desde 1976, e fica sempre voltado para o oeste, ou seja, para a Rússia. Ele é tão grande que pode ser visto do espaço. O radar é tão poderoso que, constantemente, observa quatro mil quilômetros para a Rússia e pode monitorar até 120 lançamentos de satélite ou míssil, ao mesmo tempo. O Cobra Dane também é responsável pelos dados de rastreamento do sistema de mísseis anti balísticos de Defesa no Meio do Campo. Ele também pode ver mais de 45 mil quilômetros no espaço. E facilmente, rastreia 12 mil pedaços de lixo de uma vez.

3 - Base naval de Olavsvern

Essa base é praticamente um covil militar ártico secreto. Ele custou 500 milhões de dólares, incluindo instalações subterrâneas, é um lugar ultra seguro e à prova de bomba. O local levou três décadas para ser construído, e mesmo que super seguro, ele mostra o que pode acontecer com as instalações militares mais secretas e seguras, quando políticos começam a se intrometer.

Em 2008, a Noruega estava em um período de reestruturação da sua marinha e o Parlamento quis fechar Olavsvern, de uma forma bem estranha. Eles colocaram essa base à venda, praticamente, num eBay norueguês. Ela acabou sendo vendida por 5 milhões de dólares. A base estava cheia de navios de pesquisa russos. A Noruega acabou vendendo sua única base de frente para o mar de Barents, deixando a Rússia, que era a única potência marítima naquela área em particular.

4 - Baía de Olenya

Publicidade
continue a leitura

A Baía de Olenya é o lar de 29º Esquadrão Especial de Submarinos da Rússia, que é considerado uma frota de submarinos espiões movida por energia nuclear. Essa base secreta está localizada em uma costa remota do mar de Barents. Ela é tão segura, quanto é secreta.

O poder dessa base pode ser significativamente grande porque, em 2017 e 2018, a OTAN pensou que a frota da Baía estava operando perto de vários cabos subaquáticos super importantes para a comunicação global de dados. Mais preocupante ainda é que, pelo menos um desses navios, é um Yantar. Ou seja, uma nave-mãe que pode implantar pequenos submarinos, que conseguem explorar esses cabos de informação.

5 -  O data center de Utah

Esse data center está dentro da base da guarda nacional do exército de Utah. Ele abriga um grande repertório de dados pertencentes e operados pela NSA. E é protegido pelo deserto que o circunda e com sinais bastante hostis.

Essa base é uma espécie de bicho-papão e vários a definem como “um monumento às ansiedades do big data e da vigilância em massa, uma caixa preta fora de alcance e muito além da compreensão".

Publicidade
continue a leitura

6 - Instituto de pesquisa Fort Detrick de doenças infecciosas

Esse instituto é onde aconteceu a maior parte do programa de pesquisa de defesa biológica das forças armadas. Em 2019, esse laboratório foi vítima da única coisa que poderia acabar com ele, o desleixo. Em uma inspeção feita pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) foi encontrado várias áreas de preocupação na forma como o local lidava com seus processos de descontaminação.

As instalações são um local altamente seguro, que começou em 1943, com base do programa de armas biológicas dos EUA. Em 1969, ele avançou para uma pesquisa de biodefesa. Atualmente, ele é o lar de vários laboratórios super seguros.

7 - Monte Yamantau

Quem tem certeza sobre o que esse lugar, realmente, é são apenas pessoas dos escalões superiores do governo e forças armadas russas. As únicas certezas sobre o lugar é que ele é subterrâneo e absolutamente gigante. De acordo com os relatórios, esse complexo está em andamento desde a época que Leonid Brezhnev estava no comando. Algumas pessoas dizem que uma área de, aproximadamente, 643 mil metros quadrados.

Mas a maioria das fontes concorda que essa instalação está longe de ser operacional e que não existem provas concretas da sua existência.

Publicado em: 07/01/20 22h53