Mundo Animal

7 cães domésticos populares que foram criados para coisas inimagináveis

0

Os cachorros são os melhores amigos do homem. Podemos passar um dia inteiro com problemas, porém, quando chegamos em casa, os nossos bichinhos já pulam na gente, lambendo freneticamente e nos tornando mais felizes. Mas se eles são assim tão fiéis, é porque nós sempre quisemos que eles fossem. Os cães domésticos populares foram criados com diretrizes definidas. No passado, cada um deles foi criado para um tipo de alimentação, de esporte e de trabalho.

Com o passar dos tempos, eles foram trocando de lugar e de função. Hoje, quase todos eles são considerados nossos melhores amigos da vida inteira. Muitos deles, para se encaixar em seus novos papéis, alguns foram reduzidos ou tornados mais dóceis, enquanto os mais infelizes foram extintos porque não podiam ser usados ​​para outra finalidade, além de ficar tristes. Conheça 7 cães populares que foram criados para coisas inimagináveis.

1 – Pastor Alemão

Os pastores alemães foram criados em 1850, com o intuito de ser um cachorro forte, inteligente, rápido e com um bom olfato. O objetivo final era que esse tipo de dog cuidasse dos rebanhos de ovelha. Por toda a Alemanha, naquela época, houve vários tipos diferentes de pastores alemães como resultado de cruzamento, até que depois de uns três anos, alguns entusiastas de cães resolveram padronizar a raça. Max von Stephanitz, um destes entusiastas, foi quem batizou a raça com esse nome e promoveu o tipo para o país, e para o mundo.

2 – Chihuahua

Existe pouca informação sobre essa raça de pequenos – pequenos mesmo – cachorros. O que sabemos é que eles apareceram pela primeira vez no México, no século 19. Enquanto algumas pessoas acreditam que ele é o resultado do cruzamento de raças americanas, outros apostam que ele é o resultado de cruzamento de raças italianas. Quase todos acreditam que ele é descendente do Techichi, um animal que as civilizações antigas acreditavam que levava o dono, depois da morte, para o além.

3 – Pug

Em 400 a.C, o Pug foi criado para os ricos, pois ele era um símbolo de status. Esse tipo de cachorro era até protegido por guardas que tentavam garantir o conforto do animal. Ele é pequeno de propósito, pois quando foi criado foi pensado para caber no colo de uma pessoa. Desde lá, ele sempre permaneceu como simbolo da realeza, tendo sido parte de várias impérios e dinastias reais.

4 – Akita

O Akita é um cachorro agressivo por natureza, pois foi criado para proteger o seu dono e atacar se for preciso. Criados no Japão, o seu nome significa “caçador estimado”. Eles também foram criados para caçar animais potencialmente perigosos, como veados, javalis e ursos negros, além de pegar aves aquáticas abatidas. Durante algum tempo, eles foram usados como cães de briga, porém, depois voltaram as suas funções originais.

5 – Bull Terrier

O Bull Terrier foi um cão criado para brigas, justificando sua agressividade inerente. Eles passaram por vários tipos de cruzamentos ao longo dos anos, e ninguém se preocupou muito com a sua aparência, e sim, com sua agressividade.

6 – Pitbull

Uma lista de cães criados para serem como são, estaria incompleta sem a presença do ilustre Pitbull. Ao contrário dos outros dessa lista, ele, na verdade, nem ao menos é uma raça de cão, uma vez que não são padronizados. Esse nome se refere aos vários estilos de cães semelhantes, sempre com cabeças largas e corpos musculosos. Os principais cães classificados no grupo Pitbull são o Bull Terrier, o American Bulldog, o Boxer, o American Pit Bull Terrier e o American Staffordshire Terrier.

7 – Dobermann

Karl Friedrich Louis Dobermann era um vigia e cobrador de impostos, que resolveu criar uma raça de cão para se proteger. Seu objetivo era ter um cão inteligente, alerta, confiante, corajoso e muito protetor de seu dono. E assim, ele criou um Dobermann.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta aqui com a gente e compartilha nas suas redes sociais. Para você que nunca mais vai ver um pitbull da mesma forma, aquele abraço.

15 novas imagens do Holocausto provam que esse foi o pior momento da História

Matéria anterior

12 comentários mais épicos da Fatos Desconhecidos #4

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos