• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 casos de lesões fatais (mas que incrivelmente as vítimas sobreviveram)

POR Natália Pereira    EM Curiosidades      14/12/17 às 07h10

Apesar de filmes retratarem o tempo todo vilões que passam pelo impossível e ainda sim sobrevivem, a maioria das pessoas reais não tem o mesmo privilégio. Assim como muitos "bonzinhos" na ficção. Enquanto um personagem que você ama leva uma pequena batida na cabeça e vai a óbito, aquele que todos odeiam leva cinco tiros, cai de um precipício e continua vivo.

Em geral o nosso corpo é extremamente frágil e infelizmente muitas mortes são causadas por muito pouco. Porém, algumas pessoas realmente parecem ter saído das telas dos cinemas e da ficção. Esses indivíduos conseguiram sobreviver a situações inimagináveis e com certeza irão chocar você. Mas como nem todo mundo tem essa sorte, é melhor tomar os devidos cuidados. Se os gatos tem sete vidas, essas pessoas abaixo são quase imortais.

1 - Dividido ao meio

Trabalhar em ferrovias não é muito fácil. Acidentes podem acontecer e ninguém quer isso. Quando pensamos na situação, imaginamos uma perna quebrada ou algo assim. Agora já imaginou que seria possível perder toda a parte inferior do seu corpo e, o mais incrível, continuar vivo? Esse foi o caso de Truman Duncan. Ele caiu de um trem em movimento e teve seu corpo dilacerado. Ele possui apenas metade do corpo, acima da cintura.

2 - Um feixe de luz perfurando a face

Por mais que a maioria de nós não entenda o poder de um acelerador de partículas, ele pode ser realmente destruidor. Um pesquisador chamado Anatoli Bugorski estava trabalhando nisso quando sofreu o acidente. Ele estava verificando um estrago em uma das peças e fez com que ela emitisse um feixe de luz de 200.000 rads. O incrível é que um feixe de apenas 600 rads já é o suficiente para matar uma pessoa. Mas ainda sim ele sobreviveu. O feixe atravessou a sua cabeça e cérebro. Isso fez com que seus ossos e tecidos cerebrais fossem corroídos. Depois do incidente ele ficou surdo e teve o lado esquerdo do rosto paralisado.

3 - Sentenciado a morte com nove tiros

Durante a Revolução Mexicana, em 1915, um soldado chamado Wenseslao Moguel foi capturado enquanto estava em combate. Depois disso ele foi condenado à morte, mesmo sem enfrentar qualquer tipo de julgamento. Para efetuar a sentença, um pelotão de atirou nele nove vezes. Dentre elas um tiro foi feito a queima-roupa, bem na cabeça. Ele foi deixado em para trás e dado como morto. Apesar de tudo isso ele conseguiu sobreviver e fugir do local.

4 - Sem coração

 

É isso mesmo. Parece impossível sobreviver algumas miseras horas ou minutos sem um coração, não é? Mas essa garota conseguiu enfrentar 118 dias sem esse órgão. O coração é com certeza a parte mais importante para o funcionamento do corpo humano. Sem ele o sangue não é bombeado e os demais órgãos começam a morrer. Pois bem, uma criança de 14 anos chamada D'Zhana Simmons precisava de um transplante de coração e assim que encontrou um doador foi para a cirurgia.

As coisas pareciam estar indo bem até que o novo coração também começou a falhar e tiveram que removê-lo. Para que ela não morresse os médicos aderiram a um método um pouco incomum. Eles substituiriam o coração retirado por duas bombas da Thoratec. Elas serviram como um coração artificial até que outro coração fosse encontrado. A espera durou quase 4 meses. Hoje ela esta viva e bem, além de estar com um coração saudável e humano.

5 - Uma queda de 47 andares

Uma pequena queda pode trazer a morte para a maioria das pessoas. Mas não para Alcides Moreno. O homem de 37 anos era um limpador de janelas e estava trabalhando quando o desastre aconteceu. O andaime em que ele estava se rompeu, fazendo com que ele e o irmão mais novo, que estava junto, caíssem à 150 metros de altura. Seu irmão morreu na hora mas de alguma forma Alcides não. Ele teve sérios ferimentos neurológicos, espinhais e abdominais. Além de ter quebrado as duas pernas, o braço direito e algumas costelas. Depois do acidente ele teve que enfrentar diversas cirurgias para recolocar as partes do seu corpo no lugar. Atualmente ele está bem e incrivelmente manteve o movimento do corpo.

6 - Decapitado

Depois de sofrer um acidente de carro junto com sua mãe, o menino de 4 anos, Killian Gonzalez, foi decapitado. Ele teve sua cabeça deslocada e parte dela separada do pescoço. Uma senhora que passava pela estrada quando tudo aconteceu foi quem salvou o garoto. Leah Woodward correu para o local e quando viu o estado do menino fez algo que poucos fariam. Ela segurou a cabeça do menino na posição correta até que os paramédicos chegassem. Por mais que o ferimento normalmente fosse fatal ou pelo menos causasse a paralisia da pessoa, o jovem Killian se recuperou e não teve maiores danos.

7 - Um suicídio fracassado

Um homem do estado de Oregon resolveu que queria se matar de um jeito diferente. Ao invés de aderir aos métodos mais comuns, ele pensou que uma pistola de pregos fosse capaz de resolver a situação. Para isso ele direcionou a ferramenta para sua cabeça e atirou 12 vezes. O surpreendente é que os tiros não foram feitos em apenas um local. Eles estão em ambos os lados da cabeça e ele provavelmente teve que mudar de mãos para continuar atirando. Depois de ir para o hospital os médicos tiveram que retirar os pregos de sua cabeça. Ainda sim ele conseguiu ficar bem depois de tudo isso.

E aí, chocante não é? Enquanto todos nós somos tão frágeis mesmo a pequenos incidentes alguns simplesmente parecem imortais.

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Via   Lista 10     Cracked     Extra     G1     O Globo     NewsDog     AHDUVIDO  
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+