• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 dicas incríveis para comprar em sites chineses

POR Bruno Destéfano    EM Curiosidades      07/06/19 às 11h27

Em termos de conveniência e economia, as compras on-line são mais do que bem-vindas. Vários produtos em lojas virtuais podem ser até mais baratos do que no estabelecimento físico. Os sistemas internacionais de embarque bem desenvolvidos possibilitam que as pessoas comprem qualquer coisa de outros países. Muitos compradores on-line compram da China porque acreditam que as coisas feitas na região são mais baratas e de alta qualidade. No entanto, algumas pessoas ainda são céticas em relação às compras on-line, acreditando que elas são mais propensas a serem fajutas. Na verdade, se você estiver familiarizado com os golpes on-line e souber como lidar com eles, ainda poderá se beneficiar dessa maneira popular de fazer compras. Eis 7 dicas incríveis para comprar em sites chineses.

De sandálias a conjuntos de adesivos, é possível adquirir mercadorias por uma fração do custo regular por meio de lojas do leste asiático. Contudo, é preciso que você mantenha a sua inteligência sobre encargos alfandegários inesperados e produtos de má qualidade.

1- Sempre existirá o famoso "custo vs benefício"

Você pode definitivamente comprar um vestido de US$ 10 em lojas virtuais, mas nunca tenha grandes expectativas. Especialmente a respeito de sua qualidade. Você deve ter em mente que o que será entregue à sua porta não é de forma alguma o mesmo produto que você vislumbra nas fotos.

2- Não confie em modelos, confie nos compradores

As fotos podem enganar e eu não estou falando apenas das que são retiradas de outras empresas ou revistas. Fotos legítimas, registradas em ângulos e molduras diferentes, também podem ser enganosas. Em vez de se basear na foto da empresa, preste atenção nas imagens de outros compradores. Geralmente, eles publicam em comentários para avaliar o produto. Isso acontece com frequência em plataformas como a Taobao.

3- Verifique a confiabilidade do site

Locais qualificados geralmente têm bom atendimento ao cliente e a qualidade dos produtos pode ser garantida. Os compradores desfrutam de compras rápidas e seguras. No entanto, em alguns casos, os compradores sofrem golpes no instante em que o pagamento é confirmado. Portanto, colete o máximo de informações possíveis antes de pagar.

Confira se há alguma introdução detalhada sobre a empresa ou site, como informações de contato (incluindo endereço e telefone fixo), termos e condições, orientação para compras, remessa, pagamento e política de privacidade. Também não se esqueça de verificar se o site tem etiquetas de segurança (VeriSign, Cybertrust, D&B e McAfee). Sites registrados na China também têm um número ICP na parte inferior da página. Essa é uma das dicas incríveis para comprar em sites chineses.

4- Saiba barganhar

Pechincha é quase o sobrenome de sites chineses e essa é uma das principais razões pelas quais a compra no leste asiático é tão popular. Ademais, com grandes poderes vêm grandes responsabilidades. Assim sendo, tenha cuidado com o negócio que esteja tentando ganhar por cima. A chance de ter que pagar por taxas ocultas é... grande.

"É possível comprar de tudo, de sandálias a relógios por uma fração do custo normal", disse Steve Nowottny, da MoneySavingExpert.com. "Mas você precisa manter-se são, pois há cobranças inesperadas a serem observadas e preocupações com segurança em relação à algumas categorias de produtos. Além disso, os direitos do consumidor são limitados".

5- Não tenha surpresas com taxas alfandegárias

As taxas de entrega estão incluídas em muitos itens, mas não em outros. Dessa maneira, os preços podem passar rapidamente de barganha para superfaturamento ao vendedor. Além disso, um dos grandes medos e desafios de se importar produtos é o valor das taxas de alfândegas brasileiras. A lista de requisitos para que as pessoas não precisem pagar por estas taxas alfandegárias é simples de ser cumprida. Geralmente, segundo Fabio Hoinaski, todos os consumidores de itens pessoais e isolados não tendem a pagar pela tributação. Compras realizadas por um valor menor do que 50 dólares também não sofrem alteração de preço.

Bom, ao menos na grande maioria das vezes. É justamente por esse motivo que você precisa ficar atento ao tipo de produto que comprará. Existem alguns conceitos básicos para entender se ocorrerá cobrança de taxas alfandegárias, como o tipo de produto (se é eletrônico ou não) e o peso da mercadoria. Essa é uma das dicas incríveis para comprar em sites chineses.

6- Forma de pagamento

É recomendado que você não realize o pagamento diretamente no site de compras. Os consumidores então podem pagar por meio de uma ferramenta legítima, externa à loja, como o Paypal. A maioria dos sites chineses fornece essa opção.

7- Verifique os aplicativos de compras no seu smartphone

Mais e mais pessoas estão fazendo compras diretamente pelo celular. Contudo, alguns aplicativos exigem acesso às informações do usuário, como listas de contatos, mensagens, registros de chamadas e senhas. Escolha sites ou plataformas que cobrem menos permissões de acesso.

Próxima Matéria
Bruno Destéfano
Escritor, fotógrafo e jornalista // Deixe que o conhecimento te revolucione de dentro para fora.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+