• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 estranhas histórias envolvendo o viagra

POR Isabela Ferreira    EM Curiosidades      03/05/18 às 16h02

O que seria dos homens mais velhos se não fosse o viagra? Como eles conseguiriam manter uma vida sexual ativa? Isso seria possível? Bem, para resolver esse probleminha, felizmente podem contar com a famosa pílula azul. O que pouca gente sabe é que esse medicamento foi criado acidente. Os pesquisadores da Pfizer tentavam desenvolver um remédio que auxiliasse no tratamento de uma doença cardíaca, no entanto, tudo aconteceu de forma bem diferente do que esperavam.

Os efeitos colaterais da pílula fazia com que os homens ficassem eretos. Então, ao invés de simplesmente descartarem a fórmula, perceberam que aquilo ainda poderia ser bem aproveitado. Estava lançado então o viagra, que ajudaria milhares de homens pelo mundo todo. No entanto, nem tudo são flores no que envolve o medicamento.

É preciso ter diversos cuidados ao fazer o consumo, visto que os efeitos colaterais podem ser devastadores. O uso exagerado pode levar até mesmo à morte. Pensando nisso, nós aqui da Fatos Desconhecidos separamos abaixo

1 - As câmeras não perdoam

Em janeiro deste mesmo ano, Steve Cho, um americano de 27 anos, esperava sentando em um aeroporto da Tailândia para embarcar rumo a Coreia do Sul. No entanto, parece que ele tinha planos um pouquinho mais pretensiosos, já que tomou alguns (muitos) comprimidos de viagra enquanto esperava. Para uma pessoa jovem tomar esse tipo de medicamente, já não esperamos algo muito bom na sequência. No mínimo, resultaria em uma ereção de horas.

Mas vamos ao que realmente aconteceu. O rapaz não ficou apenas "ativo", como também pareceu perder a cabeça. Ele começou a gritar e tirou sua roupa, até ficar completamente nu. Mas o pior ainda estava por vir... Ele começou a defecar ali mesmo e quando os seguranças foram contê-lo, ainda foram atacados com cocô. Dá pra acreditar? Após o efeito passar, ele afirmou que não se lembrava de nada que havia feito, mas infelizmente... As filmagens das câmeras de segurança estavam ali para comprovar tudo.

2 - Nem Hefner escapou

Levando em consideração que Hugh Hefner, fundador e editor-chefe da revista Playboy, viveu até seus 91 anos cercado por belas mulheres na Mansão Playboy, não seria muito estranho que ele já tivesse tomado muito viagra em sua vida. Não seria estranho, a não ser que ele tivesse sofrido algumas consequências por isso.

Ele enfrentou uma perda auditiva sensorial súbita, que aparentemente, acontece com homens que ingerem tais pílulas como se fossem doces. De acordo com algumas pessoas próximas a ele, era completamente surdo de um dos ouvidos. Apenas conseguia entender o que alguém dizia, caso a pessoa chegasse bem perto. Bem, Hefner afirmava que preferir fazer sexo ao invés de ouvir... Deve ser um sentimento compartilhado por muitos homens por aí!

3 - E não é apenas surdez...

Bem, já percebemos que o viagra pode estar ligado à surdez, mas tudo indica que ele também está associado à cegueira. Segundo o Food and Drug Administration, existem pelo menos 43 casos de pessoas que sofreram algum tipo de bloqueio em nervos ópticos, devido a algum ingrediente presente na pílula. É mais comum que algo do tipo aconteça com homens mais velhos, que fazem consumo excessivo.

4 - Festinhas que acabam mal

Um dos mais temidos efeitos colaterais que o viagra apresenta, são as convulsões. E é claro, quando é ingerido de maneira errada e por pessoas que não precisam dele, os riscos se tornam ainda mais iminentes. A Sky News entrevistou vários jovens do Reino Unido que confessaram usar as pílulas com certa frequência, principalmente quando vão para festas. E o pior... Grande parte deles ainda mistura o viagra com bebidas alcoólicas, o que apenas piora as coisas. Não é raro ver rapazes apresentando graves casos de convulsão, devido ao consumo equivocado do medicamento.

5 - Perigosas falsificações

Em grande parte dos casos, um homem precisa ter pelo menos 30 anos de idade para que um médico lhe receite o uso de viagra. Devido a isso, o acesso às pílulas se torna bem mais restrito. Em contrapartida, cada vez mais jovens procuram por elas para usá-las de forma recreacional. Isso faz com que uma enorme demanda de pílulas seja proveniente do mercado negro, fabricadas sem o menor padrão de qualidade.

Os perigos de consumir essas falsificações são muitos. Em análises, foram encontrados até mesmo inseticida em sua composição. Também foi encontrada tinta feita à base de chumbo, usada para colorir as pílulas. Sem contar que até compostos de veneno de rato estavam presentes. Dá pra acreditar?

6 - Foi longe demais...

No ano de 2013, o colombiano Gentil Ramirez, de 66 anos, decidiu tomar viagra para agradar um pouquinho sua esposa. Mas ele parece ter se empolgado, e acabou tomando bem mais do que devia. Resultado: sofreu uma ereção que durou por dias! Exatamente... Dias! Ele se recusou a fazer uma consulta médica por muito tempo, mas percebeu que não haveria outra saída. Sentia fortes dores e quase não conseguia mais se mexer.

Assim que chegou ao hospital, o médico constatou que seu pênis estava fraturado e começando a ficar gangrenado (apesar de o membro não ter ossos, é possível fraturá-lo... Para a infelicidade de muitos homens). Pensou-se que seria preciso amputar. A partir daí, muitos rumores começaram a circular pela internet, sobre o colombiano que teve seu pênis amputado devido ao uso de viagra. No entanto, após todo o alvoroço, Ramirez entrou em contato com um dos maiores jornais do local para informar que seu amiguinho ainda estava intacto.

7 - Morte em Motel

No ano de 2005, houve um caso no Japão onde um idoso contratou uma prostituta para se divertir um pouquinho. Os dois foram para um pequeno e afastado motel e como já era de se esperar... Ele tomou mais viagra do que deveria. A noite parece ter rendido, mas a mulher foi embora logo pela manhã, deixando o homem dormindo no quarto. No entanto, ela acabou comentando sobre a noite que teve com uma das recepcionistas, e disse que ele ainda estava descansando.

Após escutar isso, a equipe do motel foi verificar o cliente e sim... Ele estava morto. Mas a história ainda pode piorar. O local era tão estreito que não era possível subir até o quarto com uma maca para retirar o corpo. Os paramédicos precisaram carregar o cadáver pelos corredores para que fosse possível tirá-lo do prédio.

E então pessoal, o que acharam? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+