Embora o jornalismo exista para nos deixar informado sobre os acontecimentos de interesse público, é impossível saber e divulgar exatamente tudo de relevante, que acontece no mundo. Os jornalistas investigativos fazem o seu trabalho e sempre nos informam sobre coisas importantes que acontecem que, dificilmente, a gente saberia de outra forma. São assuntos que se tornam de interesse público, uma vez que podem influenciar diretamente na vida de todo mundo. A maioria desses assuntos são tidos como segredos de Estado, e a ideia é que eles permanecessem assim, mas um ou outro sempre acaba vazando.

Os segredos governamentais e militares parecem um pouco obscuros e assustadores, embora alguns possam parecer divertidos e até mesmo absurdos. O fato é que a maioria dos segredos de Estado é intrigantes até porque eles deveriam continuar em segredo. E entre todos esses há, desde um projeto secreto da Força Aérea americana, para construir um disco voador, até um programa de pesquisa, para produzir as primeiras bombas atômicas. Confira a seguir, 7 fatos incríveis sobre segredos de Estado.

1 – Projeto 1794

Em 2012, a Força Aérea americana desclassificou vários documentos importantes, entre eles, os registros de um programa secreto bastante peculiar. O projeto 1794 tinha o intuito de construir uma aeronave estilo disco voador para abater bombardeios soviéticos. O ambicioso programa, foi iniciado em 1950, por uma equipe de engenheiros. Os documentos desclassificados revelaram detalhes do projeto, no qual o disco voador deveria atingir uma velocidade, quatro vezes maior do que a velocidade do som. No entanto, o projeto foi cancelado em dezembro de 1961, depois de testes apontarem que o design dos discos voadores eram aerodinamicamente instável. Durante todos esses anos, esse projeto permaneceu seguro como um segredo de estado bem guardado.

2 – Projeto MK-Ultra

Publicidade
continue a leitura

Esse é um fato um tanto quanto polêmico. Isso porque na época da Guerra Fria, a CIA deu início ao chamado Projeto MK-ULTRA, um programa ultrassecreto e ilegal de pesquisa humana. A ideia era investigar possíveis sistemas de controle da mente. Os responsáveis pela pesquisa examinaram os efeitos da hipnose, agentes biológicos e medicamentos, como LSD e barbitúricos em pessoas. De acordo com historiadores, esse programa foi desenvolvido, para criar um sistema de controle da mente, que poderia “programar” o cérebro de possíveis assassinos. Dá para imaginar isso? Parece um filme de ficção científica.

3 – Área 51

A famosa Área 51 opera como um destaque da Base da Força Aérea dos Estados Unidos. Agora, todo mundo sabe disso, mas o grande sigilo, ao redor da base, provocou a imaginação das pessoas. O local é um ponto de atração para teóricos da conspiração que começaram a ligar a Área 51 a atividades paranormais, e até sugeriram que a base escondia alienígenas e OVNIs. Foi só em julho de 2013, que documentos desclassificados da CIA reconheceram a existência real da famosa Área 51. Foi a primeira vez que se confirmou oficialmente que a base secreta foi usada para testar vários aviões espiões. Até então, ela nunca tinha sido declarada como uma base secreta, e as pesquisas e atividades feitas lá foram alguns dos segredos mais bem guardados dos país.

4 – Projeto Grudge

Publicidade
continue a leitura

A verdade é que a Força Aérea dos Estados Unidos estudou a existência de OVNIs secretamente. Mesmo que a Área 51 não fosse uma base secreta projetada para estudar atividades extraterrestres, o Projeto Grudge foi real. O programa, lançado em 1949, com o intuito de estudar objetos voadores não identificados. O Projeto Grudge seguiu a linha do programa anterior, chamado Projeto Sign, que divulgou um relatório afirmando que mesmo que os OVNIs parecessem aeronaves reais, não havia informações suficientes sobre as suas origens.

5 – Operação Paperclip

Em 1946, o então presidente dos Estados Unidos, Harry Truman, deu o aval para um programa, chamado Operação Paperclip. A ideia do programa era atrair cientistas da Alemanha nazista para a América, depois da Segunda Guerra Mundial. Os cientistas alemães foram recrutados pelo Gabinete de Serviços Estratégicos (antecessor da CIA), para unir esforços no pós guerra. O intuito, na verdade, era garantir que valiosos conhecimentos científicos não acabassem nas mãos da União Soviética ou do Oriente.

6 – Projeto Manhattan

Publicidade
continue a leitura

Um dos programas de pesquisa secreta mais famosos de todos é o Projeto Manhattan. Esse programa foi o responsável pela produção das primeiras bombas atômicas do mundo. Iniciado em 1939, o Projeto Manhattan foi mantido em sigilo, enquanto os físicos investigavam o poder potencial das armas atômicas.

7 – Operação Gladio

De acordo como documentos desclassificados, durante a Guerra Fria, a Organização do Tratado do Atlantico Norte (OTAN) criou um plano secreto para manter a Europa “segura”. Eles temiam uma invasão soviética, e por isso, desenvolveram um plano, que ficou conhecido como Operação Gladia. O plano era que vários países da OTAN, incluindo a Itália, a Bélgica e a França formassem exércitos secretos, para defender o continente. A missão, desses exércitos secretos, era basicamente se preparar para uma possível aquisição comunista, e liderar uma resistência armada.

Enfim, e você?O que achou desses segredos de Estado? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Publicado em: 09/01/20 14h07