Curiosidades

7 fatos que mostram como é a vida na Antártida

0

A estação franco-italiana Concordia foi construída em 2005. Desde então, cerca de 60 pessoas foram treinadas para viver e trabalhar por cerca de 9 a 12 meses no local sob condições de isolamento, temperaturas extremamente baixas, falta de luz e oxigênio. Dois edifícios compõem a estação, divididos em laboratórios, dormitórios, hospital, armazém e áreas de convivência.

Mas nem tudo é trabalho na estação. Os funcionários da Concordia também desfrutam de um cinema, sala de relaxamento, sala de jantar, uma oficina e uma academia. Para lhe dar uma noção de como é a vida por lá, hoje, trouxemos para vocês alguns fatos sobre como é a vida na Antártida e que você pode conferir logo abaixo.

1 – A temperatura média é de – 50ºC

A estação Concordia está localizada a cerca 3.300 metros acima do nível do mar. Por tal condição, há pouco oxigênio disponível para os moradores. Muitas bactérias não conseguem se desenvolver no lugar, onde no verão as temperaturas não atingem temperaturas acima dos -30ºC. Diversas camadas de roupas, sapatos especiais, luvas e óculos são necessários para que os moradores possam se expor às baixas temperaturas.

2 – 4 meses no ano as pessoas vivem no escuro

Na Antártida, os dias e as noites não são tão ‘tradicionais’. No inverno, por exemplo, o sol não se eleva no horizonte. No verão, ele não se põe. As pessoas chegam a passar cerca de 4 meses no escuro total. Dificuldades para dormir e até mesmo comer podem ser sentidas devido tais mudanças. Quando o sol aparece novamente, as pessoas abandonam suas atividades para poderem prestigiar seu nascer depois de 4 meses.

3 – Supermercado mais próximo

O supermercado mais próximo da estação fica a cerca de 4 mil quilômetros. O difícil acesso ao local exige que veículos especiais levem o carregamento de alimentos e produtos para higiene pessoal etc., até lá. Muitos alimentos são congelados para poderem se manter aptos para o consumo humano.

É comum que alguns alimentos faltem, e nesses casos, o jeito é encontrar algum outro para substitui-los. Como é o caso do leite fresco que, as vezes, é substituído por leite em pó.

4 – Isolamento

Durante o período do inverno é quase impossível sair da estação Concordia. Pensando nisso, um hospital muito bem equipado fica disponível para os moradores do local para qualquer incidente. Além de depósitos para a reserva de suprimentos. Cerca de 15 pessoas costumam passar os rigorosos invernos na estação.

5 – Condições psicológicas

O completo isolamento pode ocasionar estresse, depressão, entre outras dificuldades e condições psicológicas dos moradores de Concordia. Entretanto, tais condições estão sob os olhares de cientistas e pesquisadores que estão estudando o comportamento dessas pessoas para poder futuramente usá-los para preparar as pessoas para vôos espaciais longos.

6 – Diversão também tem espaço

Os colaboradores de Concordia também desfrutam de atividades de lazer como jogar basquete na neve, festas à fantasia e passeios organizados. Eles também se comunicam com os amigos e familiares através de videochamadas. Além de realizarem aulas para aprenderem idiomas de outros colegas de trabalho, uma vez que a equipe da Concordia possui membros de diversas nacionalidades.

7 – Água

A água da estação provem da neve. Muito combustível é usado para derretê-la. Após ser usada nas pias e chuveiros, ela é “reciclada” para ser utilizada novamente. Um tipo de produto especial é utilizado ao invés do sabão comum que não é compatível com a máquina que faz a limpeza da água.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

17 atores que voltaram a viver os mesmos personagens depois de muitos anos

Artigo anterior

7 coisas que você não sabia sobre casais que estão sempre brigando

Próximo artigo