7 filmes baseados em Video Games que nos deixaram com esperanças, mas falharam

POR Hanier Maciel    EM Fatos Nerd      13/03/18 às 14h47

Toda adaptação live action é difícil, seja de livros, quadrinhos ou videogame. Pegar uma história que já foi contada para ser reproduzida novamente é extremamente complicado. Os roteiristas e diretores lutam de todas as formas para que uma obra adaptada permaneça fiel e, ao mesmo tempo, seja boa para quem não está familiarizado com a história principal. Isso, entretanto, na maioria das vezes é impossível. Enquanto os livros e quadrinhos até conseguem ganhar adaptações dignas, a mesma coisa não acontece com os games.

Existem histórias no mundo dos games que são dignas de grandes produções cinematográficas - mas, quando adaptadas, se mostram bem problemáticas. São pouquíssimos os filmes que realmente são bons. A Fatos Nerd fez uma lista com algumas adaptações de games que até pareciam promissoras, mas não deram muito certo. Confira:

7 - Silent Hill

A franquia Silent Hill tem uma história muito profunda, que vai muito além do mesmo horror apresentado no game. Apesar de conseguir traduzir de forma eficaz a atmosfera do game, os filmes de Silent Hill deixaram muito a desejar em relação a história. Os jogos conseguem deixar até os gamers mais experientes de cabelo arrepiado, mas os longas simplesmente não foram capazes de transmitir esse sentimento para os cinemas.

6 - Tomb Raider (todos)

Tomb Raider não é lá uma história muito original, mas nem isso contribuiu para que a franquia de games ganhasse uma adaptação digna nos cinemas. Focado mais em ação e numa figura feminina bem forte, nem mesmo Angelina Jolie foi capaz de fazer o filme funcionar. Os dois filmes em que a atriz participou são rasos, com diálogos risíveis e muito mal executados. Sem falar o foco completamente excessivo na sensualidade da personagem. A Lara Croft não é só um rostinho bonito, mas uma mulher de grande força e isso foi deixado para trás nas adaptações.

O novo filme, com Alicia Vikander no papel principal, também não deu certo. Ainda que seja uma adaptação extremamente fiel, o longa simplesmente não funciona e deixa muito a desejar. Não empolgou, e foi a mais recente falha dos games no cinema.

5 - Assassin's Creed

Assassin's Creed é uma das franquias mais famosas entre os gamers de plantão, mas assim como várias outras, a adaptação do jogo decepcionou - e muito. Apesar de ter prometido muito, o resultado foi ruim. Ruim não, péssimo. Os roteiristas hollywoodianos pegaram uma trama complexa e interessante e transformaram num filme raso e bagunçado. A tragédia é ainda maior quando lembramos que os desenvolvedores por trás da série de games tiveram muito controle criativo sob a produção do filme, algo que geralmente é muito difícil em uma adaptação de Hollywood.

4 - Warcraft

World of Warcraft tem uma história muito grande para ser adaptada num mero filme com duas horas de duração. Apesar de ser lindo esteticamente, a reprodução foi falha em muitos aspectos.  Os produtores de Hollywood fizeram um filme que não faz jus a história da franquia, apresentando uma trama confusa para quem não está familiarizado com o magnífico mundo de Azeroth. Ainda assim, eu diria que foi o filme que mais chegou perto de ser realmente bom. Quem sabe um segundo filme consiga chegar lá? Lich King, eu escolho você!

3 - Prince of Persia

Prince of Persia é um game que abrange vários gêneros, desde mistério até drama, e a sua adaptação simplesmente não conseguiu reproduzir isso. O filme tentou dar ao protagonista uma história de fundo desnecessária num cenário que não conseguia capturar nem metade do espírito místico dos videogames. Praticamente nada se salva no longa, que teve más atuações e ambientação mal reproduzida, além de um figurino completamente ridículo. Nem mesmo Jake Gyllenhaal conseguiu salvar alguma parte do filme, que mais parecia um Piratas do Caribe sem água.

2 - Need For Speed

Need for Speed tem uma história simples. Muito simples. É como na essência: um jogo de corrida e ponto. Nesse sentido, a adaptação do game até funciona, já que consegue trazer uma certa diversão. Mas na tentativa de criar outra franquia cinematográfica a lá Velozes e Furiosos, os roteiristas estragaram tudo. Pode até ser um filme divertido, mas só serviu como passatempo, uma vez que não há relevância nenhuma na trama apresentada. O filme acaba e se torna esquecível em questão de horas. Nada foi marcante.

1 - Resident Evil

O primeiro Resident Evil prometia muito. Os trailers apresentavam uma história de horror promissora, usando os conceitos da famosa série de games. Ficou na promessa. O único filme que realmente fez algum resgate a parte da essência dos jogos foi o primeiro, mas isso não é necessariamente bom.

Para começar, a protagonista da franquia de filmes, Alice, nem existe nos jogos. Com tantos bons personagens nos games, por que os roteiristas preferiram inventar uma? Apesar de apresentar alguns personagens adaptados dos jogos, a história em si não é necessariamente uma reprodução. A produtora por trás da franquia pegou alguns conceitos da história original, mas só. Os filmes contém uma ação desenfreada sem nenhuma lógica ou coesão no roteiro.

Gostou da lista? O que achou das adaptações? Comente com a gente!

Via   CBR  
Imagens EB YTB PS GS JM DG BD
Hanier Maciel
Um jornalista pseudo-cinéfilo com mil filmes preferidos, fã incondicional de Friends e quase sempre de mau humor!

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+