Fatos Nerd

7 filmes bons arruinados por um final medíocre

0

É uma sensação incrível ficar vidrado em um filme emocionante, não é verdade? Você já deve ter passado por isso. Mas, nem sempre essa emoção continua até o final dele. Quando chega nas cenas finais de uma história excelente, a expectativa aumenta, e um desfecho ruim pode arruinar completamente a experiência de assistir o longa. Uma reviravolta mal executada ou um final feliz não convincente pode acabar até mesmo com o filme mais genial já criado. É preciso ter cuidado com o fim!

Isso é muito comum nas produções cinematográficas. Não lembra de nenhum exemplo? Selecionamos 7 filmes bons arruinados por um final medíocre. Confira:

1 – Queime Depois de Ler (2008)

Queime Depois de Ler é um bom exemplo de filme que não soube acabar. Certos personagens morrem de forma chocante – e inútil. Isso inclui o personagem de Brad Pitt, que foi o componente mais divertido do filme. A história não alcançou o nível de qualidade dos diretores, com um final que faz com que o filme inteiro seja inconsequente.

2 – A.I. – Inteligência Artificial (2001)

Os filmes de Steven Spielberg costumam nos guiar para uma emoção exata, mas em A.I. – Inteligencia Artificial isso não acontece. Depois de esperar 2000 anos, David é descoberto por androides avançados que lhe oferecem um último dia para experimentar seus sentimentos simulados em relação a um clone de sua mãe adotada. Spilberg parece fazer um alerta sobre o nosso futuro e as máquinas que podem sentir sombras de nossas emoções. Contudo, a ambiguidade criada no final do filme é insatisfatória para um filme de Spilberg.

3 – Guerra dos Mundos (2005)

Não há nada de errado com finais felizes… quando são plausíveis. No evento catastrófico em que milhões de pessoas morreram em Guerra dos Mundos, o tom obscuro do filme de repente se transforma em um final feliz. Todos na cidade de Boston, lugar que foi rotulado como um refúgio seguro, estão completamente ilesos. Considerando o retrato de destruição, esse final é conveniente demais e não se encaixa com o restante desesperador do filme.

4 – Eu Sou a Lenda (2007)

Os fãs do livro Eu Sou a Lenda sabem que o final do filme poderia ser bem melhor. O personagem interpretado por Will Smith, Robert Neville, captura mutantes infectados e realiza experimentos para tentar encontrar uma cura. No final original, é revelado que os mutantes atacam Neville porque eles querem resgatar um dos mutantes capturados pelo personagem, e não porque eles eram canibais. Isso acrescenta uma ambiguidade moral ao filme. Contudo, no final para os cinemas, Neville decide se sacrificar para matar os mutantes insensíveis e desinteressantes. Qual foi o ponto disso?


5 – Truque de Mestre (2013)

Tudo bem, era de se esperar uma reviravolta em um filme sobre mágicos. Mas em Truque de Mestre, o final não fez muito sentido. O personagem de Mark Ruffalo era um agente do FBI que estava perseguindo esse grupo de mágicos. Acontece que o personagem era, na verdade, o líder deste grupo. Como a FBI não conseguiu reconhecer a sua conexão com os mágicos? Além disso, em vários momentos o personagem de Ruffalo estava em perigo. Ele pode ser bastante inteligente, mas existe um limite para acreditar na descrença do público.

6 – A Entidade (2012)

Com a excelente presença de Ethan Hawke e uma atmosfera assustadora, A Entidade foi um filme de terror com a narrativa convincente. É uma pena que o final não foi lá essas coisas. A filha de sete anos do personagem de Hawke consegue matar a família com facilidade, sem ajuda externa. O pior de tudo é que isso faz com que o personagem demoníaco de Buhguul seja um testemunho passivo, e não um demônio violento.

7 – Homem de Ferro 3 (2013)

Alguns problemas de execução arruinaram a terceira sequência de Homem de Ferro. Simplificando, o vilão Mandarim (Ben Kingsley) não funcionou. Fez sentido a partir de uma perspectiva da história, mas o personagem não funcionou depois da reviravolta. O público já conhecia esse vilão, se a reviravolta fosse mostrada diretamente, talvez teria funcionado. Para piorar, o verdadeiro Mandarim é um personagem que não recebeu nenhum desenvolvimento e não possuía qualidades notáveis. Eles transformaram um vilão mega interessante em uma piada.

Qual desses filmes teve o final mais decepcionante para você? Deixe nos comentários e compartilhe a matéria.

7 poderes que você não fazia ideia que o Freeza tem

Matéria anterior

Como funciona a “linha direta” que liga a Coreia do Norte e a Coreia do Sul?

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos