• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 grandes catástrofes causadas por alimentos

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      22/04/19 às 16h45

Quando o noticiário anuncia sobre grandes catástrofes no mundo, comida é, com certeza, a última coisa em que pensamos. Afinal de contas, não é muito comum ver alguma inundação de chocolate por aí, não é mesmo? Estamos familiarizados com desastres naturais como incêndios, terremotos, chuvas, ciclones, tsunamis e coisas do gênero. Tragédias como desmoronamento de prédios ou morros e quedas de aviões. Ou a triste realidade da seca, fome e guerras. Mas raramente nos deparamos com alguma catástrofe causada por alimentos.

No entanto, desastres industriais também são frequentes ao longo da história. E a produção de alimentos, por vezes, também pode ser um negócio perigoso. Vários dos nossos alimentos favoritos são capazes de causar grandes estragos em condições adversas. Confira algumas catástrofes causadas por alguns alimentos aparentemente inocentes.

1 - Inundação de cerveja em Londres

A ideia de um tsunami de cerveja pode ser um tanto quanto tentadora para um verdadeiro apreciador de cerveja, mas na prática, isso não soa nem um pouco interessante. Em 1814, um dos distritos mais pobres de Londres foi inundado por um rio de cerveja. A situação foi causada por um barril de cerveja da cervejaria Meux and Co. que explodiu dentro da fábrica. Com a explosão, vários outros barris de cerveja se romperam e mais de 1,47 milhão de litros de cerveja foram derramados.

O tsunami de cerveja danificou várias casas da região, um garçom morreu afogado e mais sete pessoas morreram na onda de cerveja que inundou todo o bairro. O relatório do legista classificou o acidente como um desastre natural. Talvez um dos mais bizarros da história.

2 - Inundação de melaço em Boston

Em 1919, um acidente na fábrica da Purity Distilling Company, em Boston resultou em um desastre incomum. Um tanque de 8,7 milhões de litros de melaço explodiu devido às altas temperaturas. O líquido açucarado foi derramado e se espalhou por todo o bairro. Os prédios vizinhos foram inundados, 21 pessoas morreram com a inundação e mais de 150 outras ficaram feridas. Segundo relatos, o cheiro adocicado do melaço permeou toda a região por vários meses após a explosão.

3 - Inundação de suco de frutas

Esse acidente é mais recente e aconteceu em 2017, na cidade de Lebedyan, na Rússia. O telhado de uma fábrica de bebidas acabou desmoronando e os estoques de sucos de frutas embalados no depósito foram danificados. Enquanto as equipes de resgate trabalhavam para conter a situação, várias toneladas de suco armazenado no armazém vazaram, inundando a cidade. O líquido pegajoso escorreu por toda cidade e chegou até o rio Don. Felizmente, ninguém morreu no acidente.

4 - Incêndio na fábrica de bebidas destiladas

Um dos piores incêndios da história da Escócia aconteceu em uma destilaria. Em 1960, uma destilaria de Glasgow teve os seus depósitos de bebidas alcoólicas explodindo como bombas. Com o fogo movido a álcool, era possível ver chamas azuis de todos os lugares da cidade.

O armazém da Arbuckles, Smith e Co. Limited tinha mais de 3,8 milhões de litros de uísque e mais de 117 mil litros de rum. Quando o incêndio começou, o álcool altamente inflamável explodiu. Mais de 400 bombeiros foram chamados para o local. Enquanto tentavam conter o incêndio que durou uma semana, 19 homens morreram enquanto tentavam controlar o fogo.

5 - Explosão de farinha

Em 1878, uma explosão em uma fábrica de farinha abalou a cidade de Minneapolis, nos Estados Unidos. O fogo começou no porão do moinho de farinha da Washbur, e rapidamente se espalhou pelo prédio de sete andares. Em pouco tempo, o grande edifício de pedra desmoronou completamente.

Com o desmoronamento do prédio, 18 funcionários da fábrica morreram. Os destroços destruíram ainda moinhos vizinhos e mataram mais 4 pessoas que estavam ao redor do edifício no momento. Um relatório do legista concluiu que o pó de farinha, altamente combustível, alimentou as explosões.

6 - Derrame de melaço no Havaí

Em 2013, ocorreu um vazamento de um oleoduto que transportava melaço para navios de carga no porto de Honolulu, no Havaí. Felizmente, ninguém morreu, no entanto, o vazamento causou um problema ambiental.

Foram mais de 871 mil litros de melaço derramados no mar, causando uma questão ambiental semelhante a um vazamento de petróleo. Milhares de espécies marinhas foram prejudicadas pelo líquido pegajoso. Mas diferentemente do petróleo, o açúcar é solúvel em água, e o melaço acabou se dissipando rapidamente.

7 - Inundação de chocolate

Ruas feitas de chocolate parecem algo que só se vê em filmes, mas em 2018, a cidade alemã de Westonnen, teve uma ideia de como seria isso na realidade. Quando um barril de chocolate líquido transbordou na fábrica da Drei-Meister, um rio de chocolate desceu pelas ruas da cidade. Com as baixas temperaturas do inverno, rapidamente o chocolate se solidificou pelas ruas. As ruas da cidade foram fechadas por horas para que as equipes de limpeza conseguissem retirar todo o chocolate com a ajuda de pás.

E você, o que achou dessas catástrofes? Qual foi a mais peculiar na sua opinião? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.




Matérias selecionadas especialmente para você

Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+