• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 histórias assustadoras de pessoas executadas por bruxaria

POR Isabela Ferreira    EM Terror & Sobrenatural      06/03/18 às 15h34

A bruxaria pode ser caracterizada como o uso de habilidades sobrenaturais para a prática de atividades desconhecidas, bem como a magia negra. Também podendo ser considerada como sinônimo de feitiçaria, ao longo da história inúmeras pessoas foram julgadas e condenadas por bruxaria, principalmente as mulheres. Tal prática sempre foi visto como algo maligno e completamente perigoso.

No entanto, existiam algumas formas bem peculiares para que você fosse considerada uma bruxa. Ou realmente se envolvia com algo sobrenatural, ou era usada como bode expiatório para justificar crimes que terceiros cometeram, ou ainda era alvo da desconfiança absurda de pessoas que viviam por perto. Na maior parte das vezes, aquelas que foram julgadas, acabaram condenadas à morte na fogueira. Pensando nisso, nós aqui da Fatos separamos abaixo 7 histórias assustadoras de pessoas executadas por bruxaria. Confere aí!

1 - Ursula Kemp

Kemp era uma parteira de aldeia, que costumava realizar o parto de todas as mulheres que viviam na região. No entanto, uma delas decidiu realizar o procedimento com uma parteira da aldeia vizinha, fato que teria deixado Kemp furiosa. Dessa forma, decidiu ir à público e amaldiçoar aquela mãe e seu bebê.

Não demorou muito até que uma tragédia acontecesse... Poucos dias após o nascimento, o bebê morreu após cair de seu berço. A mulher já havia sido acusada de manter animais e até mesmo familiares presos, sendo alimentados apenas com bolo, cerveja e seu próprio sangue. No dia 28 de março de 1582, ela e outras 13 mulheres acusadas de bruxaria, acabaram sendo julgadas por seus crimes.

2 - Hypatia

Nascida no século 4, era filha de um diretor de biblioteca em Alexandria. Isso fez com que a jovem sempre tivesse muito contato com a astronomia, matemática e filosofia... Tinha um conhecimento de realmente dar inveja e era bastante conhecida na cidade. Naquela época o cristianismo dava seus primeiros passos, mas já mostrava todo o poder que tinha. Por outro lado, um homem chamado Cyril, patriarca de alto escalão da Igreja, discutia com o prefeito Orestes, a influência que a igreja deveria exercer sobre o poder do estado.

Por volta do ano de 414, o conflito entre ambas partes teve seu estopim e todas as chances de resolver a questão de forma pacífica foram aniquiladas. Foi então que os seguidores do cristianismo passaram a acreditar que Hypatia tinha alguma coisa a ver com isso, e que usava de feitiçaria para controlar Orestes a fazer o que ela quisesse. Foi considerada perigosa.

Muitos moradores decidiram então arrancá-la de sua carruagem, enquanto estivesse indo à biblioteca e assim fizeram. A apedrejaram e em seguida, queimaram o que havia restado de seu corpo.

3 - Doughty

No ano de 1577, Drake, Doughty e outros marinheiros, deixaram a cidade de Plymouth e resolveram se dirigir para o sul. Ao longo do caminho, conseguiram capturar navios espanhóis e portugueses. Drake era o capitão, mas fez questão de deixar um dos navios sob o comando de Doughty. O restante da viagem foi marcado por muitas tempestades e euforia dos marinheiros.

Drake então decidiu armar uma série de situações para que Doughty pudesse se mostrar fiel a ele, no entanto, foi frustrado já que nada disso funcionou. As tempestades aconteciam de forma cada vez mais intensa e Drake estava completamente insatisfeito. Decidiu então colocar a culpa das tempestades no colega, o acusando de bruxaria. Segundo ele, se estavam enfrentando tempos ruins e de grande medo, era tudo culpa de Doughty e de sua magia negra.

Ele foi preso e sobrou até mesmo para seu irmão, John. O capitão conseguiu convencer os outros marinheiros de que o homem possuía pactos com o demônio. Quando foi lhe concedido um último pedido, ele apenas solicitou que aqueles que fossem considerados suspeitos de manter aliança com ele, fossem poupados. Drake concordou, o que acabou salvando John. Em seguida, Doughty foi decapitado.

4 - As bruxas de Belvoir

O ano era 1619, e o conde de Rutland havia acabado de perder seus dois filhos. Supostamente, haviam sido mortos por algo desconhecido e a culpa acabou caindo sobre duas meninas que trabalhavam na casa. Também eram acusadas de roubos e acabaram sendo demitidas sob as suspeitas de bruxaria.

Mais tarde, o conde conseguiu convencer a população e as autoridades de que as meninas eram mesmo culpadas. Ficaram conhecidas como Bruxas de Belvoir. Foram condenadas à forca e aquilo foi algo realmente chocante... Enquanto caminhavam para a morte, o conde lhes pediu para fazer uma última oração ao Senhor. Como elas tropeçavam nas palavras, provavelmente por medo, as pessoas acreditavam ainda mais de que aquilo era um sinal de que tinham algum tipo de pacto com o diabo.

Foram estranguladas lentamente e enterradas e locais não identificados. Em contrapartida, estudos sobre o caso aconteceram muitos anos depois e indicaram algo assustador. Um duque tinha interesse em se casar com uma das herdeiras do conde de Rutland, o que lhe renderia muito mais dinheiro. No entanto, como ele só tinha filhos homens, o contrato não foi feito. Dessa forma, o mais provável é que pela ira, o próprio pai tenha matado os filhos e para escapar, acusou as meninas. Que horror!

5 - Ruth Osborne

Em 1751, um fazendeiro chamado John Butterfield, da cidade de Hertfordshire, acreditava cegamente que seus vizinhos eram bruxos... O casal de idosos Osborne. Depois que seu gado começou a morrer, ele buscava entender os motivos que levavam aquilo a acontecer. Então, começou a acusá-los e fez com que toda a vizinhança acreditasse na bruxaria do casal.

As autoridades locais ainda tentaram colocar o casal sob custódia protetora, mas não funcionou. Milhares de pessoas queriam a morte de ambos. Em certo dia, uma multidão liderada pelo bêbado Thomas Colley, influenciado por Butterfield, foi até a casa dos idosos e os arrastaram de lá.

Ruth Osborne, foi submetida ao teste da água e acabou falecendo dentro de pouco tempo. Não houve qualquer tipo de julgamento legal. John Osborne conseguiu sair vivo e por sorte, as autoridades chegaram ao local do crime e prenderam Colley, que foi condenado à forca pelo assassinato. o intrigante é que as pessoas não achavam aquilo justo, afinal, o homem teria livrado a cidade dos comandos da bruxaria...

6 - Christence Kruckow

Christence Kruckow viveu na década de 1580 e era uma nobre jovem da Dinamarca. No entanto, foi acusada de bruxaria diversas vezes. A primeira delas aconteceu após um casamento real, onde 15 crianças da família morreram misteriosamente. Criados da casa foram acusados pelos crimes, mas um deles confessou que apenas estava seguindo as ordens de Christence, que tinha planos diabólicos e usava feitiçaria.

Ela foi condenada, mas acabou sendo salva por possuir o título de cristã. Em outras duas vezes, também foi acusada de bruxaria por utilizar bonecos de cera para fazer feitiços. No entanto, a nobreza e o fato de ser cristã, mais uma vez, a salvaram. Já no ano de 1618, ela finalmente foi condenada, mas por ser da nobreza, foi decapitada para que seu corpo pudesse ganhar um funeral, ao invés de ser queimada na fogueira.

7 - Giovanna Bonanno

Bonanno era uma velha que vivia pelas ruas, no ano de 1788. Já era conhecida como bruxa por praticamente todos os habitantes locais, visto que ela vivia fazendo suas poções. Muita gente a procurava quando pretendia se livrar de alguém. Cada poção que ela fazia servia para algo diferente e a mais recente delas, supostamente, nem indicaria que a vítima havia sido vítima de envenenamento.

Quando finalmente foi julgada, os documentos judiciais renderam nada menos que 1500 páginas. No entanto, o caso foi enquadrado como feitiçaria vs. assassinato comum,visto que envenenamento não é exatamente bruxaria. Bonanno acabou sendo considerada culpada e submetida a sessões de tortura, sendo executada no dia 30 de junho de 1789.

E então pessoal, o que acharam? Conhecem outros casos famosos de bruxaria? Compartilhem com a gente aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Via   Listverse  
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+