Curiosidades

7 lanches mais estranhos do mundo

0

Nada tão saboroso e divertido como a hora do lanche. Em primeiro lugar, os lanches têm lugar cativo na nossa memória afetiva. Alguns alimentos que consumimos nos levam direto a uma viagem no tempo, que na maioria das vezes, nos deixa na infância. São aquelas bolachas que nós esperamos o dia inteiro para comer ou o salgadinho que compramos para dividir com os amigos no parquinho. Em segundo lugar, os sabores, que na maioria das vezes é cheio de gordura trans, mas que nos dá um prazer imensurável. São as barras de chocolate que nos deixa acelerado ou aquele pão de queijo quentinho com café ou guaraná.

Mas e se eu te disser que todos esses sabores maravilhosos não fazem parte dos lanches favoritos em todos os cantos do mundo? É óbvio que você já sabe disso, aliás, cada lugar tem seus pratos e especiarias diferentes. Mas com certeza o que você não sabe é que esses lanches podem ser mais excêntricos do que você pode imaginar. Se você acha que geleia de Pequi (maravilhosa) pode ser bem excêntrica para você, é porque você não conheceu certos produtos que, só de ver a foto, pode te deixar com o estômago um pouco embrulhado. Por isso, listamos os 7 lanches mais estranhos do mundo.

1 – Hákarl, tubarão fermentado

Existe uma variedade de comidas fermentadas que fazem sucesso na América. Se nos Estados Unidos o picles em conserva tem um número grande de apreciadores, no Brasil o queridinho nesse quesito é o palmito. Porém, cada lugar possui suas excentricidades, e os islandeses preferem algo mais forte. O Hákarl é popular na Islândia, e nada mais é do que tubarão que passou pelo processo de fermentação. Sua carcaça é pendurada e deixada para secar por 3 ou 4 meses. Na maioria das vezes, ele é servido em cubos no palito, mas existem várias formas de se saborear essa especiaria.

2 – Ovo de pato fertilizado

Balut é o ovo de pato já fertilizado, com o feto parcialmente formado em seu interior. Esse lanche exótico é principalmente encontrado nas Filipinas, porém, ele também é popular em vários países asiáticos. Temperado com sal a gosto e outros temperos que dependem da preferência de quem saboreia, ele é comido natural, apenas passado no vapor ou água fervente. Costuma-se comer o Balut quebrando a casca e bebendo o líquido.

3 – Caranguejos industrializados

Você já comeu caranguejo? Eles são comuns em áreas litorâneas, mas se você não mora perto da praias, talvez você nunca nem tenha provado esse animal. Porém, como na maioria das vezes, comemos a carne dele em pratos salgados. Mas no Japão todas as regras ocidentais podem ser subvertidas e o caranguejo não precisa ser necessariamente salgado. Revestidos de doce e açucarados, o Kanikko é um petisco japonês de caranguejo industrializado e bem doce.

4 – Peixe selvagem seco

Esse lanche é destinado ao seu público-alvo: as crianças. O peixe selvagem fresco é feito na China para ser comercializado no Rússia. Num primeiro momento ele pode parecer repulsivo, mas precisamos admitir que em um segundo momento, também. A lista de ingredientes que formam esse lanche excêntrico não passa de peixe selvagem (como já indica o nome) e sal.

5 – Black Garlic Chocolate

Você curte um docinho? O que você acha de um bom chocolatinho? Por mais que você seja um chocólatro assumido, eu duvido muito que você iria se render ao sabor nada comum do Black Garlic Chocolate. Feitos no Japão, esses “bombons são alhos pretos fermentados cobertos com uma camada de chocolate. Um sabor verdadeiramente agridoce. Dizem que pode aumentar a energia e acelerar o metabolismo quando consumido regularmente durante alguns meses.

6 – Casu Marzu

Todo mundo (ou quase isso) gosta de queijo. Porém existe um que é especial e pode desagradar os estômagos mais sensíveis. No processo de envelhecimento do Rotten Cheese, uma mosca chamada Piophila deposita seus ovos no queijo. Quando as larvas nascem, elas se movem pelo queijo excretando enzimas que lhe dão um cheiro picante, um sabor podre e uma textura macia e cremosa. Ele é servido em festas grandes e é muito comum na Itália.

7 – Escamoles

Para fechar essa lista com chave de ouro, você precisa conhecer o Escamoles. O prato típico do México é feito a partir dos ovos de formiga preta, coletadas diretamente das colônias. As larvas devems ser pegas antes de se transformarem em formigas de fato. Seu sabor é descrito como muito próximo ao do milho e costumam ser servidas em tacos. Vai uma larvinha de formiga aí?

O que você achou desses lanches saborosos? Comeria sem problema ou tem nojinho? Conhece outros tão ou mais exóticos do que esses? Então comenta com a gente e compartilha nas suas redes sociais. E para você que adora comer coisas novas, aquele abraço e bon appetit.

8 coisas que você não sabia sobre a Apollo 11

Matéria anterior

7 coisas que você é obrigado a saber antes de fazer uma refeição em outro país

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Continue in browser
To install tap Add to Home Screen
Add to Home Screen
Fatos Desconhecidos
Adicione o atalho da Fatos Desconhecidos na sua home
Install