Entretenimento

7 maiores contratos de gravação de todos os tempos

0

A música domina o mundo e a cabeça das pessoas desde sempre. A sua relevância é tanta que é impossível imaginar um filme, uma premiação, uma novela ou série sem trilha sonora. Diversos artistas trabalham arduamente para conseguir emplacar os seus hits nas paradas. E a relevância da música não fica apenas no universo fictício, mas também tem uma importância na vida real.

Os cantores são icônicos e imortais para seus fãs. E em alguns casos, eles realmente fazem história e não apenas por conta do seu trabalho. Por exemplo, Michael Jackson fez história quando assinou um contrato de gravação por 65 milhões de dólares com a Sony, em 1991. Na época, isso nunca tinha sido visto antes.

Atualmente, esse valor não é nada se comparado com as enormes quantias que alguns dos maiores artistas podem ganhar. Valores chegando até nove dígitos. Mostramos aqui quais foram os maiores contratos de gravação.

1 – Michael Jackson

Depois da morte do Rei do Pop, em 2009, os responsáveis por seu patrimônio assinaram um acordo com a Sony Music, por 250 milhões de dólares, em 2010. O contrato pareceu muito lucrativo, no entanto, ele diz que a Sony recebeu os direitos de todo o catálogo de Michael. Incluindo suas reedições e qualquer novo lançamento póstumo.

2 – U2

A banda se autoproclama como “a maior banda do mundo” e teve um grande sucesso com seus álbuns “The Joshua Tree” e “Achtung Baby”. Em 1993, a Polydor, que é dona da gravadora Island Records onde a banda gravou seus maiores sucessos, supostamente ofereceu para eles 200 milhões de dólares para ficarem com a gravadora por mais seis discos.

3 – Bruce Springsteen

O contrato de 150 milhões de dólares que a Columbia Records ofereceu em 2005 para Springsteen, depois dele ter quase três décadas de sucesso, foi bem arriscado. Até porque não tinha como saber se o cantor continuaria sua sequência de sucessos. Felizmente, a fama do chamado “The Boss” parece estar longe de desaparecer. Até porque, os oito álbuns seguintes que ele lançou conseguiram alcançar o top três nas paradas dos EUA.

4 – Jay Z

Em 2008, a Live Nation conseguiu o maior nome do rap da época por cerca de 150 milhões de dólares. Com esse valor a gravadora tinha direito a mais do que apenas as músicas de Jay. Ela recebeu também uma participação nos seus investimentos e aquisições, ireitos de publicação e dinheiro de suas turnês durante toda uma década.

5 – Adele

Em 2016, a cantora assinou um contrato de 130 milhões de dólares com a Sony Music. Nessa época, Adele recebeu o maior contrato de gravação que já tinha sido assinado por uma artista feminina, e por uma artista britânica.

O contrato veio depois do lançamento do álbum “25”, que quebrou recordes de vendas na primeira semana tanto no Reino Unido como nos EUA. Infelizmente, Adele não lançou nenhum álbum depois.

6 – Robbie Williams

O segundo maior contrato de gravação para um artista britânico foi dado a Robbie Williams, em 2002. Na época, o contrato de 125 milhões de dólares foi o maior de todos os tempos no Reino Unido.

No começo dos anos 1990, Robbie era um dos maiores galãs do mundo. E felizmente, para a EMI Records, o contrato foi assinado a tempo do cantor lançar seu hit “Feel”.

7 – Madonna

Em 2012, o contrato da Rainha do Pop com sua gravadora estava prestes a ser renovado. Mas duas grandes gravadoras, a Live Nation e a Warner Brothers Music, brigaram para tentar conquistar Madonna.

No fim, a Live Nation levou a melhor e selou um acordo por 120 milhões de dólares com Madonna.

Conheça o chinês que ganha a vida separando homens casados de suas amantes

Matéria anterior

Conheça a impressionante praia de diamantes que fica na Islândia

Próxima matéria

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.