• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 maneiras que humanos estão influenciando a evolução em outras espécies

POR Toni Nascimento    EM Curiosidades      10/04/19 às 16h19

O evolucionismo mostra que todo ser vivo encontra formas de evolução para sobreviver. Essa evolução vai sendo passada pelos genes, de geração em geração. Diversas circunstâncias definem como essa evolução acontecerá, como uma adaptação necessária. Mas, ao longo da história do mundo, nós podemos notar um elemento muito interessante: nada força mais a evolução de diversas espécies animais do planeta Terra do que a destruição causada pelo ser humano. Ao longo de milhares de anos, nós estamos destruindo tudo a nossa volta.

Por isso mesmo, às vezes os animais precisam mudar completamente as suas estratégias perante o ser humano. Alguns animais resolveram deixar para trás o que nós acreditamos serem as leis naturais de seus semelhantes, e lidar com o mundo de um jeito novo. Os animais estão causando a própria evolução, da forma que estão encontrando para lidar com os problemas. Por isso, a Fatos Desconhecidos selecionou 7 maneiras que humanos estão influenciando a evolução em outras espécies.

1 - Vínculo familiar dos ursos

A caça a ursos é algo completamente ilegal, porém, existe uma tradição na Suécia que libera a mesma. Existe apenas uma regra para os caçadores na região: nunca mate um urso adulto que está cuidando de filhotes. A regra que existe há anos acabou forçando uma evolução pontual nos ursos locais. Os ursos adultos estão criando os filhotes por muito mais tempo do que o normal. Se os grupos de família de ursos vivem mais, então que junto eles fiquem para sobreviver.

2 - Anatomia dos lagartos

O lagarto Anolis costuma evoluir com muita facilidade perante as dificuldades, e por isso, também estão conseguindo aumentar seus pés para se fixarem melhor no concreto mais pesado que os seres humanos andam fazendo.

3 -  Asas mais curtas

A cada ano, cerca de 80 mil andorinhas morrem pelo mundo atropeladas ou de alguma forma em meio ao trânsito humano. Essa urbanização humana repentina está levando a uma evolução rápida dessa espécie de passarinho: elas estão nascendo cada vez mais com as asas curtas. Ter asas mais curtas significa que é mais fácil para os pássaros decolarem mais rápido e verticalmente

4 - Aranhas rumo à luz

As aranhas, teoricamente, gostam de cantos e locais escuros, certo? Na origem sim, porém, elas vêm mudando. Quanto mais o tempo passa, mais elas são atraídas para as luzes fluorecentes. Por quê? Simples, a evolução é uma consequência da alimentação das aranhas. Se elas seguem a luz, é porque suas presas também seguem. Assim elas conseguem se alimentar muito mais.

5 - Mariposas rumo à escuridão

Atualmente, as mariposas ficam se rebatendo na luz, e isso realmente não parece nada inteligente. Mas elas estão evoluindo aos poucos, e estão deixando esse amor doentio pela luz para trás, finalmente. Elas estão, em alguns lugares do mundo, ficando bem longe da luz, isso porque lá elas são um alvo muito fácil para seus predadores, como as aranhas.

6 - Elefantes sem presas

Todos sabemos que os caçadores matam uma grande quantidade elefantes todos os anos, tudo por causa de suas presas que valem uma nota no mercado negro. Acontece que, aos poucos, os elefantes estão evoluindo e nascendo cada vez com presas menores, em alguns casos, até sem elas.

7 - Vida nortuna

Nos últimos anos, podemos presenciar um padrão no mundo animal: eles estão se tornando cada vez mais noturnos. Isso porque eles estão tentando fugir cada vez mais dos seres humanos, e aos poucos, estão se sentindo mais seguros para andar e viver suas vidas pelas noites.

E aí, o que você achou dessas evoluções forçadas? Comenta aqui com a gente e compartilha nas suas redes sociais.

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Via   Cracked  
Imagens Sputnik
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+