7 partes do seu corpo que você não deveria limpar com tanta frequência

POR Natália Pereira    EM Curiosidades      05/06/18 às 18h39

Você sabia que nem todos os povos tem o costume de tomar banho todos os dias? Para falar a verdade, é provável que já tenha ouvido isso em algum momento. Mas, de alguma forma, a nossa obsessão por esse ato acaba fazendo com que tenhamos dificuldade em entender como outras pessoas podem não ter esse costume. E, acredite, há quem diga que os brasileiros são os que mais tomam banho em todo o mundo.

E, sem dúvida, não nos arriscamos a discordar disso. Afinal, muitos brasileiros tem o costume de se banhar mais de uma vez por dia. Fazendo com que a estimativa diária seja de 3 vezes por pessoa. E, enquanto isso, lugares como o Reino Unido e a Turquia tem apenas metade da sua população adepta ao banho diário. Sendo que cerca de 40% dos chineses tomam banho apenas uma vez por semana, o que parece chocante para nós.

Esses dados são referentes a pesquisas de 2015 mas, ainda assim, conseguem nos mostram um pouco de como cada povo trata dos seus cuidados pessoais. Mas, ainda assim, será que o fato de tomar banho várias vezes está realmente relacionado a sua higiene? Para falar a verdade, estudos mostram que nem todas as partes do seu corpo devem ser lavadas com tanta frequência e essas são algumas delas!

1 - Ouvido

Como a maioria já deve ter escutado em algum momento por aí, limpar o ouvido com frequência não é recomendado. Durante uma época, os cotonetes acabaram sendo realmente repreendidos e a restrição destes deve ser mantida. E os motivos para isso são muitos. Apesar da maioria limpar os ouvidos com frequência por uma questão de estética, a pele do canal auditivo é muito sensível e esfregar a região pode causar irritação, inchaço e até lesões. Além disso, a cera de ouvido serve como uma forma de proteção do mesmo, protegendo você de infecções no local. E, por isso, essa limpeza não deve ser feita cotidianamente.

2 - Olhos

Muitas pessoas tem o costume de lavar os olhos assim que acordam mas essa atitude pode não ser assim tão recomendada. Isso porque, os olhos possuem glândulas lacrimais responsáveis por produzir lágrimas que lubrificam os olhos e o protegem de detritos externos. O que significa que, naturalmente, eles já se limpam. E, por isso, você não precisa estar fazendo isso constantemente.

3 - Nariz

Você, assim como a maioria das pessoas, provavelmente limpa a região do nariz com os próprios dedos. Mas, acredite, fazer isso pode trazer diversas consequências. Tais como feridas, hemorragias nasais, inchaço e irritação, tudo isso sem falar das bactérias que você pode estar introduzindo na região. E, para que isso não aconteça, é melhor não fazer essa limpeza com tanta frequência, apenas quando sentir que ela é realmente necessária devido o congestionamento nasal. Além disso, quando for preciso fazer essa limpeza, opte por lavagens que utilizem sprays nasais, isso pode ajudar.

4 - Cabelos

Algumas pessoas costumam lavar os cabelos diariamente e isso não é recomendado. Por mais que você acredite estar sendo higiênico ao fazer isso, esse ato trás consequências, principalmente para aqueles com o couro cabeludo seco. Isso porque, lavar o seu cabelo de mais pode causar dermatite, assim como outros problemas na região. E, o fato dos produtos de cabelo conterem componentes químicos faz com que isso seja ainda mais negativo. Por isso, tente pelo menos variar os dias em que os lava. Além disso, aqueles com a região seca devem fazer isso apenas 1 ou 2 vezes por semana.

5 - Braços e pernas

Durante o banho, as pessoas tem o costume de esfregar todas as partes do corpo com a mesma intensidade e isso não é bem necessário. O motivo para isso é que, diferente de algumas outras partes, os braços e as pernas não produzem tanto óleo e, por isso, não precisam ser lavados e esfregados todas as vezes em que banha, da forma como faz com as outras partes. Caso isso seja feito, a região pode acabar ficando muito ressecada.

6 - Pele do rosto

Algumas pessoas, principalmente as mulheres, costumam lavar o rosto todos os dias, até mesmo mais de uma vez. E, em alguns desses momentos, elas acabam usando produtos, como esfoliantes, para isso. O que acaba não sendo recomendado quando feito com frequência. Isso porque a pele possuí óleos naturais e essas limpezas acabam eliminando-os. Por isso, se a sua intenção é apenas tirar as células mortas da pele, é melhor fazer essa limpeza no máximo 2 vezes por semana.

7 - Região íntima feminina

Existem muitos produtos destinados a limpar a região íntima da mulher mas, para falar a verdade, eles podem não ser assim tão indicados. Com o tempo, muitas pessoas acabaram criando uma ideia errada da região, pressupondo que as suas condições a fizessem precisar de lavagens constantes, mas a realidade está bem distante disso. Utilizar produtos de limpeza íntima ou sabonetes perfumados não é uma boa opção.

E, acredite ou não, sua lavagem excessiva também não. Isso porque, ao fazer isso, você pode acabar desequilibrando as bactérias boas e ruins que existem por lá. Além disso, ela é responsável por um processo autolimpante. Feito por meio de fluidos e descargas naturais, que permitem a lubrificação, limpeza e proteção da área.

E aí, o que acharam? Concordam com a afirmação de que essas áreas não precisam ser lavadas com tanta frequência como de costume? Digam aí em baixo se também fazem isso com frequência ou se já sabiam que fazer isso não era tão bom assim.

Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+