• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 prisões secretas que o governo não quer que você conheça

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      25/09/18 às 18h12

Enquanto levamos uma vida normal, ou pelo menos tentamos isso, o governo de alguns países e as agências de inteligência agem em segredo por algum motivo. Eles realizam buscas, mandatos de busca e, é claro, operam em prisões extremamente secretas. No entanto, não conseguimos encontrar muitas coisas sobre essas prisões. Parecem não existir oficialmente, significando então que estão extremamente protegidas dos curiosos, das agências de Direitos Humanos e dos tribunais. Diversos fatores fazem com que os lugares tenham que ser secretos. Em alguns desses lugares, tortura costuma ser uma coisa rotineira e os detidos são mantidos em péssimas condições de vida. Em outras circunstâncias, as pessoas condenadas levam a vida normal, não tentam fugir do local pelo simples medo de enfrentar o governo em busca do seu direito de ir e vir, que é até desconhecido por parte deles.

Os governos mundiais não querem que você saiba sobre essas prisões secretas. Felizmente alguns dos lugares já foram fechados, mas outros seguem em atividade. Pensando um pouco sobre o assunto, resolvemos trazer essa lista. A redação da Fatos Desconhecidos buscou e listou algumas prisões secretas que as autoridades não querem que você saiba que existem. Se souber de alguma que não listamos, manda pra gente aí embaixo. Aproveite para compartilhar com seus amigos e, sem mais delongas, confira conosco a seguir e surpreenda-se.

1 - O Resort, Coréia do Norte

Nesse lugar, os detentos não são terroristas, mas parentes de funcionários da oligarquia norte coreana. O Resort fica próximo à cidade de Hyanghari, a 50 quilômetros da fronteira com a China. Acredita-se que tenha pelo menos 1.000 pessoas no Resort. O local se parece mais com uma pequena cidade do que uma prisão de fato, e os prisioneiros não tentam escapar. Primeiro que no país as condições de vida como um todo são ruins e nessa prisão nem tanto. Outro motivo é a vigia em tempo integral.

2 - Temara Interrogation Center, Marrocos

O centro de interrogações do país era uma prisão secreta que agia em conjunto com a CIA. Localizada em Temara, o centro foi originalmente aberto após os ataques de 11 de setembro. No entanto, a CIA rapidamente o transformou em prisão. Zakaria Moumni, uma cidadã marroquina ficou no lugar por quatro dias por questões políticas. Segundo ela, no local aconteciam torturas constantemente para punir e extrair informações dos prisioneiros.

3 - Black Jails, China

Conhecidas como prisões negras, esses lugares são secretos e operados por várias províncias chinesas e governos locais. Governos do país contrataram mais de 10 mil pessoas para caçar, sequestrar, deter e torturar cidadãos que viajam para Pequim buscando denunciar esse tipo de prisão. Essas prisões ficam em casas desocupadas, enfermarias e pensões. Estima-se que pelo menos 73 prisões negras eram operadas em 2009 no país. O governo negou a existência delas, mas depois confessou que existiam de fato.

4 - Prisões homossexuais, Chechênia

A Chechênia é uma região autônoma localizada na Rússia. A maioria dos seus habitantes é muçulmana. O local tem seu próprio chefe de Estado, Ramzan Kadyrov. No entanto, ele foi acusado de administrar prisões onde torturavam homens gays até a morte. Isso se dá porque o país não tolera homossexuais de forma alguma. Alguns jornalistas relataram a existência dessas prisões secretas e logo foram assassinados. O Novaya Gazeta, primeiro jornal a relatar os sequestros, teve seis de seus profissionais assassinados.

5 - Camp Lemonnier, Djibouti

Djibouti é um pequeno país localizado na África. Os Estados Unidos estabeleceram uma base militar no seu solo e de lá lançam ataques de drones em países vizinhos, como Somália e Iemên. Há informações de que a CIA opera em uma prisão secreta nessa base. Dizem ainda que o local mantém presas pessoas inocentes. Mohammed Abdullah Saleh Asad foi um dos possíveis presos no local e ele afirma ter sido torturado enquanto esteve lá.

6 - Olho de gato, Tailândia

Essa é uma prisão secreta da CIA na Tailândia. Estima-se que ela ainda esteja funcionando, visto que ninguém sabe exatamente sua localização. A CIA e o governo tailandês negam sua existência. A prisão foi exposta em um relatório do Senado dos Estados Unidos em 2014. Estima-se que ela tenha sido criada em 2002 para manter Abu Zubaydah, um combatente suspeito de ser capanga de Bin Laden. Abu foi brutalmente torturado no local e foi, por muito tempo, o único prisioneiro do local. Ele ficava preso em uma caixa que não era muito maior do que um caixão, pois era essa a forma de interrogatório da CIA.

7 - Penny Lane, Baía de Guantánamo

Penny Lane era uma prisão secreta localizada na Baía de Guantánamo. Ela foi criada em 2003 e os prisioneiros ali mantidos levavam uma vida boa. Acredite ou não, eles viviam em casas de campo bastante confortáveis. Eles ainda podiam solicitar luxos a mais. O local foi reservado exclusivamente para terroristas confirmados em treinamento como agentes duplos. Após o término do treinamento, eles foram libertados e autorizados a voltar para suas celas. Alguns conseguiram se tornar agentes duplos após a CIA prejudicar seus filhos.

E aí, o que você achou dessa lista? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Via   Listverse  
Imagens Politize
Diogo Quiareli
Geminiano, 24 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você


Fatos + Deezer (Podcast)

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+