• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 super-heróis que esqueceram os seus poderes em Vingadores: Guerra Infinita

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      29/05/18 às 19h38

Quando o filme de super-herói mais aguardado do ano finalmente estreou, era difícil encontrar uma pessoa que não tivesse gostado muito do que viu. No entanto, foi preciso esperar a poeira baixar e analisar com mais cuidado. Até porque qualquer comentário no momento errado poderia ser motivo de briga. Sendo assim, já que Vingadores: Guerra Infinita foi lançado no cinema a quase dois meses, talvez já seja hora de fazermos algumas considerações.

A maior produção da Marvel Studios (até agora) realmente foi um feito e atendeu bastante às expectativas. O filme passeou pela ação, pelo drama e, claro, pelo cômico. E o melhor de tudo: apresentou aos fãs o melhor vilão de seu universo cinematográfico. Thanos foi muito prometido e não decepcionou quando chegou. Houve personagens que não apareceram tanto como muitos gostariam, mas isso é algo bastante compreensível devido ao tempo. Apesar de todos os acertos, existe um fator bem incomodo em relação a determinados heróis: seus poderes. Com as joias reunidas, Thanos realmente é bem poderoso, mas as coisas saíram um pouco da lógica. Discutimos mais a respeito logo a seguir.

1 - Feiticeira Escarlate e a manipulação da mente

Wanda é a integrante mais forte dos Vingadores e conseguiu provar isso em Guerra Infinita. No entanto, faltou mais raciocínio por parte dela e de todos os heróis em Wakanda. Por incrível que pareça, o plano que os heróis no espaço tiveram foi muito bom. Na verdade, foi por muito pouco que eles não conseguiram pegar a Manopla de Thanos. A pergunta é: como na Terra ninguém pensou em uma estratégia semelhante? Quando o Titã chegou no planeta, eles só fizeram ataca-lo de frente, de forma abrupta. Não tinham plano algum e não faltavam pessoas fortes e espertas ali para executa-lo. Por exemplo, em A Era de Ultron, Wanda usou seus poderes para manipular a mente dos membros da equipe. Ela poderia ter feito o mesmo com Thanos. Assim como Mantis tentou fazê-lo dormir, ela poderia mexer com suas intenções.

2 - Deus do Martelo

Em todos os filmes nos quais Thor participou, por mais poderoso que ele fosse, era dependente do Mjolnir, como se suas forças e todo o seu poder viessem exclusivamente dele. Como foi mostrado em Thor: Ragnarok, as coisas não são bem assim. Hela destruiu seu precioso martelo mágico logo no começo do filme e por isso ele precisou se virar parar conseguir salvar parte da população de Asgard.

No longa, Thor teve uma visão de Odin, os dois conversaram por um tempo e ele reclamou como não é forte o suficiente sem o Mjolnir. Em resposta, Odin faltou lhe dar um belo tapa na orelha, mas se contentou em dizer que ele não era o Deus do Martelo. Thor, então, voltou para a batalha, invocou raios, lutou em uma velocidade maior e, embora não fosse poderoso suficiente para derrotar Hela, bolou um belo plano. Já em Guerra Infinita, a impressão transmitida era que o herói quase morre por não ter um martelo consigo. Sem contar que até mesmo Hulk conseguiu trocar uns socos com o Titã no começo do filme, e ele nada. Felizmente, a última cena do herói foi tão boa que redimiu absolutamente todas as suas falhas até então.

3 - Doutor Estranho e a inutilidade do Olho de Agamoto e quase todos seus poderes

Para começar, Doutor Estranho é capaz de criar portais de teletransporte. Embora seja algo dos quadrinhos, esses poderes apareceram em Thor: Ragnarok - e Wong chegou a usá-los em Guerra Infinita. No entanto, quando o herói está no espaço lutando contra o temível Titã, ele não pensa em usar a técnica. Ou mesmo antes disso. Ele poderia evitar sua captura e mandar Fauce de Ébano para bem longe, assim como fez com Loki. Mas talvez o mais perturbador seja o motivo pelo qual ele não voltou no tempo para arrumar as coisas. É certo que viagens temporais são perigosas e possuem efeitos colaterais, por assim dizer, mas a situação era extrema. Ou ele esqueceu de suas habilidades ou não as usou por outro motivo muito mais sério (esperamos que sim!)

4 - Hulk quer paz

Bruce Banner chegou a dizer em Os Vingadores que estava sempre com raiva. Ao proferir essas palavras, ele se transformou no Gigante Esmeralda instantaneamente e esmagou muito alien. Mas, como vimos, depois de levar uma surra de Thanos no início do filme, Hulk não quis mais sair para brincar. Sua ajuda seria muito bem-vinda na invasão em Wakanda. Muito mais do que Bruce na Hulkbuster, pelo menos. Não se sabe ao certo o que houve com ele, mas podemos dizer que Hulk se esqueceu de uma parte básica de seu poder: quanto mais raiva tem, mais forte fica.

5 - Eu não sou Groot

Apesar de muitos fãs gostarem mais da versão baby Groot, sem dúvidas o personagem foi muito mais útil em Guardiões da Galáxia. Em Guerra Infinita, sua única contribuição foi conceder seu braço para fazer o cabo da Rompe-Tormentas. Junto com Thor, ele vai parar no meio de Wakanda e faz ali o que pode. O problema é que, como visto no primeiro filme de sua equipe, Groot consegue manipular outras plantas ao seu redor. E o campo de batalha estava cercado por elas, de modo que ele poderia tê-las usado a favor da luta (seria incrível). Desde que renasceu, entretanto, o personagem não tem demonstrado poder algum. Pelo jeito, eles devem vir apenas com muitos anos de vida.

6 - Gamora aguentaria a queda

A cena na qual Thanos precisa sacrificar sua filha para pegar a Joia da Alma é uma das mais tristes do filme. No entanto, a morte de Gamora poderia ter sido feita de outra forma. Isso porque, apesar da queda ter sido grande, ela seria capaz de aguentar o tranco. Em Guardiões da Galáxia Vol. 2, por exemplo, mais para o final do filme, ela e Nebula caíram em um buraco muito fundo quando Ego desintegrou o chão em que elas estavam. E a queda, surpreendentemente, não pareceu ter prejudicado a saúde de seu corpo.

7 - Loki não trapaceou

Engraçado como, nos filmes, Thor sempre foi representado de forma superficial enquanto Loki foi muito bem explorado. Tanto nos filmes de Thor quanto em Os Vingadores, o personagem fez jus ao seu título como Deus da Trapaça. Ele mentiu, enganou e mesmo traiu quase todas as pessoas que cruzaram seu caminho - inclusive seu irmão. Mas quando encontrou com Thanos, além de entregar a verdadeira Joia do Espaço para ele, tentou enganá-lo com uma faquinha? Não faz muito sentido vindo de alguém tão estrategista e poderoso como ele.

Comente com a gente em quais pontos concorda e discorda da lista!

Próxima Matéria
Via   TH  
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Mais aventuras em Instagram: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+