• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


9 personagens fracos que conseguiram destruir heróis muito mais poderosos

POR Letícia Dias    EM Fatos Nerd      09/08/19 às 17h01

Os super-heróis são considerados os deuses da era moderna. Sendo assim, tal qual os antigos deuses gregos, seu maior atrativo é que assim como nós, reles mortais, eles são passíveis de falhas. Os protagonistas dos quadrinhos que lemos, ao contrário de Saitama, não lutam esperando a vitória. Na verdade, trata-se de altruísmo, uma qualidade que, muitas vezes, pode provocar sua queda. Mas a questão é que eles sempre estão dispostos a colocar sua vida em risco por alguém. Essa característica é o que atrai tantos vilões.

Muitas vezes, os oponentes desses grandes defensores são indivíduos que não possuem a mesma dimensão de poder. De qualquer forma, eles sabem que existem pequenos destalhes que podem contrariar as probabilidades. Esse recurso foi utilizado pelas editoras, para atrair o interesse do público. Afinal, qual a graça de ler uma história, onde os mocinhos sempre vencem sem esforço? Nenhuma. Em decorrência disso, presenciamos situações onde personagens imbatíveis são nocauteados por pessoas comuns. Sendo assim, selecionamos 9 exemplos de heróis que não deveriam ter subestimado seus adversários.

9 - Lex Luthor Vs. Superman

A edição 149 de Superman apresenta um dos conceitos mais peculiares já vistos nos quadrinhos. Na história em questão, Lex Luthor pesquisa e encontra a cura para o câncer com o único intuito de matar o Superman. É uma narrativa um tanto quanto intensa. Não é preciso ser um gênio pra perceber que não existe forma de Luthor se equiparar à Clark Kent fisicamente, então o bilionário apela para seu intelecto e a boa fé de seu alvo. Basicamente, Lex divulga sua descoberta revolucionária, faz todos acreditarem na sua redenção genuinamente boa e ganha a confiança do herói.

Assim, Luthor convence Superman a construir para ele um laboratório no espaço, onde ele poderia continuar trabalhando em suas pesquisas em paz. Infelizmente, Kent é atingido por um carregamento de Kryptonita que acaba provocando sua morte. Até mesmo Lex se surpreende com a funcionalidade de seu plano. Obviamente, o vilão é condenado à reclusão na Zona Fantasma, mas antes ele comemora a tão esperada derrota de seu rival.

8 - Frank Pratt Vs. Batman

Batman: Dark Victory não está entre as melhores HQs do herói, mas tem um enredo que foge do convencional. Na história em questão, o Cavaleiro das Trevas é surpreendentemente derrotado por um personagem tão irrelevante que nem pode ser considerado seu inimigo. Frank Pratt, um nome desconhecido para grande parte do público, acidentalmente, atira no Batman, enquanto foge do Carrasco, a ameaça que sondava Gotham.

O pânico da perseguição fez com que Pratt apertasse o gatilho e acertasse o Batman em cheio no peito. Considerando a espessura de sua armadura, o herói nem chega a ser ferido. Todavia, o impacto o nocauteia. O irônico é que isso acaba atrapalhando a vida de Pratt, quando o Morcego se recuperou, já era tarde demais e o personagem havia sido assassinado.

7 - Demolidor Vs. Hulk

Considerando um embate direto entre o Gigante Esmeralda e o Demônio de Hell"s Kitchen, as apostas, sem dúvidas, se voltariam para o Hulk. Contudo, o Demolidor mostrou ao grandão que ecolocalização e muito otimismo podem superar qualquer força bruta. Em um de seus surtos incontroláveis, o alter ego de Bruce Banner começa a destruir Nova York. Matt Murdock, vendo aquilo, veste seu traje de herói e vai tentar acalmar o gigante. 

Apesar de ter recebido alguns golpes, o Demolidor se empenhou em controlar a criatura. Em um longo diálogo motivacional, ele ajudou Banner a retomar o comando ao explicar que Hulk só tinha raiva de si mesmo. Pode parecer meio decepcionante, mas não deixa de ser uma vitória. Você acha que conseguiria acalmar o Hulk? 

6 - Capitão Bumerangue Vs. Flash

Quando você é um vilão com habilidade de arremessar bumerangues, até mesmo os leitores te subestimam. Imagine o homem mais rápido do mundo. É difícil pensar no Capitão Bumerangue obtendo algum sucesso, ainda mais derrotando seu arqui-rival. Bom, não existe nada que uma dose de criatividade não resolva, e foi exatamente essa a tática do vilão. Depois de várias tentativas falhas, o personagem finalmente alcançou o sucesso de uma forma mais que inesperada, se transformando em um bumerangue.

O vilão resolve utilizar os próprios poderes do Flash a seu favor. Com a velocidade do herói criando uma forte rajada de vento, Capitão Bumerangue conseguiu nocautear o Velocista Escarlate. Considerando que as lutas do herói sempre são imaginativas, essa não foi tão bizarra quanto parece.

5 - Mantis Vs. Thor

Não é difícil imaginar o todo poderoso Deus do Trovão derrotando Mantis facilmente, mas subestimar um adversário nunca é uma escolha sábia. Mesmo sendo extremamente talentosa em artes marciais, os fãs sempre enxergam a heroína como fraca. O fato de seus poderes estarem relacionados à capacidade de sentir as emoções dos outros também não a torna muito ameaçadora.

Porém, na edição 114 de Vingadores, vemos Thor sendo nocauteado por Mantis. Além disso, junto com o Espadachim, a personagem derrota boa parte dos Vingadores antes de finalmente se unir a eles. Caso você esteja se perguntando como ela derrotou Thor, bom, com um único golpe em seu pescoço, e essa não foi a única vez que ela venceu uma luta contra ele.

4 - Arlequina Vs. Mulher-Maravilha

Levando em consideração que a Mulher-Maravilha está entre os três personagens mais poderosos da DC, é uma surpresa ela estar nessa lista. Contudo, pelo menos sua rival foi alguém igualmente admirável. À primeira vista, as chances costumam pender para o lado da amazona, mas é que poucos conhecem as reais habilidades da Arlequina. Muito além de um rosto bonito e um sorriso simpático, Harley é uma excelente estrategista, e foi assim que derrotou Diana Prince.

A anti-heroína virou o jogo usando apenas um gás para nocautear sua rival. Seu objetivo era apenas roubar o traje da Mulher-Maravilha para que a heroína tivesse um dia de folga, não se tratou de uma luta maniqueísta. Isso não elimina os méritos de Arlequina, afinal, há quantos anos, incontáveis vilões não vêm tentando alcançar essa vitória?

3 - Coringa Vs. Superman

Essa é, sem dúvida, umas das melhores narrativas apresentadas nos quadrinhos. Em Injustice, o Coringa elabora um plano maléfico para derrotar o Superman, e vai além de qualquer estratégia imaginável. Assim como aprendemos com Lex Luthor no tópico acima, a única forma de derrotar o Homem de Aço é internamente. Seja tirando vantagem da ingenuidade do herói ou brincando com seu subconsciente, o kryptoniano é psicologicamente vulnerável como qualquer outra pessoa.

O vilão atingiu o Superman com uma toxina misturada à kryptonita, que provocou alucinações no herói. O Homem de Aço passou a enxergar Lois Lane como o Apocalypse e começou a atacá-la, até que finalizou arremessando ela no espaço. Como se não fosse cruel o bastante, Lois estava grávida e o Coringa sincronizou uma bomba em Metrópolis com os batimentos cardíacos dela, assim que o coração de Lane parou, metade da cidade foi para os ares. Superman ficou possesso e acabou matando o vilão, que nem se importou muito, considerando que, além de destruir o herói de dentro pra fora, ainda originou uma guerra entre todos os personagens da narrativa.

2 - Deacon Blackfire Vs. Batman

Sem nenhum super-poder ou qualquer habilidade marcial, Deacon Blackfire provou que quem tem carisma, tem tudo. Em sua primeira aparição na DC, em Batman: The Cult, ele derrota o Homem-Morcego. Blackfire faz uma lavagem cerebral tão extrema no herói, que ele passa a obedece-lo cegamente. Batman perde o controle a ponto de ir contra sua principal regra e matar um homem. Foi um elemento narrativo muito bem utilizado e serviu pra nos lembrar da humanidade do herói.

1 - Justiceiro Vs. Todos os X-Men

Já sabemos que o Justiceiro é capaz de alguns feitos bem insanos. Simultaneamente, é fácil afirmar que ele não chega aos pés dos poderes dos X-Men, ainda mais combinados. Porém, isso não impediu Frank Castle de fazer com que o título Justiceiro Mata o Universo Marvel fosse literalmente sugestivo. "Como?" você deve estar se perguntando, através de uma bomba nuclear roubada do covil do Doutor Destino.

Castle convidou tanto a equipe do Magneto, quanto Professor X e seus pupilos para uma reunião, com uma parte acreditando que o convite havia partido da outra. Quando eles se deram conta da armadilha, já era tarde demais. Frank explodiu todo mundo. Mesmo sendo um dos maiores mercenários dos quadrinhos, o Justiceiro superou todas as expectativas com esse ataque.

Próxima Matéria
Via   WhatCulture  
Imagens Marvel DC
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+