Compartilhando coisa boa

Após ser demitido sem explicações, médico atende pessoas na calçada

0

A medicina é uma profissão muito bonita, o compromisso com a vida é uma vocação que exige muito amor e dedicação. E felizmente, muitos médicos estão dispostos a fazer qualquer coisa para cumprir com o seu juramento de ajudar as pessoas, não importa a forma.

Esse é o caso do médico Rodrigo Ferreira Gomes, de 31 anos, que após ser demitido do hospital em que trabalhava, sem qualquer aviso prévio, ele deu continuidade ao seu trabalho. Ele prestou atendimento aos pacientes que o aguardavam, na calçada da rua mesmo, apenas com uma mesa e cadeira de plástico. A cena chamou a atenção e foi parar na internet.

A demissão

Rodrigo é médico clínico geral e de saúde da família. Ele trabalhava no Hospital Maternidade João Ferreira Gomes, em Itapajé, no Ceará, há seis anos. Ele chegou para trabalhar, e recebeu a notícia de que havia sido demitido. Sem aviso prévio, o hospital já tinha escalado outro profissional para substitui-lo na função.

O médico afirma que até tinha sido alertado sobre mudanças na direção clínica do hospital, e que a nova diretoria pretendia tirá-lo de suas funções, porém não recebeu nenhum aviso oficial. Ele ainda acredita que sua demissão esteja ligada à questões políticas, uma vez que ele não mostrou apoio ao candidato a deputado estadual que a gestão do hospital apoiava.

O atendimento aos pacientes

Mesmo com a surpresa desagradável da demissão, Rodrigo cumpriu com o seu dever com os pacientes que o aguardavam. Já que as quintas-feiras eram o dia fixo para atendimento dos pacientes naturais da cidade.

“Meus pacientes estavam me esperando e eu avisei para eles que tinham me demitido de forma antiprofissional, mas que me aguardassem pois eu ia atender a todos. Foi então que voltei para casa e peguei uma mesa e uma cadeira”, conta o médico.

E assim, ele seguiu o seu plantão como era o planejado, e prestou atendimento aos seus pacientes na calçada da rua mesmo. No vídeo disponibilizado no YouTube, a comunidade lamentou muito o ocorrido e classificou como descaso com o médico.

7 lugares que você precisa conhecer quando for à Olinda

Matéria anterior

E se um super vulcão entrasse em erupção hoje?

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Você também pode gostar