5 pessoas mais monstruosas e cruéis que já existiram

POR Magno Oliver    EM Curiosidades      01/09/15 às 19h59

O instinto humano para matar alguém é bastante curioso e impressionante(em termos de coragem, audácia e falta de irracionalidade sobre o que se esta fazendo), quando o assunto diz respeito a assassinos e serial killers. Frieza e impiedade são marcas fortes destes tipos de pessoas que possuem esses perfis sanguinários.

Nem só os assassinos em série e os compulsivos por mortes e sangue são capazes de cometerem atrocidades. Já mostramos para você aqui na Fatos Desconhecidos os casos de 5 pessoas que causaram verdadeiras catástrofes por razões que você nem imagina, você se lembra desta matéria? Então (Clique aqui e confira).

Que pessoas maldosas e que realizam atos de pura má intenção estão em todas as partes do mundo isso você já sabe. Muitas são as histórias de ícones históricos monstruosos que já fizeram coisas terríveis no passado. Separamos para você algumas com perfis realmente cruéis, que por conta de uma simples atitude conseguem ser lembradas por qualquer pessoa.

Confira aí algumas delas:

1 - Calígula

119_1157

O reinado do 3º imperador de Roma(37 - 41), no primeiro trimestre de poder, foi só terror e pânico, pois mais de 160 mil animais foram sacrificados apenas para saudar o imperador. Calígula era conhecido como um líder extravagante, sexista, selvagem e sádico, além de achar que era um Deus. A lei para ele era um instrumento de tortura.

Forçou muitas famílias a executarem seus filhos, decapitar e estrangular crianças, além de conceder uma morte dolorosa a prisioneiros oferecendo-os a leões, ursos, chegando até a matar seus oponentes de uma forma dolorosa durante horas ou dias.

A atividade favorita do imperador romano era serrar as pessoas, com o bônus de mastigar os testículos. A figura dele causava tanto medo que muitos cidadãos chegavam a cometer suicídio. Até a própria família não escapou da maldade do cara. Ele já matou o sogro, exilou suas irmãs e matou o cunhado.

Na parte de perversão sexual, exigia sexo com muitas mulheres(até mesmo irmãs em forma de orgia) e forçava pessoas casadas a se separarem para que ele pudesse ter relações com a esposa dos maridos. Ele foi assassinado em 41 por um homem que foi zombado sempre por ele, chamado de Cassius Chaerea.

2 - Ghensis Khan

genghis_khan_field_museum_themash-545x377

Ele ficou conhecido como um homem vingativo, sanguinário, cruel e que conquistou maior parte da China, por meio do Mar Cáspio. Nas mãos de Ghensis Khan, muitas pessoas chegaram  a ser mortas com prata e metal fundido derramados nos ouvidos e olhos.

Uma de suas frases preferidas era: "A maior felicidade é dar fim a um inimigo, ver as suas cidades reduzidas a cinzas e aqueles que o amam envoltos em lágrimas".

O líder e seu exército tiraram a vida de cerca de mais de 60 milhões de pessoas e três quartos da população do planalto iraniano(de 10 a 15 milhões). Como prova de que era bastante insano, o Khan do Império Mongol arruinou a vida de muitas pessoas estuprando mulheres na frente de suas famílias, além de torturar os ricos e decapitar os pobres. O fim de Genghis Khan não foi por vingança, nem nada, e sim por causas naturais, em 1227.

3 - Imperatriz Wu Zetian

empress-wu

Ela herdou duas imagens: a de única imperadora na história da China e uma assassina sexualmente depravada, cruel, sádica e sanguinária. A imperatriz Wu Zetian exilou e executou até mesmo sua família, como a própria filha, por exemplo. Ela torturava, exilava ou executava os rivais que tinha.

Outra forte característica dessa imperatriz é a capacidade de forçar as pessoas a cometerem suicídios. Mutilar e queimar vivo era uma de suas marcas e preferências.

Além disso, ela já envenenou, estrangulou e até cortou partes do corpo de cidadãos, como pernas, pés orelhas e narizes. Ela reinou de outubro de 690 a fevereiro de 705 onde morreu em dezembro, aos 81 anos.

4 - Tamerlão, o Grande

Estátua de Tamerlão em Samarcanda

Ele impôs sua marca por onde quer que passasse, seja no Sul da Ásia, Europa Central e Ocidental. O fundador do Império e dinastia Timurid dizia ser descendente de Genghis Khan, pois também mantia a reputação de sanguinário, impiedoso, cruel e temido que levava terror e muita destruição aos povos. Muitas nações foram mortas por ordem dele pelo método da asfixia lenta.

Ele ordenou a morte de 200 mil soldados indianos, decapitação de 20 mil em Aleppo, 70 mil em Tikrit e Ifshan, 90 mil em Bagdá e construiu várias torres com os crânios de seus inimigos simplesmente para poder olhar com satisfação. Ele já fez com que pessoas fossem obrigadas a pular de grandes alturas.

Khan ficou conhecido por mandar apunhalar, enterrar com vida, esquartejar e queimar as pessoas. Tarmelão (Aka Timur) foi um desbravador durante o século XIV que morreu em fevereiro de 1405 por causas naturais.

5 - Godofredo de Bouillon

Godofredo de Bouillon, afresco, Palazzo Trinci, Foligno, Italia

O líder da Primeira Cruzada matou milhares de pessoas e era temido por espalhar mãos, cabeças e pés pelas ruas. Determinado a vingar o sangue de Jesus derramado pelos judeus, ele, junto de seu exército, invadiu Jerusalém.

Depois que adentrou a cidade, matou todas as pessoas que não saíram da cidade, além de destruir locais sagrados e tirar a vida de soldados e cidadãos judeus e muçulmanos.

O cavaleiro francês caminhou descalço em pilhas de sangue que atingiram seu tornozelo. Muitos acreditam que ele matou cerca de mais de 70 mil muçulmanos. Godofredo de Bouillon morreu em julho de 1100 de peste e teve o seu objetivo alcançado.

Magno Oliver
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+