Curiosidades

As plantas gritam quando estão estressadas

0

As plantas são a espinha dorsal de toda a vida na Terra, sendo essencial para o bem-estar do ser humano. Elas fornecem alimentos para quase todos os organismos terrestres, mantêm a atmosfera, produzem oxigênio e absorvem dióxido de carbono durante a fotossíntese.

Além disso, elas também são seres vivos. Por isso, as plantas se comunicam com a natureza através de sons. Como elas fazem isso? De acordo com uma pesquisa da Universidade de Tel Aviv, os pés de tabaco e de tomate conseguem emitir frequências supersônicas para dizer que estão estressados.

Os sons de estresse dessas plantas costumam ser emitidos quando elas estão com falta de água ou então estão com excesso de luz. Os humanos não conseguem escutar esses gritos das plantas, já que a frequência desses sons ultrapassa a capacidade sonora que nós podemos escutar. Mas alguns animais e outras plantas conseguem ouvi-las.

“Nossos resultados sugerem que animais e possivelmente até outras plantas poderiam usar estes sons para obter informações sobre a condição de uma planta. Muitas traças são capazes de ouvir e reagir a sinais ultrassônicos nas frequências e intensidades que registramos, e algumas delas usam tomateiros e pés de tabaco com hospedeiros para suas larvas. Elas podem se beneficiar disso ao evitar colocar ovos em uma planta que emite estes sons”, escreveram os pesquisadores.

Grito

Hypeness

Para saber mais sobre esse grito de socorro das plantas, os pesquisadores fizeram seu estudo dentro de estufas. Nelas, as plantas foram divididas em dois grupos. Um receberia tratamentos adequados e condições ideais de temperatura e luz. Já o outro grupo receberia altos níveis de estresse tendo menos água e luz.

Para conseguir ouvir o grito das plantas, os pesquisadores usaram microfones com captação de frequências entre 20 khZ e 150 khZ. Conforme o estudo foi se desenrolando, os resultados curiosos começaram a aparecer.

Como resultado, os pesquisadores viram que as plantas do primeiro grupo emitiam ondas de alta frequência uma vez por hora. Já as do segundo grupo, vivendo em uma situação de estresse, gritavam constantemente. O chamado de socorro dessas plantas era feito por tempo indeterminado, mas não podia ser ouvido por humanos.

Observações

Revista Campo e negócio

O que os pesquisadores acreditam é que as plantas, provavelmente, emitem esses sons através de um processo chamado cativação. O processo acontece principalmente nos períodos de seca ou quando as plantas sofrem algum ferimento. Visto que, quando isso acontece, elas geralmente desenvolvem bolhas que explodem no xilema, que é o tecido vegetal responsável por transportar água e outros minerais.

Por conta dessa explosão, uma vibração nos vegetais é causada. Então, é ela que acaba sendo interpretada por nós como um “grito”. Além disso, o estudo  mostrou que as plantas emitem diferentes tipos de ruído para os vários tipos de estresse que elas podem sofrer. Se os humanos pudessem ouvi-las isso seria de grande ajuda para os cultivadores e também para os cientistas que as estudam.

Os pesquisadores da Universidade de Tel Aviv dizem em seu estudo que essas descobertas podem mudar a forma como se pensa no reino vegetal. Até porque, as plantas eram consideradas seres silenciosos até as observações feitas pelo estudo.

Dessa forma, a interpretação dos ruídos feitos pelas plantas tem a possibilidade de facilitar a qualidade da irrigação delas e dar um novo tipo de indicador para a saúde delas.

A possibilidade dessa descoberta não para por aí. Elas também podem ser úteis para diminuir o consumo de água e aprimorar o controle de luz nas fazendas e no campo, o que por sua vez pode fazer com que as novas tecnologias pensadas para as plantas levem em consideração o que as próprias querem e mostrem aos produtores rurais uma nova realidade.

Fonte: Hypeness

Imagens: Hypeness, Revista Campo e negócios

Refeições bizarras que eram normais na Era Medieval

Previous article

Conheça a nova mansão de Camila Loures

Next article

Comments

Comments are closed.