Natureza

Plantas conseguem se comunicar?

0

Você já se perguntou se as plantas conversam entre si? Pode parecer inusitado, mas pesquisas já revelaram que existe um sistema de comunicação entre esses seres vivos. Além disso, as plantas podem se comunicar também com micro-organismos. Ao contrário do que se pensa, esse sistema é bem elaborado e acontece sem que os humanos percebam. Confira, abaixo, como as plantas se comunicam.

Árvores sentem emoções

O livro The Hidden Life of Trees (A Vida Oculta das Árvores, em português), escrito pelo engenheiro florestal Peter Wohlleben, explica que as árvores têm amigos, sentem dor e angústia e se comunicam por debaixo da terra. O autor indica que tudo isso acontece por meio das woodwide web, termo sugerido por ele para representar o grande circuito de comunicação subterrâneo das árvores. Basicamente, é algo como uma rede de internet, mas vegetal.

BBC

Quando estão sob ataque, as árvores comunicam sua angústia para as outras a seu redor emitindo sinais elétricos a partir de suas raízes e de redes formadas por fungos (algo que se assemelha ao nosso sistema nervoso). Além de comunicar a angústia, elas enviam mensagens de alerta para que as demais saibam do que está acontecendo.

Pelos mesmos meios, elas alimentam árvores atingidas e algumas mudas que estão em crescimento. Essas plantas buscam sempre manter a comunidade forte. Sendo assim, quando alguma delas não está saudável, as demais enviam uma espécie de alimento nutritivo para ela por meio da rede de comunicação. 

O lado obscuro

“As árvores podem reconhecer com suas raízes quem são suas amigas, quem são seus familiares e onde estão seus filhos”, explica o autor do livro. Apesar disso, essa rede também tem seu lado obscuro e, por meio dela, uma planta pode sabotar a outra, por exemplo, ao roubar nutrientes da outra. Ou seja, pode haver competição entre elas e algumas podem excluir outra indesejada, além de desnutri-la.

“As árvores são capazes de decidir, ter memórias e até mesmo personas diferentes. É possível que existam os mocinhos do bem e os do mau”, complementa Wohlleben. Em suma, as árvores fazem parte de um sistema muito mais amplo do que poderíamos imaginar. 

No entanto, esse processo não é exclusivo das árvores. Em 2010, Ren Sem Zeng, da Universidade de Guangzhou, observou que algumas plantas trocavam informações para combater espécies invasoras. Já em 2013, David Johnson, da Universidade de Aberdeen, na Escócia, detectou comportamento parecido em favas.

Pesquisa com plantas de trigo

Ao longo de 2021, um bioensaio realizado pela Universidade de São Paulo (USP) e a unidade Embrapa Meio Ambiente envolveu plantas de trigo, assim, os pesquisadores mostram que elas se “comunicam” com micro-organismos benéficos. As plantas atraem esses micro-organismos para terem acesso a mais nutrientes do solo e obterem maior proteção contra doenças fúngicas.

plantas

Embrapa

Os resultados foram apresentados no Simpósio Internacional “Avances en el mundo de Microbiomas”, da Universidad San Francisco de Quito. O estudo ainda continua, com o objetivo de analisar o impacto da invasão de fungos e bactérias benéficas na montagem das comunidades bacterianas e fúngicas da rizosfera (região onde o solo e as raízes das plantas entram em contato). 

Como os micro-organismos atraídos pelas plantas de trigo formam um imensa rede entre eles, é possível que as plantas se utilizem disso como mais uma artimanha de comunicação. Considerando que os microorganismos se aproximam de diversas plantas, pesquisadores avaliam se elas trocam informações por meio desses micróbios.

Como cuidar da sua postura?

Matéria anterior

7 coisas que já deveriam ser socialmente aceitas

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos