Há algum tempo, viemos acompanhando a saga do Homem-Morcego, em Batman: Curse of the White Knight. Até agora, já testemunhamos o Cavaleiro das Trevas revelar sua identidade secreta para o mundo; lidar com mortes traumáticas e assumir um relacionamento imprevisível. Tudo isso aconteceu na história escrita por Sean Murphy. Pois bem, agora, o final da narrativa se aproxima. Logo, testemunhamos o herói confrontar diretamente o vilão, responsável por infernizar sua vida nesse período de tempo, Azrael. Contudo, Batman não está sozinho nessa jornada, juntamente com o Cruzado Encapuzado o Batmóvel chegou apresentando um truque inusitado e, ao se transformar em uma lancha, salvou o dia.

Recentemente, vimos o Jato Invisível da Mulher-Maravilha ganhando uma atualização de dar inveja ao Homem-Morcego. Pois bem, aparentemente, o alter ego de Bruce Wayne também conta com alguns brinquedos legais e fez questão de mostrar isso. Na oitava publicação da série de Murphy, pudemos contar com uma perseguição . Assim, o Batmóvel acabou assumindo a forma do Batboat, veículo marinho do Batman. Embora não seja tão popular quanto o automóvel do herói, a lancha existe desde 1946 e já foi adaptada diversas vezes, tanto para animações, quanto para live-actions. Inclusive, a série Batman de 1960 foi responsável por popularizar o Batboat.

Publicidade
continue a leitura

Sendo assim, foi um tanto quanto divertido ver Murphy, revisitando o clássico e dando visibilidade à lancha na batalha final entre o herói e Azrael. Além de auxiliar a locomoção do Morcego, a lancha foi crucial na defesa do Batman, que utilizou os escudos do veículo para arrancar o capacete do adversário e aplicar seu golpe final.

Batman: Curse of the White Knight

Publicidade
continue a leitura

Assim como dissemos acima, Batman: Curse of the White Knight trouxe consigo diversas atualizações na mitologia do herói. Ademais, embora não faça parte do cânone da DC, a série de Murphy tem dado o que falar. Em suma, essa série de quadrinhos nos mostrou Jim Gordon morrendo nas mãos de Azrael. Além disso, Batgirl quase ficou paralisada após cruzar o caminho do mesmo. Então, como era de se esperar, Batman assumiu a culpa por todos esses incidentes e isso afetou sua bússola moral.

Publicidade
continue a leitura

Agora, o Cavaleiro das Trevas está pronto para por fim nesse confronto de uma vez por todas, mas antes ele precisa se acertar com a sociedade. Assim, após visitar Barbara Gordon no hospital e revelar que pretende ir contra sua regra mais importante, ou seja, matar Azrael, Bruce diz que não é o Batman mais. Na verdade, segundo o próprio, ele não é nem mesmo um Wayne. Em seguida, ele coloca um grande plano em ação.

Publicado em: 02/04/20 15h04