Entretenimento

Britney Spears anuncia perda de bebê no começo da gravidez

0

A cantora Britney Spears informou, na tarde do último sábado (14/05), que sofreu um aborto espontâneo e perdeu o bebê que estava esperando com seu noivo, o ator Sam Asghari.

“É com profunda tristeza que nós anunciamos que perdemos nosso bebê milagroso no início da gravidez. Isso é devastador para quaisquer pais. Talvez nós devêssemos ter esperado para anunciar mais adiante, mas nós estávamos muito animados para compartilhar a boa notícia. Nosso amor um pelo outro é a nossa força. Nós continuaremos tentando aumentar nossa linda família. Nós agradecemos a todos pelo apoio. Gentilmente pedimos privacidade durante esse momento difícil”, disse a cantora por meio do Instagram.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Britney Spears (@britneyspears)

Aos 40 anos, a cantora contou ao público sobre a gravidez no dia 11 de abril. Esta foi a primeira gravidez de Britney com Sam, de quem ficou noiva em setembro do ano passado.

Vale lembrar que Britney já é mãe de Sena, de 16 anos, e Jayden James, de 15, fruto do seu relacionamento com o dançarino Kevin Federline.

Em junho de 2021, a artista reforçou o desejo de ser mãe novamente durante o depoimento que deu no caso da tutela de seu pai, que foi encerrada depois de 13 anos. Na época, ela afirmou que era impedida de engravidar pelos tutores. De acordo com Britney, ela era obrigada a usar um DIU, dispositivo intrauterino, como método contraceptivo. 

“Eu tenho um DIU em meu corpo agora que não me deixa ter um bebê e meus tutores não me deixam ir ao médico para retirá-lo.”

Fim da tutela 

Foto: Reprodução

O anúncio da gravidez foi realizado poucos meses depois do fim da tutela. Depois de uma longa batalha nos tribunais, Britney finalmente ficou livre do controle do pai em novembro de 2021.

Por 13 anos, a cantora teve sua vida controlada pelo pai, Jamie Spears. Além de controlar as suas finanças pessoais, ele ainda a impedia de fazer certas ações como dirigir ou se casar novamente.

Nos meses após ter sua liberdade de volta, Britney desabafou constantemente nas redes sociais sobre como se sentiu usada e abusada pelo pai e por toda a sua família, incluindo sua irmã, Jamie Lynn Spears. 

Britney Spears reclama de pai e ex-agente: “Acho que estavam tentando me matar”

Foto: Allen Berezovsky/ Wire Image

Três meses depois do fim da tutela, em fevereiro de 2022, Britney relatou no Instagram sobre como era viver sob domínio do pai, Jamie Spears. 

Na legenda de uma publicação, que foi apagada, Britney afirmou: “Uma semana antes de me mandarem para aquele maldito lugar (uma de suas reabilitações), Tri Star me convidou para conhecer seu escritório… as vadias pretensiosas de terno tão legais com aquele ‘estamos aqui para fazer você se sentir especial’! Eu almocei com Lou Taylor e Robin Greenhil”.

Em relação à sua ex-agente, citada na tutela, a cantora ainda acrescentou: “Eles disseram: ‘Britney, olhe sua foto na parede!’, com uma grande moldura preta e branca. Kate Beckinsale estava lá também! Elas me bajularam e me ‘fizeram sentir especial’… essas mesmas vadias me mataram uma semana depois”, continuou Britney em seu desabafo. 

A diva pop ainda mencionou o pai e a relação que ele tinha com Lou Taylor: “Meu pai adorava a essas duas mulheres e teria feito qualquer coisa que elas tivessem pedido. Eu acho que eles estavam tentando me matar… até hoje eu acredito que isso era exatamente o que eles estavam tentando fazer! Mas não havia uma única coisa errada comigo e eu não morri”. 

A cantora pop ainda prometeu que processaria a empresa de entretenimento de Lou Taylor, a Tri Star, que foi citada no documentário “Framing Britney Spears”. “Ninguém mais deveria passar pelo que eles me fizeram passar. Eu passei por tudo isso e lembro de tudo. Vou processar horrores a Tri Star! Eles se livraram de tudo, mas estou aqui para alertá-los todos os dias da minha vida preciosa”, afirmou Britney. 

Para o site “TMZ”, o advogado da empresa, Charles Harder, respondeu: “Tais alegações são completamente falsas, assim como altamente ofensivas, prejudiciais e inaceitáveis”, disse o advogado na época. 

Fonte: G1, Splash

Pai perde direito de ver filhos por usar fraldas adultas

Matéria anterior

Cachorra é amarrada e abandonada em hidrante no EUA

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos