Curiosidades

Caso Madeleine McCann pode estar perto do fim com ”provas concretas”

0

Um caso intrigante é o desaparecimento de Madeleine McCann, que no dia três de maio passado completou 16 anos, se estiver viva. A criança britânica desapareceu quando tinha três anos de idade, durante suas férias com seus pais em um aldeamento na Praia da Luz, no Algarve, em Portugal. Madeleine McCann desapareceu no dia três de maio de 2007, quando a família McCann estava de férias em Portugal pela primeira vez. Na noite do desaparecimento, os pais de Madeleine tinham ido jantar com uns amigos no hotel e deixaram ela e os irmãos dormindo no quarto.

Segundo os pais da menina, a cada 20 ou 30 minutos, eles iam até o quarto checar se estava tudo bem. E por volta das 22 horas, Kate McCann foi até o quarto e quando chegou lá, sua filha não estava mais na cama e a janela do quarto estava semi-aberta.

A mãe da menina voltou para o restaurante e contou que Madeleine não estava mais no quarto e estava desaparecida. Os pais procuraram por ela no apartamento e em todo o hotel, mas não tiveram nenhum resultado. E depois disso, chamaram a polícia.

A polícia considerou o caso como um sequestro, mas não encontrou pistas e nem vestígios que apontassem nesse sentido ou que levassem à possibilidade de descobrir o paradeiro de Madeleine.

O desaparecimento da menina virou o mais famoso do mundo e ainda não foi resolvido.

Novas “provas”

De acordo com o que Hans Christian Wolters, promotor que está responsável pela investigação do desaparecimento de Madeleine, disse em entrevista ao jornal “The Sun” que evidências “concretas” indicam que a menina de três anos foi assassinada em Portugal.

A menina desapareceu quando a família passava férias na Praia da Luz. E em 2019, o principal suspeito foi apontado: o alemão Christian Brueckner, de 44 anos. Ele estava viajando por Portugal, em uma van na época em que a menina desapareceu.

Na época, a polícia estava investigando se o homem poderia ter levado Madeleine para sua terra natal, a Alemanha.

“Reunimos novas evidências que fortalecem o caso que estamos construindo contra nosso principal suspeito. Infelizmente, não posso dizer o que é, mas fortalece nosso trabalho”, disse o promotor, em uma entrevista publicada no dia 12 de maio, data que Madeleine completaria 18 anos.

Caso

O corpo de Madeleine nunca foi encontrado. E a defesa de Brueckner negou a relação do seu cliente com o caso. Atualmente, o alemão está preso por conta de tráfico de drogas e estupro. E para evitar que ele sofra alguma agressão ou represálias na prisão Brueckner cumpre sua pena em uma cela solitária.

A ligação do homem com o desaparecimento de Madeleine tem a ver com o fato de que ele estava viajando por Portugal, em uma van na época em que a menina desapareceu. Brueckner estava vivendo de forma itinerante em Algrave, entre 1995 e 200. Essa é uma área bem próxima da praia da Luz, onde o desaparecimento da menina britânica aconteceu.

7 celebridades que namoraram bilionários

Matéria anterior

7 regras da realeza que Kate obedece, mas Meghan não lidava bem

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.