• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Conheça a história por trás dessa foto que mostra um homem com Estresse Pós-Traumático

POR Toni Nascimento    EM Curiosidades      04/02/19 às 13h34

Muito se fala sobre a brutalidade da Segunda Guerra Mundial, porém, se esquecem de como a Primeira Guerra Mundial também foi violenta. Consequentemente, os soldados que lutaram nessa guerra voltaram para a casa - os que voltaram, claro - com um intenso Estresse Pós-Traumático. Mas calma, antes disso, precisamos avançar um pouco na história.

Estresse Pós-Traumático é uma pertubação mental, de moderada à forte, que acontece com alguma pessoa após algum evento traumático ocorrido. O termo passou a ser muito usado após a Guerra do Vietnã. Isso porque os veteranos americanos, que foram para a guerra, voltaram para casa demonstrando sintomas claros do distúrbio.

Agora que você já sabe o que é o Estresse Pós-Traumático, e quando o termo se popularizou, podemos voltar ao trauma na Primeira Guerra Mundial. Para ser mais exato, ao trauma de um soldado específico.

Os Olhos da Loucura

Você já viu essa foto, de setembro de 1916, extraída na Primeira Guerra Mundial? A imagem mostra soldados na trincheira sendo tratados pelos enfermeiros, após a ofensiva Somme, na Batalha de Flers-Courcelette.

O que mais te choca nessa foto? Imagina que é o mesmo da maioria, o homem no canto inferior esquerdo, dando um sorriso sinistro. Na verdade, você está enganado se acha que é um sorriso de alegria, alívio ou mesmo deboche. O rosto dele mostra todos os traumas vivenciados naquela guerra brutal.

A Primeira Guerra Mundial é considerada uma das priores do século 20. Ela foi a primeira que testou novos tipos de técnicas e armas. Metralhadoras, canhões, trincheiras etc. Tudo isso tornou a vida dos soldados quase insuportável.

Estresse Pós-Traumático

Ver toda aquela destruição através dos próprios olhos, afetava infinitamente a vida daquelas pessoas. Inicialmente, os sintomas de fadiga, pesadelos, confusão, tremores, problemas de audição e visão, incapacidade de raciocinar, paralisia histérica, olhar confuso, dor emocional e confusão mental foram batizados de "neurose de guerra". Só mais tarde deu-se o nome de Estresse Pós-Traumático.

Esses sintomas são uma consequência da ansiedade causada por um trauma, como uma guerra, abuso físico ou mental, acidente etc. Nestas circunstâncias, a pessoa começa a reviver esse momento traumático indefinidamente, em um sofrimento sem fim.

Por isso, o homem da foto não é louco, mal ou qualquer coisa do tipo. Ele só estava reagindo aos traumas da guerra que, com certeza, devem ser tratados e mesmo assim, nunca deixarão de ocupar um espaço na mente de cada um deles.

E aí, o que você achou dessa foto? já conhecia? Comenta aqui com agente e compartilha nas suas redes sociais. Aquele abraço.

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Via   Supercurioso     Wikipédia  
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+