• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Descobriam o segredo da Enigma, máquina nazista usada para gerar códigos secretos

POR Mateus Graff    EM Ciência e Tecnologia      21/11/18 às 17h50

A história conta que a Alemanha nazista massacrou cerca de 6 milhões de judeus. Também se sabe que, naquele período, os alemães fizeram muitos testes, inclusive em pessoas, para criar tecnologias avançadas. Contando com engenheiros qualificados e projetos ousados, o exército alemão conseguiu oprimir nações inteiras.

Entre essas tais tecnologias avançadas criadas pelos nazistas está a Enigma, um mecanismo usado para gerar códigos criptografados mecânicos e elétricos. Para a época, essa máquina era considerada altamente avançada em termos de tecnologia. Uma curiosidade é que a tal máquina só teve seu código quebrado graças a Alan Turing, considerado o pai da computação moderna.

Porém, o funcionamento de tal máquina ainda deixava muitos cientistas intrigados, o que os fez estudar a máquina até revelar o seu segredo de funcionamento.

A máquina nazista

Depois de anos, a Enigma ainda deixava muitos cientistas intrigados. Mas através de exames de tomografia computatorizada, os especialistas da Universidade de Manchester conseguiram revelar os detalhes do funcionamento interior da máquina e coletaram uma série de informações para reconstruir a máquina em um modelo virtual de três dimensões.

Os pesquisadores afirmaram que essa foi uma oportunidade de desvendar alguns segredos da Enigma. Através de cerca de 1,5 mil radiografias foi possível estudar os detalhes do funcionamento da máquina. Essa iniciativa faz parte de um projeto de lançamento da Competição de Criptografia Alan Turing, que no ano de 2020, reunirá cerca de 4 mil estudantes em desafios que envolvem quebrar códigos diversos. Essa é uma maneira de incentivar jovens a se interessarem por cursos ligados a Ciência da Computação e Matemática.

Mesmo que nos dias atuais já tenham sido desenvolvidos códigos quase impossíveis de serem quebrados, a sofisticação da Enigma deixou os estudiosos da área curiosos. Produzido pelos alemães a partir da década de 1920, o equipamento contava com um teclado e um conjunto de discos rotativos chamados de rotores. Quando uma tecla era apertada, uma corrente elétrica passava no interior da máquina e fazia os tais rotores funcionarem.

O funcionamento da Enigma

Isso criava diferentes possibilidades de codificação, sendo que as chaves com as palavras cifradas eram trocadas diariamente. Para desvendar a mensagem, era preciso ter um caderno e utilizar ainda outra máquina Enigma para desembaralhar o conteúdo.

Como o nazifascismo estava crescendo na Europa, a inteligência britânica reuniu grandes cientistas durante a Segunda Guerra Mundial para desvendar o código militar alemão. O líder dos cientistas era o matemático Alan Turing, que ajudou a criar uma máquina chamada de "a bomba".

Essa máquina identificava os pontos fracos da codificação da máquina alemã. Inclusive foi "a bomba" quem revelou a posição dos submarinos alemães e outras informações dos nazistas.

O vídeo abaixo mostra como funciona a máquina Enigma por dentro:

E você, conhecia a história da Enigma? Comenta aqui pra gente!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você


Fatos + Deezer (Podcast)

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+