Fatos Nerd

Doutor Estranho: sequência do filme é banida no Egito e Arábia Saudita

Doutor Estranho: sequência do filme é banida no Egito e Arábia Saudita
0

Previsto para chegar aos cinemas no dia 5 de maio, Doutor Estranho no Multiverso da Loucura promete expandir ainda mais o Universo Cinematográfico Marvel (MCU). Embora o longa venha acumulando expectativas de fãs, infelizmente, aqueles que habitam o Egito e a Arábia Saudita não poderão conferir o blockbuster na grande tela.

Segundo o Hollywood Reporter, cancelaram a exibição do filme nos respectivos países. Isso porque, de acordo com o site, houve uma problematização em torno do “conteúdo LGBTQIA+” presente no filme. Ao que tudo indica, o fato do longa ser responsável por introduzir America Chavez no MCU serviu como pretexto para o boicote. O motivo seria porque a personagem é assumidamente lésbica.

A heroína interpretada pela atriz canadense Xochitl Gomez ainda não teve sua sexualidade revelada. Ao passo que o roteiro da produção aborda a exploração dos múltiplos universos dos Vingadores, os poderes de teletransporte de America certamente são mais relevantes para a trama do que suas relações românticas. Contudo, os países conservadores já deixaram claro seu posicionamento. Além disso, há rumores de que o mesmo aconteceu no Kuwait.

Curiosamente, essa não é a primeira vez que um filme da Marvel Studios é banido de algum país. Títulos como Shang-Chi e Eternos receberam o mesmo tratamento em algumas regiões. Enquanto o primeiro não chegou a ser aprovado pelo mercado chinês, o segundo foi censurado em países árabes nos quais relações homoafetivas são declaradamente ilegais.

Visto que a tendência da Marvel Studios é abraçar cada vez mais diversidade em suas produções, é provável que a lista siga crescendo. Contrariando a visão de Ike Perlmutter, seu antecessor, Kevin Feige, atual presidente da Marvel Studios, acredita na importância da representatividade no universo de super-heróis e vem defendendo isso em seus filmes.

Conhecendo America Chaves

Divulgação/Marvel Studios

A heroína que mal chegou e tem dado o que falar é uma aposta recente, porém cheia de potencial. Enquanto a maioria dos heróis que vemos hoje no MCU já possuem décadas de história, America Chaves chegou ao mundo apenas em 2011. No entanto, sua mitologia é tão única que foi suficiente para lhe garantir um lugar de destaque nas próximas fases do Universo Marvel.

Aliás, única é uma palavra frequentemente associada à America. Isso acontece porque, ao contrário de todo e qualquer personagem do universo dos Vingadores, ela não possui versões alternativas em realidades paralelas. Em suma, aquele processo mostrado em Loki não se aplica à America Chavez porque ela nasceu em um lugar à parte dessa teia multiversal.

Portanto, ela é a mesma personagem em todas as dimensões da editora. Natural do Paralelo Utópico, America possui habilidades de voo, superforça, agilidade e invulnerabilidade. Todavia, assim como mencionamos acima, o principal destaque na personagem é sua capacidade de criar fendas no espaço-tempo. Dessa forma, ela consegue abrir portais entre o multiverso após canalizar energia.

Ainda não sabemos o papel da personagem em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura. Contudo, uma coisa é certa: ela será essencial para as próximas fases do MCU que, além de seguir expandindo o multiverso, pretende apresentar uma nova geração de heróis.

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura

Doutor Estranho: sequência do filme é banida no Egito e Arábia Saudita

Divulgação/Marvel Studios

Seguindo os eventos de Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa, a sequência de Doutor Estranho mostra a contínua busca do Feiticeiro Supremo pela compreensão do multiverso. No entanto, dessa vez o protagonista contará com a ajuda de antigos e novos aliados místicos enquanto desbrava esse cenário desconhecido.

Além de America Chavez, outra participação que tem dado o que falar é a de Wanda Maximoff. A Feiticeira Escarlate interpretada por Elizabeth Olsen promete ser uma chave fundamental para a trama. Enquanto alguns a apontam como vilã do longa, outros acreditam que ela será a heroína. Porém, se teorias em torno de Dinastia M estiverem corretas, a única certeza é que Wanda reformulará o Universo Marvel nos cinemas.

Fontes: Jovem Nerd, Canaltech

Luva de pedreiro comemora interação com Pelé

Matéria anterior

Rochas mostram vácuo de 1 bilhão de anos na história geológica da Terra

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Continue in browser
To install tap Add to Home Screen
Add to Home Screen
Fatos Desconhecidos
Adicione nosso aplicativo web. Não vai ocupar espaço no seu telefone e você recebe as notificações de novos conteúdos.
Install
See this post in...
Fatos Desconhecidos
Chrome
Add Fatos Desconhecidos to Home Screen
Close

For an optimized experience on mobile, add Fatos Desconhecidos shortcut to your mobile device's home screen

1) Press the share button on your browser's menu bar
2) Press 'Add to Home Screen'.
Fatos Desconhecidos Nós gostaríamos de enviar notificações dos últimos conteúdos e atualizações que fazemos.
Dismiss
Allow Notifications