Curiosidades

Entenda a diferença entre epidemia, pandemia, surto e endemia

0

Vez ou outra, vivenciamos tempos difíceis, quando uma nova doença passa a ameaçar a vida das pessoas. Convivemos diariamente com alguns tipos de males, inclusive os que podem tirar nossas vidas, mas nos acostumamos e fazemos tudo para nos prevenir. No entanto, surgem novas doenças que logo se espalham e fazem diversas vítimas mortais. Recentemente, o mundo passou a se alertar sobre o coronavírus. O vírus começou a se espalhar na China, mais precisamente na cidade Wuhan e logo chegou em todos os continentes. Com isso, as autoridades começaram a alertar uma possível epidemia ou surto ou pandemia ou, como muitas preferem dizer, endemia.

Essas quatro palavras são as utilizadas para divulgar detalhes sobre essas doenças. No entanto, uma coisa que poucas pessoas sabem é que essas quatro palavras possuem significados diferentes. Por esse motivo, elas não devem ser usadas nas mesmas situações. Foi pensando um pouco sobre isso que resolvemos trazer essa matéria para você, caro leitor. A redação da Fatos Desconhecidos buscou e listou a diferença entre epidemia, endemia, pandemia e surto. Confira conosco a seguir e surpreenda-se com essas informações. Aproveite para compartilhar com seus amigos desde já.

Surto

É caracterizado como surto, o aumento, de forma inesperada, do número de casos de uma determinada doença. No entanto, esse grande aumento precisa ser em uma região específica, como informa o núcleo Telessaúde. Essa é uma parceria entre a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e a Secretaria de Educação a Distância (SEAD) e o Ministério da Saúde. Um exemplo disso é a dengue. Quando ela surge em áreas específicas de uma cidade, como um bairro, é tratada como um surto da doença. Nesse caso, não chega a ser uma epidemia por se concentrar em determinada área.

Epidemia

Quando os surtos de uma doença em específico são registrados em várias regiões, a situação muda. Essa situação sim é chamada de epidemia. A nível municipal, por exemplo, é quando os surtos estão ocorrendo em diversos bairros. A epidemia pode ser ainda de nível estadual ou nacional. Isso quer dizer que a doença está em diferentes regiões do país.

Pandemia

Em uma escala de gravidade, a pandemia de uma doença é considerada o pior de todos os cenários. Isso porque consiste em uma epidemia, que se estende a níveis globais. É quando o problema de saúde logo se espalha por várias regiões do planeta. A gripe suína, em 2009, por exemplo, deixou de ser considerada uma epidemia e passou a ser pandemia. Isso porque foram registrados casos da doença nos seis continentes do mundo.

Endemia

A endemia é a manifestação de uma doença com frequência apenas em uma determinada região. No entanto, não é uma relação quantitativa. A febre amarela no Brasil, por exemplo, é uma doença endêmica da região norte do nosso país.

E aí, o que você achou dessa matéria? Sabia sobre a diferença? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Vale sempre lembrar que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento. Aproveite para fazer um tour pelas curiosidades do nosso site.