Entretenimento

Essa menina de apenas 3 anos tem o QI mais alto que o de Einstein e Hawking

0

A inglesa Ophelia Morgan-Dews, de apenas 3 anos de idade, entrou para um seleto grupo mundial de superdotados. Em um teste de QI (quociente de inteligência) ela marcou 171 pontos. 11 vezes mais do que os físicos Albert Einstein e Stephen Hawking, que se tornaram mundialmente famosos por suas contribuições a ciência.

Segundo Natalie Morgan, mãe da menina, aos 8  meses de idade, os pais já perceberam que Ophelia era diferente e que sua inteligência estava acima da média. Aos 2 anos de idade ela já sabia todo o alfabeto, já conhecia as cores e os números e teria dado as suas primeiras palavras muito antes do esperado.

O pequeno gênio

102978855 Parentsmensa 600x337, Fatos Desconhecidos

Ophelia está no topo do seleto grupo com 0,03% da população mundial que possui maiores pontuações de QI. Após perceber que sua filha era muito inteligente, Natalie levou a menina para consultar especialistas. Um teste de inteligência, chamado Stanford-Binet então foi realizado.

Este teste é utilizado para avaliar crianças acima dos 2 anos de idade, e são analisadas áreas como noção de espaço, verbal e habilidades lógicas. A grande maioria das pessoas ao realizar esse teste geralmente marcam entre 85 a 115 pontos. Ophelia marcou 171.

“Ficaria orgulhosa dela qualquer que fosse o resultado, contanto que ela estivesse feliz e saudável”, afirmou Natalie. Lyn Kendall, psicóloga e consultora da Mensa no Reino Unido, contou que crianças superdotadas apresentam boa memória, aprendem e processam as coisas mais rapidamente e estão sempre ligadas no que acontece ao seu redor.

NINTCHDBPICT000425518801 356x500, Fatos Desconhecidos

“Essas crianças começam a agir assim às 5 da manhã e só param ao dormir. Normalmente, os pais chegam para mim e dizem: ‘Nos ajude, essa criança não para de fazer perguntas e de querer aprender o tempo todo'”, afirmou Kendall.

Ainda segundo Kendall, muitos pais pressionam seus filhos para que alcancem maiores desempenhos, no entanto para ela isso não é nem de longe o ideal. “Pais me ligam e dizem que ‘às 18h30, nós teremos uma conversa intelectual’ com seus filhos. A que horas eles terão tempo de ser crianças?”.

A mãe de Ophelia garante que a menina se comporta como qualquer outra criança em sua idade. Sai para passear, brincar com outras crianças e que se diverte na hora de aprender e experimentar novas coisas. “Ainda que o cérebro dessas crianças funcione na velocidade da luz, seus corpos e emoções ainda são infantis, e temos sempre de nos lembrar disso”, completou Kendall.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

3 cachorros foram colocados em uma jaula com um leão o inesperado aconteceu

Matéria anterior

Isso é o que acontece se você substituir a gasolina por água sanitária no carro

Próxima matéria

Você também pode gostar

Comentários

Comentários não são permitidos